Pular para o conteúdo principal

AURUM METÁLICUM - o velho Aurum e o novo mundo

Aurum Metalicum
Personalidade Homeopática

HOMEOPATAS DOS PÉS DESCALÇOS. 

Ouro, acrescento que para os ciganos o ouro é um metal mais que precioso. A muito se usa ouro nos dentes para prevenir a infecção e evitar problemas nos dentes. Quando alguém é acometido de raiva, por exemplo, dentro de comunidade cigana, dá-se água fervida de uma pepita de ouro por 5 anos para quem tem tétano ou quando a loucura acomete aquela pessoa com o desejo de tirar a própria vida. Todo sábio e toda matriarca sabe que o ouro ilumina a escuridão ou cega o juízo, como na cultura cigana todos desde cedo são educados a não acumular bens acima do que pode conter, o ouro acaba sendo um bom amigo.

Sem sombra de dúvida, Aurum é uma das medicações de ação mais profunda da matéria médica. Muito usado pelos Árabes na Idade Média por causa do sentimento de indignação e desespero. (Dr. Nilo Cairo/ vol. I – pág. 189)

Doenças do mundo moderno e o velho Aurum

A doença mais ligada a essa medicação no campo da psiquiatria /psique humana é a Antropofobia - Para a Psiquiatria, a antropofobia é a fobia de pessoas e da sociedade. É uma das características típicas do fóbico social. A doença está descrita no catálogo da Classificação Internacional de Doenças.

PSICASTENIA - Forma de psicose com fases de medo, ansiedade, sensação de incapacidade e perda da personalidade, fraqueza intelectual e tendência mórbida para dúvidas e hesitações. A psicastenia é uma afecção mental muito difundida que se caracteriza por uma redução na tensão psicológica e cujos principais sintomas são a depressão física e moral, um sentimento de falta de alguma coisa e perda do sentido da realidade, com uma tendência patente às obsessões, às manias e aos fenômenos ansiosos.

Cabe salientar aqui as anotações mais predominantes no mental de aurum: 

1.   Seu sintoma mental proeminente e característico é a melancolia com tendência ao suicídio,
2.   Entretanto a Loucura, o desespero, o desgosto, a depressão, o cansaço da vida e o título de inconcreto lhe caem como uma luva.

Visto esse pequeno presente nos dado por Freud, juntamos o aurum a doenças da modernidade.

Mais porque essa colocação? A muito tenho ouvido críticas sobre a ineficiência do ouro como medicamento e sua substituição por medicações mais “atualizadas” cientificamente. Alguns homeopatas colocam a medicação num patamar tão alto que se tem medo de usá-lo. Enfim, atualmente os Biomédicos, mesmo a contragosto dos médicos, estão retomando o uso do ouro para o tratamento das doenças acima citadas e com o aval de muitos psiquiatras da linha mais moderna, graças a Deus.

No campo das ansiedades o aurum tem a o tipo de Ansiedade de consciência, ou seja, a Ilusão de ter negligenciado seus deveres, feito errado, de que tudo irá fracassar, ele se acha inadequado para o mundo.
As contradições

Em contra partida, aurum é sério, sensível, refinado e educado como um lord. Extremamente responsável, ele possui metas que brilham alto. É consciencioso e correto.
Ele alcança alta posição na sociedade e trabalha duro pra isso, é calado e reservado.
Na doença ele se apresenta inerte e de memória fraca, os transtornos por pena, por reveses nos negócios lhe dão o sentimento de vingança e de abandono, pois aurum se suicida por dor, ele deseja morrer.

Seu gosto por músicas clássicas, suaves e religiosas são o oposto ao seu temperamento explosivo.

A profundidade dos sentimentos de aurum alcança os carcinomas, as dores de cabeça no fundo do olho direito ou na raiz do nariz. O gosto ácido do metal lhe vem à boca.
O gosto alimentar de aurum é pesado, o oposto da leveza que ele apresenta quando sadio. Pão, doces, leite e álcool.
Por ser extremamente reservado, suas dores pioram à noite e são sempre profundas, como sua personalidade: são atrás do externo, endurações, gânglios inchados, dores ósseas, carcinomas. Moléstias de figado e cardiopatias masculinas com endurecimento dos testículos e nas mulheres as deficiências útero ovarianas.

Quando a doença se apresenta na adolescência, nota-se o desejo sexual aumentado com muito uso da masturbação, testículos retidos (1º REM. Rm.) e testículos diminuídos. Quando criança, a característica débil, apática e de memória fraca.
Tudo para  aurum piora à noite.

“Colocações muito importantes em se tratando de Aurum e que por sua reserva ser grande, ele acaba falando e achando que não está contando muita coisa importante:

1.      Estou cansado da vida.
2.      Vai chegando à noite as dores pioram.
3.      Costumo gemer a noite, mas acho que é da dor.

A esterilidade de aurum possui depressão moral/incapacidade/inferioridade.

Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…