Amigos do Blog

Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

HELIOTROPIUM PERUVIANA


HELIOTROPIUM PERUVIANA



Bonita e vistosa, essa planta sempre chamou a atenção. Entretanto muitos dos seus encantos ficaram guardados. Declamada por muitos, essa raridade tem prestado um verdadeiro serviço a homeopatia e as mulheres.

È reconhecida como: Calmante, tônico, antiespasmódico dos nervos, calmante, sedativo, calmante e carminativa, emenagoga e aromática. 


Na medicina homeopática uma tintura de toda a planta fresca é usada para dor de garganta de pastor e deslocamento uterino. A dor de garganta de pastor é aquela que restringe a voz entre a rouquidão e a voz grossa. A dismenorréia membranosa e a queda do útero são pontos fortes dessa homeopatia, aplicada na 3ª, 5ª e na 6ª.
Entretanto é na descrição de suas qualidades, dentro das análises dos florais que ela surpreende e encanta. 


Florais de Minas




HELIOTROPIUM (HELIOTROPIUM PERUVIANUM) 


Suas indicações são para: 

* os estados temporários de angústia estrema e melancolia;
* para aquele indivíduo que se acha em completa escuridão interna,
* indivíduo no limite máximo de suas forças;
* quando há um desespero insuportável e a pessoa não enxerga nenhuma luz no fim do túnel, estando o futuro completamente ofuscado;
* estados existenciais mais negativos, em que há uma tremenda pressão interna para o parto de uma grande expansão de consciência;
* para as situações excepcionais, em que o indivíduo construiu uma grossa muralha entre a sua personalidade e o seu próprio pensamento, perdendo então a capacidade de sonhar e pensar no futuro;
* para os partos mais dolorosos da alma, onde o novo ser, bem mais luminoso, pressiona para nascer, mas está sendo inconscientemente impedido.


A personalidade decai em profundos buracos existenciais e normalmente é calada, angustiada, introvertida e cristalizada em certos padrões psíquicos de comportamento, os quais só podem ser quebrados dolorosamente.


* atenua os casos de angústia que eventualmente aparecem antes do falecimento da pessoa.

O Heliotrópium é considerado uma planta mágica, desde os tempos mais remotos. Trata-se de um arbusto da família das Borragináceas.


Com toda essa angústia interna, entendemos o porque da pressão e da tensão em várias partes do corpo. A pressão no esterno é tão alta que impede a respiração adequada, esse é um ponto alto da ansiedade e da angústia dessa matéria homeopática.




O escritor romano Plínio escreveu sobre esta planta, "Eu tenho falado muitas vezes da propriedade maravilhosa do heliotrópio, que se volta redonda com o sol, mesmo em um dia nublado, tão grande é o seu amor de que luminar. Mas à noite ele fecha a sua flor azul, como se de falta de seus raios. "
 
Assim, o heliotrópio excelentemente representa a atitude da alma fiel em direção a Vontade de Deus, que é representado pelo sol. Este dom deve sempre ser contemplada por nós com olho fixo e inflexível, em qualquer direção que seu curso pode dobrar, e uma coisa que devemos sempre resolver em nossa mente: "Como isso agrada a Deus, então ele me agradar A vontade de. Só Deus é para mim a regra de vida e morte. Como aprouve ao Senhor assim será feito. Bendito seja o Nome do Senhor. " " Agora, de fato, nosso sol está escondido por uma nuvem, mas logo ele vai mostrar o seu rosto brilhante através desta névoa de tristeza. Olhe para o curso dos séculos, e ver como diversas coisas acabam! Extraído da Parte II, Capítulo II [ heliotropium7.htm ]


HOMEOPATAS DOS PÉS DESCALÇOS
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica