Amigos do Blog

Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

UM PARTO NAS MONTANHAS DO PARQUE DO TUMUCUMAQUE



Assim começa a descrição do blog que hoje apresentamos a você... que orgulhosamente apresentamos. De tantos desmandos, que vemos por aí, de tanta preocupação e pompa e enxovais vindos do exterior... nasce uma criaturinha linda, no meio do nada, no meio de muito amor. Essa medicina simples, que junta o passado e o presente é sem dúvida digna de aplausos e apoio.

A matéria completa desse e outros trabalhos e histórias maravilhosas, vocês acham por lá; e gente, vale muito a pena dar uma olhadinha. Todos nós precisamos vez em sempre dar aos nossos olhos a capacidade de serem portadores de um mundo novo, velho, rico e imensamente belo.

Mulheres guerreiras, no meio do mundo... Com suas mãos profundas do ser da floresta... Mulheres com dom de partejar... Parteiras do Meio do Mundo... Nonnato Ribeiro/Macapá-Amapá. http://parteirasdoamapa.blogspot.com.br/2013/11/um-parto.html

 Nós da equipe das HOMEOPATAS DOS PÉS DESCALÇOS, com admiração, respeito e muito orgulho, em poder reproduzir cenas de tamanho exercício de cidadania e beleza.



UM PARTO...


"UM PARTO NAS MONTANHAS DO PARQUE DO 
TUMUCUMAQUE "


Essa distância é de 2.300km de avião a favor do vento 2h; contra o vento 2h30min de avião bimotor da cidade de Macapá/Amapá.

A Terra Indígena do Parque do Tumucumaque fica localizada a Oeste do Estado do Amapá no município de Laranjal do Jari e na região Norte do Estado do Pará, nos municípios de Monte Alegre, Almerim, Alenquer, Oriximiná e Óbidos com população de aproximadamente 2.192 indígenas, que possuem 4.266.852 hectares, divididos setoriamente entre, os indígenas Aparai e Wayana, de um lado, que habitam a Terra Indígena Parque do Tumucumaque e a Terra Indígena Rio Paru D'Este, ambas demarcadas em 1997 e homologadas pelo decreto 213 (DOU 04/11/1997).
De outro lado, os indígenas Tiriyó e Katxuyana, concentram-se na faixa ocidental da Terra Indígena Parque do Tumucumaque, ao longo dos Rios Paru de Oeste e Cuxaré, com algumas famílias compartilhando as margens do médio e alto curso do Rio Paru de Leste com os Aparai e Wayana.
Os Tiriyó são habitantes da região fronteiriça entre o norte do Brasil e o Suriname. Perfazem uma população de cerca de 1.700 indivíduos, dos quais 750 aproximadamente vivem no Brasil. Aqui eles habitam uma área na parte noroeste do Parque Indígena do Tumucumaque, caracterizada por campos, cerrados, matas e montanhas, no norte do Estado do Pará. Ainda hoje, o único meio de acesso à área é o avião, tendo em vista que não há estradas e os rios são muito encachoeirados.

INDICADORES
Ano

2000
2013
2030
POPULAÇÃO (em 01/07)
Total
499.329
734.996
983.304

Homens
254.710
371.063
493.707

Mulheres
244.620
363.933
489.597
NASCIMENTOS
17.271
15.914
14.695
ÓBITOS
2.679
3.024
4.739
Taxa Bruta de Natalidade (‰)
34,59
21,65
14,94
Taxa Bruta de Mortalidade (‰)
5,37
4,11
4,82
ESPERANÇA DE VIDA AO NASCER (em anos)
Ambos
67,96
73,09
76,55

Homens
64,15
70,34
74,21

Mulheres
72,45
76,08
79,05
TAXA DE MORTALIDADE INFANTIL-TMI (‰)
Ambos
29,43
23,88
20,50

Homens
32,30
24,28
20,88

Mulheres
26,46
23,47
20,10
Taxa de Fecundidade Total
3,88
2,42
1,70
ÍNDICE DE ENVELHECIMENTO
**** (%)
6,21
9,05
29,34
Fonte: IBGE/Diretoria de Pesquisas. Coordenação de População e Indicadores Sociais. Gerência de Estudos e Análises da Dinâmica Demográfica.
Projeção da população do Brasil e Unidades da Federação por sexo e idade para o período 2000-2030.
**** ÍNDICE DE ENVELHECIMENTO: POP 65 ANOS OU MAIS / POP 0-14 ANOS

Antes de fazer essa narração é bom explicar como fica distante da Capital Macapá a Missão Tiryós (PARQUE NACIONAL MONTANHAS DO TUMUCUMAQUE). O que me deixou muito curioso foi o fato em uma semana nascerem 04 crianças é um número considerado grande, sabendo que crianças (meninas) dão a luz muito cedo nas aldeias indígenas; mas conviver entre eles é reconhecer os costumes, cultura, hábitos e a maneira de ser de um povo.


UM PARTO NA MISSÃO
No dia 24 de Setembro de 2013 às 07h50min, nasceu ADONAY TIRYÓS, na aldeia NOTYPE, filho de MATILDE TIRYÓS, 23 anos e ADONIAS TIRYÓS, mais cinco irmãos. Matilde mãe do 5º. Filho; - “fomos avisados”, para ir até lá buscá-la, porque não tinha condições de ter em casa seu filho (ADONAY), chegando lá dona Matilde estava sentada dentro de uma armação de rede coberta por panos por todos os lados, foi logo diagnosticada que seu filho estava ATRAVESSADO EM SUA BARRIGA. 

 O CAMINHO DO PARTO; DA SUA ORIGEM AO DESTINO


 "A COZINHA DA CASA"

O CAMINHO DO PARTO; DA SUA ORIGEM AO DESTINO
  

Quando chegamos ao POSTO MÉDICO FREI GERVÁSIO STUECKER e que constatamos que Matilde estava sentindo dores desde a noite anterior e, Maria Luzia Dias foi logo pegando na barriga de Matilde, percebeu que o filho estava atravessado mesmo na barriga da mãe, tiveram que fazer uma manobra para que o bebê encaixa-se, ela pudesse ter um PARTO NORMAL digo um PARTO CEFÁLICO, em instante ou momentos de chegada ao posto médico, nasceu ADONAY TIRYÓS às 07h50min pesando 3,500 kg, com muita alegria e dor, Matilde por ter passado muito tempo até a hora do parto, ficou muito fraca.








A equipe que fez o parto foi:
  • IDALIANA TIRYÓS/PARTEIRA.
  • MARIA LUIZA DIAS/GER. DO PROJETO PARTEIRAS TRADICIONAIS DO ESTADO DO AMAPÁ.
  • MARCELO DOS SANTOS e sua ESPOSA SANDRA/ENFERMEIRO (a).
  • FOTOGRAFO: NONNATO RIBEIRO.

Após o parto os familiares de Matilde chegaram e sentiram muitas felicidades, na chegada da noitinha (18h30min) Matilde e toda sua família foi levada para sua casa, de carro da SESAI/MACAPÁ; pelo motorista Raimundo Nonato dos Anjos “FREIRE”, na companhia da Enfermeira Técnica Valdecira. Na manhã do outro dia, sabemos da noticia que Matilde não estava se sentindo bem, tivemos que ir buscá-la, e fazer alguns procedimentos médico que foi aplicação de soro com um complexo de vitaminas, ou seja, Matilde teve que ficar um dia inteiro em observação. Ainda no decorrer da semana nasceram, mas três crianças índias (três meninas e o ADONAY TIRYÓS). Outro parto foi de ROZILDA TIRYÓS nasceu às 18h15min, do sexo Feminino, pesando 3,300 kg, área do Tórax 49 cm, Cabeça 22 cm e Braço 11 cm, tendo como Pai IRINEU TIRYÓS.


A hora da PLACENTA é um Órgão formado no interior do útero grávido e que, por meio do cordão umbilical, estabelece a ligação do feto com a mãe, para alimentação, oxigenação e eliminação de gás carbônico e resíduos nitrogenados; TROFOSPERMA/s. m. (bot.); a porção do ovário que prende os óvulos. F. gr. Trophe (alimento) + sperma (semente).


Placenta prévia; Obst. Complicação na gestação, com o descolamento prematuro da placenta da parede na parte superior do útero e seu posicionamento junto ao colo do útero, com possível sangramento. Ou seja, não podemos imaginar um parto sem o liquido do alimento da vida e luz do parto humanizado.









No dia 26 de Setembro; numa manhã de sol intenso, fui caminhando até mais uma casa tiryós, já era hora de nascer mais uma criança indígena, desta vez o primeiro PRIMOGENITO de ERRINALDO, 19 anos de idade e NADIA, 19 anos de idade, ele soldado do 1º Pilotão Especial de Fronteira do Exército Brasileiro, um jovem casal de índio. Uma casa na aldeia Amanã, dentro da Missão Nova Tiryós; Nadia demonstrando o sentimento da dor preste a acontecer o momento do partejar estava lá a PARTEIRA indígena Idaliana Tiryós e Maria Luzia Dias.
Numa tempestade vida sabemos que as dificuldades são muitas, se tratando de uma área inóspita (Diz-se de lugar que não oferece condições para se viver). E cheia de MONTANHAS e tendo como demonstrativo uma diversidade de altos e baixos na sua conjuntura de vida.



Oferecer a dádiva do mundo é superar a dor que, mas tarde se transformaria em EGO da felicidade para mãe criadora desta dádiva da superação olha-se para seu filho e começa-se a sorrir e ao mesmo tempo sentir o alívio do nascimento. O prazer em vê e, estar na hora e no lugar certo é sem sombra de dúvida, sentir o sentimento do CHORAR que demonstra a sutileza do corpo vindo ao dar a luz.
Mas o que vocês irão ver nas fotos e o percurso de um parto bem sucedido e esperado por todos.

ARQUIVO/POSTAGEM: PROFESSOR/PESQUISADOR: NONNATO RIBEIRO
FOTOS: NONNATO RIBEIRO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica