CORONAVÍRUS - COMO VC PODE AJUDAR A COMBATÊ-LO






CORONAVÍRUS – uma questão de amor.

Como você pode ajudar?

Eis uma boa ideia.

A campanha não é nossa, mas podemos ajudar e fazer a coisa acontecer, principalmente se juntarmos força.

Veja como poderá ajudar na sua cidade ou no seu país.



O Vozes da Rua (https://www.facebook.com/jornalvozesdarua/) vale a pena ser mencionado, ajudado e divulgado, foi deles que aproveitamos a campanha que segue logo abaixo e que pode ajudar muito não só aos moradores em situação de rua, mas, aos ranchos, vilas, acampamentos dos Povos Romani/ciganos e casas a se protegerem e juntos salvarmos vidas.




Você vai precisar:

2 garrafas PET

Barbante

Agua e sabão

Caneta, adesivo ou papel.






                        

Simples viu? Você pode ajudar e muito com pequenos gestos.

Obrigada, gostaríamos de dar um abraço a cada um e a cada uma nesse momento, como isso não é possível, receba nosso abraço virtual e um beijo no coração de tod@s.



Homeopatas dos Pés Descalços

um programa da AMSK/Brasil



CORONAVÍRUS (COVID 19) E OS INVIZIBILIZADOS DO BRASIL.



CORONAVÍRUS (COVID 19) E OS INVIZIBILIZADOS DO BRASIL.


Na lista inicial estão os 28 que compõem “Povos e Comunidades Tradicionais”, entretanto, temos a “População em situação de Rua”, as “famílias que vivem em grutas e alagados”, as “comunidades periféricas de extrema pobreza”, “famílias que moram dentro de cemitérios desertos” e as chamadas “Comunidades de buraco”, que estão no meio das grandes cidades e ninguém as enxerga. Na lista podemos incluir os asilos do nosso país. Verdadeiros depósitos de gente.

PERGUNTE: O QUE VOCÊS ESTÃO PRECISANDO?

IMPORTE-SE




Esse material é destinado a quem pode ajudar de alguma forma, conversando, levando informação e ajudando a resolver pequenos problemas do dia a dia.
AJUDE A COBRAR DAS AUTORIDADES DA SUA CIDADE, DO SEU MUNICÍPIO, DO SEU ESTADO, DO PAÍS.

DENUNCIE - DISQUE 100

INFELIZMENTE AINDA PRECISAMOS DIZER QUE EXISTIMOS,
QUE NOSSAS VIDAS IMPORTAM.


PARA SABER MAIS  



LIGUE 136


SOLIDARIEDADE AJUDA A PREVENIR

·         Se você conhece alguém que precisa de ajuda e você pode ajudar, faça isso: doe alimentos e material de higiene pessoal;
·         Grave um vídeo e envie as comunidades mais isoladas, explicando sobre os cuidados básicos e numa linguagem bem simples;
·         Rezar, orar e pedir a Deus ou ao universo, aos encantados, seja de que religião for, ajuda muito, a fé nos torna mais humanos, entretanto, não substitui os cuidados;
·         Manter seu lixo bem guardado e as ruas mais limpas também é um bom começo.

SOLIDARIEDADE NA ESCUTA

·         Pode ser que você não consiga ajudar, por vários motivos, mas pode pedir ajuda para outros;
·         Pode também escutar, o isolamento faz estragos emocionais, principalmente quando já se tem tão pouco...grave uma mensagem, algumas pessoas que são da área de saúde estão levando vídeos e cartazes ilustrativos para as regiões mais distantes...isso ajuda muito.

ÁGUA

·         Muitos locais, urbanos ou isolados, não possuem água, nem para o banho, nem para a comida, para beber ou simplesmente lavar as mãos; (se conhecer algum local assim, ajude e leve água potável para beber e lavar as mãos);
·         Pressione a prefeitura e ou o estado para enviar caminhão pipa, gratuito;
·         Pressione por meio do e mail ou mecanismos de web, os políticos;
·         Coloque a boca no trombone e informe.

ÁGUA SUJA

·         No caso da água no Rio de Janeiro (imprópria para consumo, barrenta e com cheiro ruim), ferva e coe e ensine a outros a fazerem o mesmo, ajuda muito. Muitas regiões no Brasil sofrem com isso, esteja onde estiver, cuide de ter água o mais saudável possível.  QUEM PUDER, COBRE DAS AUTORIDADES, SE A ÁGUA CHEGA A SUA CASA, ISSO É UM PRIVILEGIO.



IMUNIDADE E LIMPEZA

Em tempos de fome e de aumento abusivo de itens básicos, pensemos sempre na região em que moramos. A natureza é tão perfeita que nos ajuda sempre, basta a gente dar uma mãozinha.
Algo que todos podemos fazer é questionar a prefeitura, o prefeito e demais políticos sobre o fundo emergência de alimentos, distribuição de cestas básicas e ajuda humanitária.
·         Combater a fome em primeiro lugar ... onde quer que esteja. Podemos fazer isso. Se vai a padaria, compre um pão a mais, sempre temos alguém que precisa, seja pela fome ou pelo isolamento.
·         Com o isolamento social avançando (medida de extrema importância), precisamos estar atentos a segmentos da sociedade que irão precisar de muita ajuda ... 

    Catadores de material reciclável, vendedores ambulantes, vigias de carro, pessoas que se dedicam a pequenos serviços, idosos ... e ao dispensar seus empregados(as), como as domésticas, garanta que elas recebam seus salários sempre que possível. Profissionais autônomos – pequenos serviços, vão requerer a nossa atenção, dentre outros;

ÁLCOOL GEL E DEMAIS

·         Álcool gel é um item de luxo, que faz parte da vida de uma pequena parcela da população e diminuindo a cada dia. Caso encontre álcool 70 para comprar, pode fazer em casa: (1/2 litro de álcool 70 e 6 colheres (sopa) cheias de gel para cabelo. O gel deve ser o bem simples, sem perfume, sem brilho...Gumex por exemplo. Misture bem e coloque em 1 frasco. É caseiro e ajuda a limpar as maçanetas das portas, latas, cadeiras, torneiras, acentos de vasos sanitários por exemplo.
·         Álcool Canforado – tão antigo quanto os saberes populares. Nesse caso é o álcool 46 (1) litro e 1 pedrinha de canfora. Coloque numa garrafa limpa e com tampa, deixe longe da claridade e use para misturar na água do banho...alérgicos a canfora, cuidado. Muitos dos povos e comunidades tradicionais vão se lembrar dessa receita.
·         Outra receita muito usada é limpar a casa com pinho, eucalipto ou alfazema. Mantem a casa com um cheiro refrescante, não contém produto químico e ajuda na respiração.
·         Sabonete (o de coco é ótimo), bom para lavar as roupas, barato e ajuda a manter a roupa limpa...quem tiver problemas de pele ressecada, evite. Ele é uma solução barata.
·         Fazer doação de sabonete, detergente, esponja e explicar para que serve, ajuda muito.

CHÁS
(QUENTE E GELADO)


A hidratação é muito importante. Todas as terapias naturais e a Medicina Tradicional Chinesa, fazem questão de enfatizar o quanto é importante urinar com qualidade.
Existem chás tradicionais e que podem ser encontrados em formas de capsulas, outros no mercado comum e assim por diante:

Expectorante:

·         Chá mate – pingue umas gotas de limão ou puro com mel ou rapadura.
·         Chá mate torrado com melaço,
·         Chá de limão
·         Chá de laranja lima
·         Chá de capim santo
·         Chá de gengibre
·         Chá de alho com mel

Calmante:

·         Chá de erva cidreira
·         Chá de alecrim
·    Chá de camomila – frio e misturado com sabão de coco pode lavar os cabelos, especialmente se forem claros
·         Chá de casca de laranja seca.

Nas crises de ansiedade, respire profundamente, várias vezes, isso aumenta sua capacidade respiratória e oxigena mais o organismo. Faça isso quantas vezes quiser e esteja o mais confortável possível.
Crie o hábito de se espreguiçar, puxe e solte o ar pelo nariz.

Outra coisa comum de acontecer é você aumentar a quantidade de gases no organismo...então, uma boa saída são os chás digestivos:

·       *  Chá ou água de Boldo – apenas rasgue a folha, não macere,
·     *  Chá preto – sozinho ou com frutas amaçadas (Tchaiô romanô) o chá tradicional dos Rom,
·       *  Chá de cravo (cuidado com a pressão arterial),
·        * Ban chá e Café – devem ser feitos só na quantidade que se vai tomar.

Cuidado com a hidratação dos mais velhos, eles são os que mais vão sentir a falta dos líquidos e a solidão. Reserve um tempo e ligue para os idosos que conhece, se ofereça para compras (se for o caso) e verifique se os asilos estão recebendo ajuda.

Net

O QUE COMER

Não se esqueçam que as frutas e verduras da estação/mês são sempre as mais baratas e por um capricho da natureza elas se encaixam perfeitamente bem nos dias atuais:

Março:

Abacate, banana, caqui, carambola, goiaba, limão taiti, maçãs gala e fuji, maracujá, pinha, tangerinas cravo e ponkan, pêra willians, abobrinha, berinjela, milho-verde, pepino, pimentão, quiabo, tomate, vagem, batata inglesa, cará, mandioca, mandioquinha.

Abril:

Abacate, banana-maçã, caqui, jaca, kiwi, maçã, pera, mamão "formosa" e tangerina-cravo. Legumes: Abóbora, abóbora-moranga, abobrinha brasileira, berinjela, beterraba, cará, chuchu, gengibre, inhame e tomate.
Todas elas estão em sintonia com a terra e, portanto, podem ajudar e muito no aumento do nosso bem estar, do nosso bolso e da nossa doação. Mesmo assim, outros alimentos ganham esse título: os campeões da saúde. São eles:

Açaí: compostos flavonoides, antocianinas e carotenoides do açaí apresentam atividades imunomoduladora, antiinflamatória, antioxidante, analgésica, hepatoprotetora, nefroprotetora, pneumoprotetora, cardioprotetora, antilipêmica, neuroprotetora, antidiabética, antidepressiva, antitumoral, antibacteriana, antifúngica e antiparasitária. A possível atividade antiviral ainda não foi testada.

Açafrão da terra: Seu principal ativo é a curcumina. http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com/2012/02/acafrao-uma-dica-de-saude.html







AS DOENÇAS DO SÉCULO - ANTIDEPRESSIVOS VEGETAIS, HOMEOPÁTICOS E NATURAIS


COMEÇANDO A CAMINHADA


DEPRESSÃO, MEDO, SOLIDÃO E TRISTEZA




NADA SUBSTITUI MEDICAÇÕES E NEM AS RECOMENDAÇÕES MÉDICAS. ESTE MATERIAL É APENAS UMA POSSIBILIDADE DE VOCÊ SE CUIDAR MELHOR E AJUDAR OUTROS A FAZEREM O MESMO.


Cuide-se, cuidem-se.
Essa é a hora de pensar certas atitudes,
De pensar na vida, no respeito e na humanidade.
É o fim do mundo? Provavelmente não, mas, já se acentua como uma Era das Guerras Biológica...uma Pandemia, não respeita fronteiras, nem bandeiras e nem espaços.
O respeito fica por nossa conta.
O COVID 19 nos lembra que é preciso evoluir...e isso é URGENTE.
É preciso cuidar dos mais FRÁGEIS e dos mais FORTES.
É preciso aprender a VOTAR e a valorizar o #SUS.


Elisa Costa – Presidente da AMSK/Brasil
Formada em Ciências da Saúde
Esp. em Homeopatia/Fitoterapia/MTC


CORONAVÍRUS – O COVID 19 UM DESABAFO






CORONAVÍRUS – O COVID 19

PONTO DE VISTA

Em meio as declarações da OMS – Organização Mundial de Saúde e a comunicação oficial/alerta mundial de que estávamos de fato, diante de uma Pandemia. O Corona vírus ou o identificado COVID 19.

Muitas perguntas têm sido feitas em relação ao COVID 19 e a Homeopatia. Não vamos responder a essa pergunta da maneira que muitos pensam. Vamos colocar aqui algumas de nossas inquietações sobre os últimos dias, sobre os desdobramentos diários de tantas informações e principalmente sobre como pensamos á partir de tais reflexões, dentro da homeopatia.

Todos que se tratam, seguem, gostam ou se utilizam dela, sabem muito bem que a homeopatia é para além dos sintomas...ela busca curar a causa. Mas, o que tudo isso desperta?

Os sintomas físicos: Febre, dor no corpo, coriza, espirros, tosse.
Os sintomas emocionais: Medo, solidão, angústia, apreensão, depressão.
Todos nós estamos no meio de uma chuva de informações, vitória do mundo globalizado, sabemos e temos acesso a tudo muito rápido. O bom e o ruim disso tudo.

Todas as recomendações são claras: reforçar a higiene, limpar bem as mãos até o cotovelo, cobrir o rosto ao espirar, evitar aglomerações, ficar atento a febre, isolamento e exames se necessário for. Evitar abraçar, cumprimentar com as mãos ou os beijinhos tão típicos do Brasil e de países latinos (mais acalorados).

Três fatores (Alertas) para uma análise inicial, mas que, deve fazer parte do nosso dia a dia.

1.   A prevenção/higiene

2.   A fome, a Dengue, a política da saúde e as classes sociais

3.   A pessoa humana em um contexto globalizado.

Poderia aqui colocar bem mais que 3 itens. Penso que já basta. Então, te convido a pensar conosco, um pouco sobre todos esses fatores.

1.   Hoje, dia 13/03, resolvemos comprar verduras em uma vendinha bem comum e peculiar, de pessoas/produtores familiares. A feirinha foi suspensa. Esse é o ganha pão dessas famílias, vamos comprar por telefone e assim, resolvemos o problema. Resolvi ir ao supermercado para abastecer os trabalhos que serão feitos em casa, evitando saídas e aglomerações. Pegamos no carinho do supermercado (levei luvas de cabeleireiro), caixas, gritos, locais sujos com amontoados de caixas, verduras chegando, reposições sendo feitas e muitas portas de freezer para abrir...só eu estava de luva. O álcool gel havia acabado e havia uma certa histeria no ar. No caixa, as trabalhadoras sem luva, sem álcool gel(ela que compre se quiser), apenas um borrifador de água misturado com álcool (recomendação da gerencia), sem máscara...Eu, entrei no meu carro, retirei as luvas para descartar, coloquei num saquinho e repeti a operação com outra luva ao chegar em casa...carinho de compra, elevador, porta e lavei as compras/latas, outras limpei com um pano umedecido com álcool gel e por fim guardei tudo. Lavei o rosto, lavei as mãos, troquei de roupa e pronto. Aquela moça do caixa, tinha mais 6 hs de trabalho, um ônibus cheio e ainda o medo de não conseguir comprar álcool gel na farmácia perto da casa dela. (Nas periferias, ainda se pode encontrar álcool gel, 4x mais caro, mas, ainda tem, as máscaras acabaram). Quando me despedi desse a ela: Se cuida, evite colocar a mão no rosto pelo ao menos. Ela respondeu com um sorriso aberto: tento ficar de olho nisso, Deus é quem olha a gente.
Agora, pensa comigo: imagine que alguém que se sinta superior a tudo e a todos, se acha acima das doenças e das pessoas, não faz a quarentena, porque chegou de viagem do exterior e gripe é frescura. Vai ao banco, ao posto de gasolina e ao supermercado e a padaria...cartão, tapinha nas costas...e a coisa anda. Passa na farmácia e paga de 6 a 10 x mais caro, ou manda vir de fora, os produtos que deseja. Vai ao banco e abre as portas, fica no ar condicionado e cumprimenta o gerente. A empregada que trabalha na casa dele, vai pegar um ônibus, cheio de gente e sem luva e álcool gel. A equipe de faxina do banco, da padaria e do posto, assim como a caixa do supermercado, a mesma coisa.
Prevenção também é desconfiômetro. Os senadores e a classe alta brasileira, estarão trabalhando em casa, o Brasil de verdade, está ganhando a vida e se não trabalhar não ganha, não come, não vive. Quanto custa a prevenção?

2.   Aumentar a imunidade funciona assim: tem gente querendo vender coquetel milagroso na internet, sendo que quem tem dinheiro vai no Fast food (nenhum pouco saudável), o pobre come arroz com feijão (super saudável). Daí o Brasil volta para o mapa da pobreza e a fome continua fazendo suas vítimas cotidianamente, então, por algum desses motivos e outros que vocês já estão imaginando, pensem como essa criança, esse idoso, esse morador em situação de rua e esse trabalhador precarizado, são o público alvo que deveria receber nossa maior e mais valiosa atenção. Ainda bem que no Brasil existe o #SUS...mas temos a PEC dos gastos e com certeza absoluta nenhum hospital particular irá entrar nessa seara da atenção básica. Tínhamos os ACS (agentes comunitários de saúde), não temos mais...ricos e classe média contaminada: fiquem em casa, aprendam a limpar suas coisas, garantam a saúde de seus funcionários...infelizmente o motivo central de tanta preocupação, não é a fome mundial que mata mais de 8.500 crianças ao dia no mundo, mas um vírus que fechou um centro financeiro na China e pegou avião para o resto do mundo.

3.   Guerra química, guerra política e outras teorias pipocam nas redes e declarações oficiais de alguns países...orações milagrosas, praga divina, bolsa de valores, turismo e a interrupções das viagens são o que mais se vê. A fome já virou paisagem, as crianças e os idosos valem o que podem pagar, a saúde perdeu orçamento para a troca e a barganha de políticas de subserviência e o medo toma conta das populações mais pobres.

Não é apenas um vírus, é de fato um super vírus.
A morte não é eminente pela doença em si. O que mais poderá matar é o despreparo, a falta de equipamento, o desrespeito pela saúde pública e a pobreza.

PENSANDO AQUI NO POVO ROMANI DA ESPANHA, DA ITÁLIA, DOS USA...DO BRASIL. OS NOSSOS ACAMPAMENTOS, EMPOBRECIDOS E ESQUECIDOS.

Os remédios:

Cuide-se e cuide dos outros.
Se preciso grave um vídeo e explique as comunidades mais carentes como podem se prevenir.
Se alguém que você conhece está em quarentena ou apavorado, gaste uns minutos do seu tempo e exercite a empatia, converse, leve alimentos, ajude a conduzir ao hospital, comunique ou solicite ajuda para a pessoa. (exemplo dos nossos irmãos ciganos da Espanha)
Exija luvas e máscaras para os trabalhadores da limpeza e dos estabelecimentos que estão trabalhando, faça pressão.
Lute pelo #SUS – ele poderá ser a sua única saída.
Não apoie a perda de investimento na saúde do Brasil.

Procure o seu similimun se for o caso, procure seu médico de confiança, no caso de dúvidas, reze, ore, acredite na vida, evite a depressão e a tristeza, procure ficar atento com você e com todos que estão a sua volta.

Existem homeopatias para a febre, para a tristeza, o desespero e a gripe...entretanto, precisamos urgentemente pensar além.
Siga os cuidados de sempre: muito líquido, coma direito...e entenda que muitos não tem o que comer. É um privilégio diário várias coisas, enxergue-as.


Siga todos os protocolos e ajude para que outras pessoas possam entender. Algo para ajudar no entendimento. https://coronavirus.ufrj.br/
Um curso UFRN – gratuito, te ajuda a entender a prevenção.
No site do Ministério da Saúde, você encontra tudo sobre o vírus e como mantê-lo longe de você e da sua família. Siga as recomendações do Ministério da Saúde e previna-se contra a doença.
Para mais informações, acesse http://saude.gov.br/coronavirus


*************
Queremos crer que a partir do COVID 19, mais e mais pessoas consigam ver que a vacina para a fome está ao alcance de todos, que um povo, uma nação ou um mundo que consegue eliminar a fome, pode combater inúmeras doenças de forma mais justa, com saneamento, com direito a vida e com #saúde/SUS ao alcance de todos.
Homeopatas dos Pés Descalços
A equipe.




CORONAVÍRUS - COMO VC PODE AJUDAR A COMBATÊ-LO

CORONAVÍRUS – uma questão de amor. Como você pode ajudar? Eis uma boa ideia. A campanha não é nossa, mas podemos aj...