Amigos do Blog

Pesquisar este blog

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Homeopatas dos Pés Descalços: CRIANÇAS, ADOLESCENTES, OS PAIS E A HOMEOPATIA

Homeopatas dos Pés Descalços: CRIANÇAS, ADOLESCENTES, OS PAIS E A HOMEOPATIA: "Os direitos da criança e do adolescente Blogagem coletiva. Leve esse selo pra casa e pra sua vida. ART. 7° - A criança e o adolescent..."

ASARUM EUROPAEUM E SUA SURDEZ EMOCIONAL

A PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA DE
ASARUM EUROPAEUM

 
Vulgarmente conhecido como Asarabacca, europeu Wild Ginger, Haselwort e nardo Wild, ou ainda como “Orelha de Homem” é uma espécie de gengibre selvagem (não relacionar com o tempero rizoma de gengibre) com um único axilar de flores roxas, deitado no chão. É generalizada em toda a Europa, que vão do sul da Finlândia e norte da Rússia do sul para o sul da França, Itália e República da Macedônia. É também cresceu bastante fora do seu alcance como ornamental. Às vezes é colhida para uso como uma especiaria ou um condimento. 


O extrato seca de asarum europaeum é utilizado para condições inflamatórias do sistema respiratório, do tipo bronquite crônica ou aguda, para o caso dos conhecidos espasmos brônquicos ou ainda para a asma brônquica. São usados ​​para indicações na medicina popular. 


“No passado, os medicamentos eram usados ​​como eméticos.” Os eméticos são capazes de produzir vômito e dados em doses maiores são medicações tóxicas. 




Mas, para quem pensa que essa é uma informação aleatória, muito se engana, errado está quem não repara na natureza das plantas e seu uso na homeopatia.


Um remédio para afecções nervosas, perda de energia, com eretismo excessivo – ligado aqui a grande irritação das fibras. A histeria e a irritabilidade acompanham o clássico estado de eretismo aqui. A sensação dessa personalidade é bastante definida quando a própria pessoa relata: “Tenho a sensação como se meu corpo flutuasse no ar.” 

As vezes temos a impresão de ver sua histeria no seu broto, ainda em flôr.
Arrepia-se só em pensar no linho ou em arranhá-lo. Essa sensação também acompanha a seda. A crepitação do papel é algo insuportável. Assim sendo são pessoas que se irritam com muita facilidade, constantemente nervosas e muito friorentas.

Imaginem, sua surdez é nervosa. Antes desse por menor da surdez por nervoso, qualquer barulho, qualquer um, por menor que seja se torna quase insuportável.

O alcoolismo apresenta aqui uma fragilidade dessa personalidade, muito ligada a Nux, Ipeca nas diarréias de alimentos que não foram devidamente digeridos, da Silícia e da China. Vale a pena comparar com essas medicações e com as personalidades é claro, para não confundir, ou melhor diferenciá-las. As medicações que lhe caem bem, por exemplo, são: Causticum, Silícia, Pulsatilla, Bismuth e Sulphor acid.

Uma marca forte dessa personalidade com os nervos a se contorcer é que ele sente emocionalmente essa tensão, fisicamente seu corpo contorce de tensão e ele sabe disso.
Nas mulheres antes da menstruação e após, não tem diferença.

Essa é mais uma medicação que pode passar despercebida ou ser fortemente confundida. Vale a pena prestar atenção. Seu chá não é aconselhado, principalmente para quem acha que chá não produz efeito colateral e não causa nenhum problema.  A tintura mãe deve ser observada com cuidado também. essa é o tipo de planta que pode provocar intoxicação, vômitos violentos e suas conseguencias.
Assarum ou orelha de homem tem vontade própria e sua personalidade é bem definida. Vale a pena diferenciá-la.

HOMEOPATAS DOS PÉS DESCALÇOS

PARACELSO E ALGUMAS PLANTAS MÁGICAS

PARACELSO
"Paracelso, sem dúvida alguma, era um grande biólogo e um médico
total, que entendeu muito do esoterismo. Era esotérico porque falou muito sobre o
interior do homem e também sobre a influência
  das estrelas sobre os seres humanos."

(Bernd A. Mertz – Escritor e Astrólogo)

Seu pseudônimo significa "superior a Celso (médico romano)". Entre todas as figuras erráticas do renascimento, a de Paracelso está pontada pela agitação da sua vida e pela a incoerência das suas opiniões e doutrinas. No estudo da sua biografia, facto tem sido gradualmente separado da fantasia, mas nenhum acordo foi alcançado no que respeita bem quanto à natureza e sentido de seu ensino. Ele é considerado por muitos como um reformador do medicamento. Outros elogiam suas realizações em Química e como fundador da Bioquímica. Ele aparece entre cientistas e reformadores como Andreas Vesalius, Nicolau Copérnico e Georgius Agricola, e, portanto, é visto como um moderno. Por outro lado, sempre possuiu uma aura de místico e até mesmo obscura reputação de mágico.

Durante séculos o seu trabalho tem sido criticado como não-científico, fantástico e na fronteira com a demência sendo que muitas de suas obras são puramente religiosas, sociais e éticas de caráter.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Paracelso.

Na aldeia de Einsiedeln, Suíça, em 17 de dezembro de 1493 (ou em 10 de novembro do mesmo ano; há uma divergência histórica neste ponto), nasceu Phillipus Aureolus Theoperastus Bombastus von Hohenheim. Filho de Wilhelm Bombast, médico e alquimista; e neto de Georg Bombast von Hohenheim, Grão Mestre da Ordem dos Cavaleiros de São João. 

Além disso, o médico suíço reconheceu que a fé fortalece a imaginação. Isso inclui as curas milagrosas atribuídas a ele e que não foram apenas resultado dos medicamentos, mas serviram para influenciar conscientemente a ação da imaginação do próprio paciente, de modo que agisse diretamente no desejo de ser curado. Atualmente, há na medicina, o chamado placebo, uma substância sem qualquer efeito farmacológico, prescrita para levar o doente a experimentar alívio dos sintomas pelo simples fato de acreditar nas propriedades terapêuticas do produto. De certa forma, pode-se entender que Paracelso já fazia uso deste recurso há mais de 500 anos. Outro fator interessante de seu raciocínio, é que ele também associava as características exteriores de uma planta a sua função medicinal. Por exemplo, folhas em forma de coração foram recomendadas para doenças cardíacas. http://www.sca.org.br/biografias/Paracelso.pdf


"Aquele que pode curar doenças é médico. Nem os imperadores, nem os papas, nem os colegas, nem as escolas superiores podem criar médicos. Podem outorgar privilégios e fazer com que uma pessoa, que não é médico, aparentemente o seja; podem conceder-lhe licença para matar, mas não podem dar-lhe o poder de curar; não podem fazer dessa pessoa um médico verdadeiro, se já não foi ordenada por Deus.” Paracelso/ Franz Hartmann: Ciência Oculta da Medicina.
Biografia in As plantas Mágicas – Botânica Oculta. Ed. Hemus. Tradução de Attílio Cancian





Separamos 12 plantas mágicas no total, algumas usadas hoje sob a forma de floral na França, Estados Unidos e Inglaterra. Ele acreditava na plantas e muitos anos depois o mundo comprova algumas dessas descobertas. Louco ou Santo? O seu arcevo foi estudado por muitos e ainda é motivo de pesquisa.

 BLEEDING HEART (CORAÇÃO DE MARIA) 




Conhecido como bálsamo do coração ferido. Perdas e rompimentos; combate o amor possessivo, para a criança que pede a presença constante da mãe ou do pai. É o floral do desapego, muitos o conhecem assim. 



Muito utilizado para crianças de maternal que têm dificuldade de se adaptar à escola, não querendo deixar a mãe ir embora. Sempre carregam o medo da perda.






Também para aqueles que têm seus pais separados e não se conformam com isso. Para aqueles que se apegam muito aos professores e para os professores que se apegam muito aos seus alunos. Não há manipulação, há apenas a vontade, o desejo forte e sofrido de permanecer junto, sem se separar, sem perder.
CHAMOMILE (CAMOMILA - ANTHEMIS COTULA)

 

(CAMOMILA - ANTHEMIS COTULA)


Estabiliza as emoções, usado para a insônia, hiperatividade, ansiedade, nervosismo, histeria, mania-depressiva, raiva, relaxamento, stress, tensão. 


 
Põe um prumo nas coisas. Deixa seus sentimentos em pé. Costuma dar uma mãozinha quando se precisa aparecer em público ou mesmo a uma entrevista de emprego novo.

IRIS
  (IRIS DOUGLASIANA)  
Para inspiração artística e criativa e fazer fluir a criatividade. Faz vencer as frustrações e os desalinhos. Pode ser utilizada para aquelas pessoas que não conseguem falar, mas dão conta de transmitir suas emoções através dos desenhos.
Seu interior se assemelha a Iris humana. 

 MADIA (MADIA ELEGANS)
Para quem precisa de atenção e concentração. Ajuda na focalização do que interessa, na clareza e percepção dos detalhes. 



Ajuda no percurso do começo ao fim de um projeto ou tarefa. Também pode ser usado quando a rotina nos tira a atenção devida.


 O seu contraste vivo e a sua simplicidade são fortes aliados. A observação cuidadosa da natureza sempre fez parte da vida dos grandes nomes da medicina. Compreendidos ou não.
Algumas essências florais Francesas, também pesquisadas e usadas anteriormente por Paracelso e usadas como Plantas Mágicas.

IRIS GERMANIA - IRIS SIBIRICA - IRIS VERSICOLOR)

IRIS - SEMELHANTE À IRIS DO SISTEMA CALIFORNIANO. 

Aqui temos a ativação da criatividade e da inspiração. Ajuda-nos a transpor nossos bloqueios e limites criativos. Sua ação é usada particularmente no meio artístico, onde se dirige às pessoas que vivem em meio a frustrações e muito sentimento
É uma essência maravilhosa e adequada ao mundo infantil. Ajuda a harmonizar o mundo criativo.



CITRONNIER (LEMON CITRUS LIMONUM) EQUIVALENTE AO LEMON CALIFORNIANO.  

Essa é uma essência que clareia a mente e coordena os pensamentos. Estimula o intelecto e favorece o raciocínio analítico. 



Fisicamente falando, relaxa o corpo e elimina as tensões.
Por vezes associamos o lemon com citronnier, são flores com a mesma finalidade, possuem diversos aspectos que se complementam no que diz respeito à ação mais ampla. Tensões físicas, obstruções físicas e mentes mais claras ao pensar. Alivia o corpo e a mente. Agiliza.

ARTIE (STINGING NETTLE)
  URTICA DIOICA – VERDE
 Essa essência tem como propriedade apaziguar e atenuar as rivalidades infantis (ciúmes entre irmãos), bem como as tensões existentes entre os diferentes membros de uma família, já adultos com atitudes infantis. Reuniões familiares conflitantes. Para alunos ciumentos que desejam o professor somente para si. Dentro de si as duas estruturas: o alívio e o veneno, sempre em aglomerados.

 PAQUERETTE (BELLIS PRERNNIS) BRANCA, ROSA E AMARELA.

Ajuda a compilação das informações provenientes de múltiplas fontes. Para quem tem dificuldade de suas idéias e informações de maneira global e unitária. Equilibra os hemisférios esquerdo e direito do cérebro, favorecendo a expressão da intuição.  



Indicado para pessoas que coletam informações múltiplas e variadas e encontram dificuldade para juntá-las de forma completa e coerente. 
Muito recomendada para aqueles que precisam concluir um projeto ou organizar uma atividade. Estudantes, professores, escritores, pesquisadores e todos aqueles que realizam um trabalho intelectual que exige organização no nível mental se encaixam na essência floral PAQUERETTE.

Alguns Florais de Bach, plantas já vistas por Paracelso que ganharam total harmonia na sua utilização.

 
MUSTARD 
Indicado para os que sentem Tristeza profunda e sem explicação. Grande desânimo. Depressão, melancolia que surge de repente e se vai do mesmo modo. Não um motivo, existe apenas o efeito. Procurar o motivo é com procurar um grão de mostarda no deserto.

LARCH 
Sente-se inferior aos outros. Não se arrisca nem se esforça porque já tem certeza do seu fracasso.  È um Floral muito útil antes de exame. Melhora a auto-confiança. Amplia a capacidade.



HONEYSUCKLE


Para quem vive no passado. Arrependimento. Nostalgia, grande saudade. De grande ajuda para pessoas solitárias ou que amarguram decisões do passado. 




GORSE 
Desesperança, desespero, depressão. Falta de fé, pessimismo. Freqüentemente apresentam olheiras. Não crê na vida, dele e dos outros.


 Seja como for, a verdade é que as plantas fazem parte da nossa vida e que muitas medicações ainda serão descobertas atravês delas. Ao longo dos anos observamos que o estudo das plantas medicinais passou pela era descrédito e volta hoje a ocupar um lugar de destaque, inclusive nas classes mais ricas. Muitos países estão dando atenção redobrada a essas preciosidades. O que nos resta é cobrarmos seriedade na fabrição de essências, chás e fórmulas magistrais. Todos temos direito a uma saúde mais limpa e isso passa pelos nossos jardins, direto para nossa casa.

Homeopatas dos Pés Descalços

sexta-feira, 24 de junho de 2011

IGNATIA AMARA II E SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA

IGNÁTIA AMARA – DESVIRANDO O TAPETE


“Ignatia é feita de emoções na alma e de matéria sólida no resto do corpo”.

Se bem estruturada essa matéria chega quase a perfeição e atenção: banalidades não são os sofrimentos de Ignácia. “Traição, covardia, injustiça, abuso e crueldade são as faces daquilo que essa personalidade repudia e sempre em qualquer profissão que tenha ou vida social que leve, esses serão seus conflitos e suas convicções de luta”.

Quando definimos uma personalidade às vezes achamos que ela não pode se modificar. Isso é quase um fato. Errado. Ela pode. A dificuldade ocorre quando os fatores que expõem essa personalidade não são vistos pela personalidade adoecida. Para se ter os verdadeiros moldes ou reações que identifiquem o estado doentio da personalidade, precisamos estar doentes, ou o homeopata deverá destrinchar para achar. Sendo assim temos de olhar com calma e com olhos verdadeiros e mais que isso, precisamos reconhecer este estado e querer mudar. Não existe coisa mais difícil que admitir um defeito e resolver dar um fim nessa postura adoecedora.

Muitas pessoas se identificam com a personalidade de Ignácia, quase ninguém com Arsenicum. Uma Ignátia Amara tem como complementar Aur, Apis, Nat-m, Ph-ac, Pulsatilla, Sep, Sulph. E com Aurum? Sépia? Então Sulphor?


A parte escura, SEM VISIBILIDADE E NEM CLAREZA, feia da medicação, não é levada tão a sério. Isso resulta numa identificação errônea de Ignátia Amara. A casca dura, o que fazer com ela? Como saber?

Toda virtude caso pereça, se tornará defeito,
Todo defeito visto e corrigido se tornará virtude.

TODA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA PODERÁ SOFRER ALTERAÇÕES, DESDE QUE DENTRO DO SEU DESENVOLVIMENTO OU SEJA, DO SEU PROCESSO EVOLUTIVO, HAJA PERCEPÇÃO O SUFICIENTE PARA FAZER AS MODIFICAÇÕES NESCESSÁRIAS. NÃO HÁ COMO FAZÊ-LAS SEM A DOR DA OBSERVAÇÃO DOS NOSSOS ERROS DE CONDUÇÃO AO LONGO DA VIDA. PRECISA-SE MUDAR A FORMA DE PENSAR, AGIR E REAGIR.”

Existem personalidades que não conseguem isso sozinhas, devido ao grau de debilidade física de que são acometidas, entretanto, esse não é o caso de Ignátia.

Existem dois mecanismos marcantes nessa matéria. O primeiro diz respeito a se fechar, se isolar, remoer uma situação com um receio absurdo de magoara as outras pessoas. Pensar primeiro para depois falar e não correr o risco de errar. Bonito e perigoso. A Ignátia se prende no seu próprio pensamento, remoer suas próprias opiniões, correr o quase inevitável risco de não sair do próprio pensamento, da própria opinião. Depois quase sempre o estouro, que não precisa ser apenas nessa situação, há aqui um acumulo de fatores que podem ser muitos distantes, entretanto, no pensamento repetitivo de Ignácia eles seguem a mesma linha. Fala e pronto, melhora. Como não repara no tempo dos outros, corre o risco da função imediata do exercício errado do egoísmo. Se a melhor hora dela ou dele não for a do outro em questão, objeto primeiro de sua mágoa, já era, o mal entendido já está formado. Cada um com sua razão. Caso se aperceba do movimento de afastamento e solidão, fazer um esforço de compreender por outros olhos e com outras visões, alargar seu olhar, já sinaliza uma melhora absurda no estado doentio. Opressão e enquadramento são questões difíceis e de revolta para Ignácia, são pontos do seu próprio adoecimento, não que os outros a coloquem sempre nessa situação. Ela se coloca nesse centro. O lado ruim da responsabilidade é o exagero da cobrança interior. Virtude e defeito.


Pensem numa profissão que exija muita responsabilidade, se pensou em muitas está certo, são muitas mesmo, Ignácia sabe disso e encara a profissão que tiver de forma responsável. Até aí uma virtude rara. E quando de tanto dar conta de fazer as coisas, elas se vê comandando um esquadrão de tarefas. Qualquer tarefa que nesse caso independe dela, ocupa um tamanho gigante e canta no seu ouvido seu fracasso. Esse simples fato gera adoecimento. Não é fugir da situação, isso Ignátia não faz nunca, é apenas abrandar a onda de irresponsabilidade alheia e observar o que é possível ou não fazer. Traduzindo: delimitar espaços, tempos, coisas e pessoas. E ter a certeza de que nem tudo é um teste de capacidade e sim de condução adequada das coisas. A grande dificuldade de dizer NÃO. Aí devemos deixar claro que problemas pequenos e coisinhas do dia a dia não se enquadram, essa personalidade se ocupa de questões onde estruturas coletivas sejam ameaçadas. A razão do envolvimento dispensa a banalidade sempre. Caso não controle seu envolvimento e acabe sobrecarregada pelas situações, poderá se tornar autoritária e inibir, anular ou mesmo destruir a capacidade dos que estiverem ao seu redor. Virtude e defeito, lado a lado. Aliás, como tudo na vida.

As características de repúdio dessa medicação podem se tornar seu escudo, esse é o adoecimento dessa personalidade.
Como buscar alívio?

Um diário, uma agenda, um chec list diário. Qualquer coisa que mostre a quantidade de tarefas e obrigações diárias, incluindo tempo de almoço ou jantar, conversa ao telefone, reuniões, tarefas de casa. O grande aliado dessa matéria é a sua clareza em verificar o que está marcado, escrito, pontuado, sendo assim o excesso fica bem demarcado, ajudando a visualizar o início do acúmulo, o antes da doença, a prevenção propriamente dita.

“Para o exercício da paciência você requer que uma pessoa deliberadamente lhe faça mal.” Dalai Lama.

Homeopatas dos Pes Descalços
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica