Pular para o conteúdo principal

FADIGA E CANSAÇO - personalidades Homeopáticas

OS REIS DA FADIGA E DO CANSAÇO...

A PERSONALIDADE ÁCIDA. 

Phosphorus acidum - enfraquecimento mental e físico, sofrimento silencioso, transtorno por mágoa, esquecimento das palavras,sem tonus muscular e mental.
 
Muriaticum acidum - fadiga mental, irritabilidade, mente raivosa, queda do maxilar, perdeu a vitalidade, olhos vitrificados e hemorroídas azuis.
 
    Picricum acidum - fadiga mental e física por excessa de leitura. Desmaia pelo cansaço intelectual devido a leitura, dores na occiptal que queimam e descem a coluna e que melhora com bandajens, aversão a casamento.
 
Quando o cansaço mental ocupa os músculos e a mente na chamada clínica de fadiga mental, poderemos sem dúvida pensar nas três medicações. É claro que para se tocar nesse termo, o Muriaticum Acidum – conhecido pelo ensaio moderno “Terapia da fadiga.” Nos vem quase de súbito e possui uma representatividade alta.

 Essas medicações são vendidas como uma panacéia para o stress mental.

Não nos abstendo do mestre da homeopatia, teremos que analisar o paciente, o doente e não a doença, entretanto Muriaticum Acidum não recebeu toda essa relevância à toa, realmente possui precedentes. A referência abaixo descreve um trabalho atual de muito fácil compreensão e dinamismo, sendo a melhor descrição simplificada dessa matéria médica que encontrei.

Um livro-texto de Materia Medica.
(Characteristic, Analytical, and Comparative.)
(Característica, analítica e comparativa).
By Pr. Allen Corson Cowperthwaite, MD, PH. Por Pr. Corson Cowperthwaite Allen, MD, PH. D., LL. D., LL. D. D. MURIATICUM Acidum  - (Acidum Hydrochloricum)
"
 
São as Hemorróidas azuis, a paralisia da língua, a queda do maxilar ao se sentar ou deitar, o vazio do estômago que não para com a comida, a vertigem ao ar livre, a mente raivosa, irritante, inconsciente, a aparência de que não existe vida dentro de uma pessoa - Samuel Hahnemann Dr.
Sem deixarmos de analisar o fantástico acervo deixado pelo próprio pai da homeopatia www.homeoint.org/books/hahchrdi/mur-ac.htm - simplesmente fantástico.

Os olhos que parecem vidros também são classificados com referenciais de Phosphoricum Acidum, o sofrimento silencioso, o enfraquecimento muscular e mental, a indiferença a qualquer estímulo, apatia e depressão. Ocorrem as quedas de cabelo, o esquecimento especialmente das palavras. Perdeu a vitalidade, normalmente por excessos (após drogas, álcool, doença, fadiga sexual).

A mágoa poderá ser um forte aliado na fragilidade e debilidade muscular, as vistas ficam turvas quando se lê. A observação mais importante nesse momento é deixar claro que tanto o tônus muscular, quanto o emocional do Phosphoricum Acidum se enfraquecem de forma a ficar notório o relaxamento. Os cabelos da sobrancelha, da cabeça e dos genitais caem copiosamente. Desta forma a debilidade física acompanha a mental, há deficiência em pensar, apatia mesmo. O transtorno por mágoa marca essa matéria.

Quando analisamos Picricum Acidum, sabemos que estamos nos encontrando com uma medicação cuja fadiga mental é acentuada. A concentração, ou melhor o excesso dela, os estudantes que passam horas a ler e se sentem exaustos com fraqueza física e mental.
Não é bem que ele não compreende, ele não quer compreender nada. Desfalece pela fadiga de leitura. Sua cabeça é a eleição. As dores descem dela pela coluna e são cortantes e quentes.
Talvez possamos classificar que a maior aversão de Picricum Acidum seja o casamento. Eu não caso nem morte, isso é a morte pra mim.


Realmente, os três são chamativos em cansaço e fadiga, embotamento e enfraquecimento. O que mais chama a nossa atenção são as distintas personalidades.Três medicações e sintomas atuais, atualíssimos podemos dizer. Essa é a importância de levarmos em consideração a Personalidade do Indivíduo, ele e não a doença simplismente. Essa é a maravilha do Legado Curativo da Homeopatia, o alento da alma e a saúde do corpo.

Homeopatas dos Pés Descalços

 

Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…