Amigos do Blog

Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 3 de maio de 2011

SALVIA OFFICINALIS – UMA AJUDA E TANTO


Existem diversas espécies de Sálvia, porém, a única considerada como planta mestra ou professora é a Salvia Divinorum. Também conhecida como Maria Pastora pelas tribos indígenas mexicanas e Diviner's Sage pelas tribos americanas. Sua substância ativa chama-se Salvinorin A. essa é uma planta que muito ajuda nas crises neuróticas e, portanto pode ser definida como “A Planta que nos remete a experiências visionárias”.


Muito usado nos estados de tosse, seu uso se aplica mais na fase da tintura mãe. Usada nas laringites, aquelas que nos dão a sensação de sufocamento, de engasgos constantes e que nos fazem ter suores abundantes, debilitantes e sempre noturnos. Muitos chegam  a usá-lo como inibidor dos suores, assim encontramos sua aplicabilidade na D2.





Outra coisa comum é a pele descontraída e flácida, servindo assim como tônico, pois se identifica facilmente. A pele é mole, parece estar relaxada o tempo todo, sem tônus. Apresenta a temperatura sempre fria e de uma palidez também constante.






Muito usada como tônico da tosse que acompanha a tuberculose. Ajuda e muito nesse combate, até porque a tristeza acompanha essa doença e sendo assim, a Salvia é um tônico que ajuda todo o corpo a se recuperar do estado de debilidade e fastio.










Homeopatas dos Pés Descalços
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica