RHODODENDRON A PERSONALIDADE DA ROSA DA SIBÉRIA.



RHODODENDRON A PERSONALIDADE DA ROSA DA SIBÉRIA.


Esse é o rhododrendron chrysanthemum, muito usado na china para remédios, a paixão nos estudos de J.H. Clark e uma verdadeira joia nas montanhas da Sibéria e nos afrescos dos palácios.


Suas folhas secas dão origem as tinturas usadas e são na maioria das vezes amarelas ouro, grandes e bastante fáceis de serem vistas. É que elas reluzem em meio ao musgo das encostas, aparecendo apenas suas pontas.

Diante da presença de dores articulares ou nevrálgicas decorrentes da mudança de temperatura para o frio, ou antes de chuvas fortes e trovoadas, bem como ao sentir dores nas aponeuroses durante a noite, prevendo tormentas, é indicado um vegetal da família das Ericaceas, Rhododendron, conhecido como Rosa da Sibéria (KENT, 1980).

Por este motivo, essa personalidade continuamente é indicada para atletas e suas lesões, especialmente no futebol – ver. http://www.efdeportes.com/efd146/homeopatia-para-auxiliar-no-lesoes-de-futebol.htm

Clark deixa claro que emocionalmente ela vem de encontro com pessoas que apresentam extremo nervoso, indivíduos que apresentam medo de trovões e tempestades a fim de alterarem assim suas reações diante da vida e dos indivíduos a sua volta.
As tormentas do tempo não lhe caem nada bem e seu corpo recente com isso de forma visível.
Esse medo extremo, causado por estrutura da natureza, possui uma ligação muito forte com o meridiano do rim – MTC, sendo assim, podemos nos ater nas suas maiores complicações físicas – seus sintomas reumáticos e suas nevralgias são muito acentuadas.


Quando a atmosférica fica carregada e o tempo se encarrega de descarrega-la através de trovões e tempestades, a rosa da Sibéria irá tremer e sentir dores. Tudo piora, as dores se intensificam e suas pernas e cabeça sofrem com isso. Sensibilidade vista em Silícia, Psorinum, Ntrum Carbônicum e Phosphorus. Lycopodium, Pulsatilla, Arnica e Arsenicum devem ser observados quando no seu uso. As pernas de Arsenicum reagem às descargas elétricas também e podem sentir o reflexo por muito tempo, não como Rhododendron, mas devemos observar bem. Aqui a rosa da Sibéria pode ser considerada nervosa por sua própria natureza.
Um bom sintoma emocional e que nos ajuda muito a diferenciar, foi citado pelo Adolph Lippe MD, onde descreve em seus estudos a grande indiferença às coisas com aversão a toda profissão e a qualquer trabalho.

Essa matéria ajuda muito aqueles que por causa do terror as tempestades, alcançam um nervoso tal que não conseguem se lembrar das coisas – aqui não há moleza, pois sua melhora se dá ao movimento contínuo. Ele obtém alívio ao se mover.
Estar em repouso e em locais de muita nebulosidade e úmidos agravam bastante seus sintomas e suas dores.
Comer e aquecer são de extrema necessidade para essa personalidade, tudo melhora.

Essa pessoa se beneficia com a medicação nos casos de gota e reumatismo, na artrite, nas dores do ligamento ( aqui arsenicum entra – lembra o trovão no chão), alucinações e dores de cabeça – as dores nevrálgicas dos olhos – precisa cruzar as pernas para dormir e ocorrem formigamentos e suores.

Entretanto Rhododendron pode prever uma tempestade, seu corpo avisa, seu nervoso aumenta e ele acaba por passar mal. Todas as suas doenças pioram muito antes de uma tempestade.
Em nenhum momento podemos dizer que existe uma personalidade Rhododendron sem sintomas reumáticos e nevralgias acentuadas.

Essa sensibilidade deve ser considerada e tratada com carinho, ela é real e afeta consideravelmente o estado emocional da pessoa.
Mesmo que apresente mais situações, seus pontos chaves não podem ser desprezados e outras medicações podem vi ao seu auxílio.
Sua tintura ajuda muito nas questões físicas e sua homeopatia pode ser usada sem preocupações, pois tudo o que dela vem, traz medo e dor, específicas, vem pelas mãos dos temporais e dos trovões.

Homeopatas dos Pés Descalços.

Comentários

  1. Muito prazer e boa tarde. Li e estou usando há uma semana (dos Sistemas Florais e a Alma Feminina) os seguintes florais Basilicum (mulheres que se sentem confusas e desequilibradas mentalmente. Se sente incapaz e inadequada ao mundo), Emilia (dúvidas; falta de autoconfiança em si mesma e indecisão nas coisas mais banais da vida.), Lavandula (imaturidade psíquica-biológica; mulheres imaturas com complexos de inferioridade.) e Plantago (medo da vida, mulheres que não arriscam, perderam o entusiasmo, medo das surpresas e do inesperado.); uso 4 gotas 4 x ao dia. Quero melhorar essa minha inadequação e incapcidade, a falta de autoconfiança e indecisão, meus complexos de inferioridade e o meu medo das vida (o fato de nunca me arriscar na vida). Por favor, estou certa, ou acham muitos florais? Podem me ajudar com a homeopatia pra esses meus problemas? Muito Grata, Paula

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paula, os florais estão juntos ou separados?

      Leia sobre Thuya e Sápia, depois diga o que achou!

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Uso tudo no mesmo vidro, estou errada? Tenho muito de Thuya e de Sépia? O q devo fazer? Muito grata, Paula

      Excluir
    3. Paula, termine esse vidro todo misturado e depois podemos ir direto com uma ou duas essências.

      Veja entre os dois o que mais se parece com você, emocionalmente falando tá?

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  2. Olá! Descobri voces há cerca de quinze dias e achei muito legal! Lendo os posts passei a aprofundar mais sobre mim: sou uma “não me toques”, minha mãe diz que sou fresca, tenho sempre alguma doencinha, nada grave,mas que me impede de viver (resfriados, garganta, pé doendo...). sempre há algum probleminha físico. Pensei em trauma e usei Arnica 30ch, 5 gotas pela manhã (e tb o floral arnica + rescue) por um mês, mas nada aconteceu. Será mágoa? Medo de viver? Depressão? Pensei em Equinácea, Calcarea Silicata, Natrum Muriáticum, Stramonium? Já tenho 50 anos (duas faculdades) e nada acontece na minha vida, nada faço, não vivo, nada acontece. Por favor, me indiquem alguma homeopatia que sirva para mim? Obrigada, Bianca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bianca,

      A arnica é própria quando precisamos de abraços e as coisa possuem uma raiz muio grande, não se encaixa aqui.

      Pode ser minusvalia - thuya
      Pode ser sensibilidade - Gelsemium
      Pode ser apatia, Graphites... ou Sépia,

      leia e nos diga o que achou, depois vemos os florais.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  3. Boa tarde. Vivo amores platônicos, por mais ridículo que isso possa parecer. Desde novinha me apaixono por alguém inatingível (mesmo que seja meu colega de classe); no começo muito criança ainda (10, 12 anos), depois na adolescência, mas hoje já tenho mais de quarenta anos e continuo no platônico, não no concreto. Sempre que me interessava por alguém, ficava atrás dele, ligava e não falava nada, ficava parada na porta da casa do cara só para olhá-lo e mais nada, só sonhando, sonhando sem concretizar nada, nunca tive um amor de fato; tenho medo, sei lá? Por favor, tem homeopatia para mim? Obrigada Mariana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariana,

      veja Sépia, Veratrum, pulsatilla e magnésia carb.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Boa noite, tenho mais a ver com pulsatilla. Mas não vi ainda algo para esses amores platonicos. Obrigada, Mariana

      Excluir
    3. Mariana, leia Natrum Muriáticum, mas os amores são uma boa parcela e não tudo. É a falta deles que dá esse tamanho todo, talvez ele seja a coseguencia e não a causa.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  4. Sou depressiva, com cansaço, desânimo. As doutoras tem um homeopático e tb florais para me indicar? Muito obrigada, Gislaine

    ResponderExcluir
  5. Gislaine,

    leia Thuya, Platina e lycopodium.

    depois nos diga o que achou.

    um abraço,

    a equipe.

    ResponderExcluir
  6. Acho q sou Thuya. O que devo fazer? Obrigada, Gislaine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gislaine, porque, o que se parece com vc e thuya?

      Leia florais e a alma feminina.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. a minus-valia...Obrigada, Gislaine

      Excluir
    3. Gislaine,
      nossa sugestão é;

      Thuya tem muitos braços, então comece com uma dose única na ch 30 e depois fique de olho e observe as coisas.
      Aí, Pulsatilla, silícia podem entrar.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  7. Boa noite. Sabem, tenho um pai de quase 80 anos (forte, atlético) que durante 60 anos de vida viveu na casa própria, agora vendida e que vai se mudar para perto dos filhos e netos. Por muito tempo ele “enrolou” essa venda, fez obras e mais obras na casa, demorou a chamar o corretor, mas agora a casa foi finalmente vendida e ele tem 60 dias para sair dela. Ele é um homem sensível, fechado e já chorou com a venda da casa várias vezes ( Foi muito feliz nela.).
    Preciso de ajuda para facilitar essa mudança, para diminuir o impacto negativo dessa perda, para que ele (e minha mãe também) vivam essa perda sem grandes problemas e conseqüências. Por favor, indiquem uma homeopatia e florais para ele? Muito Obrigada, Bia

    ResponderExcluir
  8. Oi Bia,

    Cá pra nós, é difícil mesmo e chorar provavelmente irá ajudar a não guardar esse sentimento com misto de fim, saudade e perda.

    nossa sugestão é:

    um floral:
    60 ml de vervain, oak, olive e walnut
    20 gts no café da manhã e 20 a noite

    Veja se a tristeza piora no final da tarde ou se tem uma hora específica em que as coisas ficam mais difíceis.

    um abraço,

    a equipe.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

A ÚNICA CONDUTA ACEITA PARA COMENTAR É A GENTILEZA.

Postagens mais visitadas deste blog

LYCOPODIUM CLAVATUM

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO