Pular para o conteúdo principal

BELLIS PERENNIS "UMA MARGARIDA COM AMOR"



BELLIS PERENNIS

(a personalidade da MARGARIDA)


Eis a amiga dos que sofrem com furúnculos e com equimoses. Ela é amiga dos que passam por dificuldades físicas, com traumas físicos, machucaduras e etc...faz sentido. A margarida parece frágil e no entanto é bastante forte, chegando a ser comparada a arnica e sendo apontada como complementar de Vanadium. 






A fadiga e o sangue grosso (bem como suas consequências), são de fato as duas impressões das quais devemos nos ater. Mostram o quão forte ela é. Na resistência e na força que possui, está ligada a pessoas que se esgotaram, de dentro pra fora.

Cuida das congestões venosas, então pense nela sempre que quiser olhar as erisipelas. Sua resistência ao frio, traz a sua força e o adoecimento na gravidez, as dores de quadris, o peso do abdômen com dolorimento.


Foi testada também nos traumatismos dos quadris e se revelou uma grande amiga.

A margarida sofre calada, suporta a vida como uma raiz, mas no fundo ela é a bela cheia de vida – vivaz. Quando o corpo e os quadris não aquentam a gravidez, pensamos em Bellis Perennis.


Sempre colocada em segundo plano, ela representa a união de estados e condições. Uni nossos aspectos físicos com os emocionais e faz com que essa linha tênue do equilíbrio aconteça.

Da mesma forma que abre suas pétalas para o céu, ela se reinventa e permanece ali, de frente para a luta, delicadamente preparada, suavemente pronta e seguramente forte. As grávidas agradecem.

Fisicamente, Burnett a considerava para o câncer precedido de traumatismo, neste caso, especialmente falando o câncer de mama.

Sua administração é feita em TM ou DH3.

Segue abaixo um texto bastante útil e totalmente aplicável, ele trata do uso da Bellis Perennis nos florais.

A Virtude da Margarida

(Por: Rosangela Vecchi Bittar)

É originária da Europa, Ásia e Brasil floresce em jardins e  nos campos o ano todo,suporta frios intensos. Pertence a família botânica das Compostas,dentre suas várias espécies
temos as de nome botânico: Chrysanthemum Maximum e Bellis
perenis (bellis de bela e perenis de vivaz), suas folhas são largas e pecioladas dispostas em roseta na base do pedúnculo floral piloso. Suas flores são amarelas ao centro e pétalas brancas e inodoras que se abrem durante o dia seguindo o sol. Foi cantada por muitos poetas e representada em tapeçarias da Idade Média e Renascença.

A Margarida como planta medicinal possui propriedade antiinflamatória,diurética, depurativa, sudorífera, expectorantes tônica e vulnerarias.Misturada ao dente de leão revitaliza o fígado, suas folhas esmagadas e usadas em compressa aliviam contusões e entorses. Como essência floral, temos no Sistema Floral Francês chamada de Pâquerette e a Califórnia Shasta Daisy atua no mental atua na sinterização de informações oriundas de diversas origens. Sua qualidade principal é síntese, união e integração. Indicada para aqueles que coletam informações diversificadas e encontram dificuldade de integrá-las de forma coerente ao todo, isto significa que ela vai auxiliar a estudantes, professores, escritores, pesquisadores, pessoas que trabalham com projetos e projeções que necessitam de grande esforço intelectual, visão global e organização mental. Para aqueles com grande capacidade de análise, mas pouco poder de síntese concede um fio condutor e favorece a concentração.


Equilibra o hemisfério esquerdo e direito do cérebro, favorecendo a intuição. Também reintegra o aspecto emocional. É uma essência interessante para reintegração da memória ou a organização de conhecimentos aprendidos. No Sistema de Minas daqui do Brasil temos a essência floral Marguerites feita com espécie Chrysanthemum Leucanthemum L. com indicação similar ao já mencionado.


A flor representa uma mandala com muitas pétalas que representam os diversos conhecimentos que convergem para o centro onde se processa as informações que gerará um resultado que é a sintetização das informações processadas.
Rosangela Vecchi Bittar
Terapeuta Especialista pela Universidade Federal de Pernambuco
Pesquisadora com Terapia Floral - Mestre em Reiki
Aromaterapeuta - Cromoterapeuta
Coordenadora das Práticas Integrativas e Complementares da
Associação Brasileira de Alzheimer ABRAz– Regional Pernambuco
Terapeuta Floral Voluntária da Oncologia do Hospital das Clínicas da UFPE
Cursos e Palestras - Atendimento presencial e via e-mail ou skype.
E-mail rosangela.bittar@globo.com Contato: (81)8843-0584 e 8130-5882
Contato E-mail: rosangela.bittar@globo.com telefone(81) 8843-0584


Homeopatas dos Pés Descalços
 

Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…