Amigos do Blog

Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

POIS É,ENTREI NA MENOPAUSA.




retirada da net

Pois é, entrei na menopausa. Essa é a frase mais estranha que me lembro de ter dito nos últimos tempos.

Caraca; aconteceu e eu nem me dei conta dos anos... É isso mesmo, menopausa é isso. Hei moça! Já virou senhora viu? Meu Deus, falam tanta coisa que a gente se perde. Têm os calores, as dores nas pernas, o suor que cobre todo o corpo como se fosse uma manta fina e meio gélida. Há também o choro fácil e a sensação da fraqueza do joelho. Tem a conversa do cabelo perder o brilho e chegarem os fios brancos com todo o vapor.

Tem as unhas que descascam; a preguiça e o desânimo. A depressão leve e moderada, aquela tristeza no final da tarde e o choro no final do dia. Ouvi tudo isso e muito mais.
Chegou enfim, compreendi que havia terminado um ciclo e começado outro, mas especialmente percebi algumas outras coisas. 

Meu gosto alimentar mudou, prefiro coisas mais saborosas e menos salgadas ou doces, meu paladar mudou. Fiquei mais exigente na cama e na mesa, parei de olhar pro lado, de ter medo da luz do abajur, de fugir do espelho e do branco dos cabelos. Agora eu pinto os cabelos sem medo de ser feliz. 

Aceitar as mudanças é de fato muito importante e fiz as substituições hormonais de forma natural, não natureba... Radicalismo é doença lembra???

Yan mexicano – aprovado

Chá de hibisco – gelado – aprovado

Água de laranjeira; água de rosas e água de hortelã – aprovadíssimo, uma garrafinha de cada dura o ano todo, refresca o corpo e ajuda no metabolismo e no nervoso.

Se entregue á água de corpo e alma – nadar faz bem, hidroginástica é 10, tomar 2 litros de água por dia é sagrado, colocar os pés de molho numa água morninha com um pouquinho de álcool é divino e lavar o rosto com água pura 3 vezes ao dia é fantástico ... e olha, o ar condicionado é que te obriga a usar creme pra dormir viu, ele resseca muito a pele, limpar bem o rosto, passar um algodão para retirar traços de impureza e deixar a pele respirar, faz muito bem. Fez pra mim.

Resolvi escutar minha menopausa, virou minha melhor amiga, ela fala e eu discordo ou concordo, mas não camuflei os sintomas e corri atrás. O cálcio é importante, mas a alimentação te ajuda muito nessa hora, vá a endocrinologista e na ginecologista, mas não dispense a nutricionista ou o bom senso alimentar, ele ajuda e muito, muito mais do que sempre nos falaram.

Comecei a fazer dança; uma que você não precise arrastar o namorado, o marido, o amante ou dar em cima desesperadamente de alguém pra te fazer companhia. Você, a dança e seu tempo. Amei. Aprendi a lidar com o espaço do meu corpo, a saber, o ritmo das minhas pernas. Comecei a escrever e parei de achar que tinha de ser forte o tempo inteiro... Chorar faz muito bem e olha; aguentar tudo é um saco, não quero ser nem a mulher maravilha e nem a avó moderna, quero ser uma mulher mais inteira.

Passei a ser mais seletiva com o que leio e não deixei de discutir política ou deixei de ler o jornal ou ver televisão, percebi que fiquei mais crítica, então fui atrás de entender e percebi que eu estava de saco cheio de drama. Eu e a minha amiga, ali, entre um pote de sorvete e uma taça de vinho. Ouvi tanta amiga me dizendo que o sexo tinha acabado que percebi que eu estava encarando isso como normal. Normal uma ova, ressecamento o que??? Nada disso, pelo contrário, agora consigo entrar numa loja de sexshop numa boa. Se estampa no tecido te engorda ou listra te deixa uma girafa, passou a ser problema dos outros. Respeitando o período do carnaval, o bom senso e o gosto ou o sonho devem ser suas conselheiras, não aquela sua amiga que acha que agora é cuidar dos netos e levar cachorro pra passear.

Nada contra um animalzinho do coração, um amigo, mas não quero substituir fase alguma, nem cãozinho e nem filhinho... Um belo cachorro pra incentivar a caminhar e pronto.
Já se vão 12 messes desde que a minha amiga a menopausa chegou e estamos bem.
Parei pra pensar nas amigas também e entendi muita coisa, me lembrei de como foi a menopausa da minha mãe, calculei a idade dela a fazes muito difíceis e entendi tanta coisa. Foi bom fazer isso. Sei que muitas não passam por tudo isso, mas, por exemplo: a minha faxineira entrou na menopausa e se casou seis messes depois com um cara 10 anos mais novo. Nem tudo está perdido. 


A dica da natação foi da mãe de uma amiga minha, ela nada muito, ficou mais bonita, mais alegre e agora viaja com a turma dela de natação para conhecer piscinas diferentes.
Outras envelheceram em um ano o equivalente a cinco e se entregaram ao medo de viver. Nessa mesma semana encontrei a senhora da verduraria e ela me disse, depois de me ver numa crise de calor repentino, quinoa me ajudou muito, disse ela, coloque no suco e tome uma colherinha todo dia. É claro que a curiosidade não sumiu e perguntei a ela: foi difícil pra senhora? E ela me respondeu: fácil não é, é tanta coisa nova e não muito boa, que a gente assusta. O bom é que passa, decidi que vou continuar trabalhando e pronto, minha cabeça não teve muito tempo pra sofrer não, aqui pego às 7 da manhã e saio só no final da tarde.
Conheci uma moça na sala de espera da nutricionista que estava com menopausa precoce. Aos 34 anos a menstruação acabou. Por alto me disse que era problema nos ovários. Ela estava com 37 anos e quase que chamei ela pra tomar um café ou um chá gelado e conversar... Fiquei curiosa. Enfim, funcionou pra ela, mudou a alimentação e voltou ao normal, mas a cabeça muda.

É isso, hoje tenho 48 anos, acho que no meio da minha vida pra mais... Os anos de bom que ainda hão de vir. Hoje tenho convicção de que a menopausa nada mais é do que o início de algo novo; se será bom ou ruim é uma relação entre você e a genética. Mais nada.

VCV – é uma mulher de 48 anos
e deu seu depoimento no início desse mês de dezembro de 2013.



Coisinhas que ajudam a enfrentar melhor a menopausa – mas; vai aí uma advertência: no Brasil, muitas mulheres tem menopausa precoce pelo uso de craque, alcoolismo e ou fome/desnutrição. Assim sendo, frescura tem limite tá? Junto conosco existem muitas mulheres que precisam de ajuda e esse período da vida chega para todas, ricas ou pobres.

Castanha do Pará: rica em selênio, é um excelente antioxidante. Ajuda no funcionamento da tireóide, a fortalecer o sistema imunológico e as funções cerebrais que durante a menopausa têm uma diminuição. Ajuda a diminuir as ondas de calor.

Semente de girassol – uma aliada nessa luta contra os efeitos nocivos da menopausa.

Laranja: junto com ela encontramos (morango, limão, caju), que contém vitamina C, necessária para a síntese dos hormônios ovarianos. Além do que ela ajuda na temperatura do corpo.

Tomate: possui licopeno, um antioxidante que protege as células evitando o envelhecimento precoce e ajuda a fortalecer o sistema imunológico.

Beterraba: é rica em magnésio, que lhe garante bom humor e relaxamento muscular.

Peixes: sozinho ou acompanhado com os frutos do mar são ricos em zinco, importante fator para síntese de vários hormônios, incluindo os sexuais.

Brócolis: assim como os demais vegetais verdes escuros, o brócolis contém ácido fólico que ajuda a proteger contra o câncer de mama, melhora a digestão e ajuda o funcionamento do intestino.

Leite e derivados: ocorre a diminuição dos níveis de estrógeno, hormônio responsável pela conservação do cálcio nos ossos, na menopausa, e é comum muitas mulheres terem osteoporose. 

Linhaça: é uma das fontes alimentares de lignanas, um fitoesteróide que "imita" a ação do estrógeno. Além de ser fonte de fibras que dão mais saciedade, e ajudam no controle do peso. Pode entrar aqui as capsulas de linhaça em óleo – 1g cada.

Carnes magras: as carnes magras, assim como os queijos brancos, nozes e leguminosas são alimentos ricos em triptofano. O triptofano tem participação importantíssima na formação de serotonina, um hormônio relacionado ao prazer e bem estar.

Homeopatas dos Pés Descalços.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica