OBSESSÃO, COMPULSÃO E PERSONALIDADE BIPOLAR



O Pedro é um psicólogo que nos escreveu a algum tempo com um pedido: 
Falar sobre a compulsão, a obsessão e o processo bipolar. 
Bom, do nosso jeito, vamos fazer isso de forma simples, do jeito que sempre fazemos.


De ante mão, gostaríamos de deixar claro que sempre se precisa de um diagnóstico médico para se chegar a esses quadros. Como por aqui, vemos a homeopatia de forma a equilibrar a pessoa e não a doença, colocamos alguns exemplos mais comumentes usados para essas três situações.

Outro fator que merece sempre a nossa atenção é que quando podemos a nós mesmos, podemos nos ajudar mais rápido, correr atrás de ficarmos bem. Que quando falamos de bem estar e saúde, falamos sempre que o conjunto de possibilidades que temos hoje a nossa volta pode e deve ser usada, sem preconceito e sem radicalismo. E por fim que nada “é receita de bolo” na homeopatia, tudo dependerá de quem você é, de como se comporta, de como e onde foi criado e de tudo o que você viveu até os dias de hoje.

Os diagnósticos específicos não alteram por aqui, porque a descrição da doença é vastamente conhecida e um médico, um psiquiatra ou de preferência um psicólogo ligado a essa especialidade é quem deverá fazê-lo. É extremamente importante e visa resolver a situação. Assim sendo com esse diagnóstico na mão, observe as particularidades emocionais que ligam a matéria médica ao desequilíbrio apresentado.
Nossas sugestões são:

Bipolar – a Ignátia é a mais vista nesses casos, talvez pela fortaleza que apresenta e a vontade impar de se isolar. Talvez pela voracidade em que fala as coisas que estão presas, sem se importar muito com os outros e a mudança de comportamento que acontece depois que isso acontece. Muitos a aconselham na ch 200, assim como Aurum Metalicum também é usado com freqüência nessas situações. Já nesse caso, ele pode pensar em suicídio e estar próximo de fazê-lo, sem que qualquer outra pessoa perceba. Ambas as matérias são bem aceitas naquela fase de extrema depressão com que o bipolar se apresenta. Florais como Red Chestnut e Agrimony são bem vindos nessa fase. Essa alteração de humor não está diretamente ligada a Bryônia e seu mal humor terrível (aqui esse mal é constante), não há variável.

Em casos de violência, Belladonna, Lacheses e Stramonium devem ser observadas. Belladonna se apresentar um caso claro de violência durante a vida, seguidas de irritação violenta na pele e a possibilidade de detalhar sua irritação com violência, seu oposto a coloca em campos belos e respiração farta, com vontade de viajar e correr o mundo. Stramonium já vem seguida de brutalidade e agressão nesse estágio, é mais comumente aplicado do que os outros, pois a violência em estouro, do nada, segue sua aplicação. Comumente aplicado na ch 6 ou ch 7. Já lacheses são crises que podem ser despertadas em mulheres (a princípio) em locais fechados. Podem estar ligadas mais a reação a claustrofobia do que a bipolaridade.

Mas também existe a fase do toc – quando o bipolar tem as manias afloradas e são registradas por períodos de uma ou duas semanas. Daí sempre olhamos para Hyociamus – nesse caso na ch 6. Repare que há profundidade nessa matéria médica. Especialmente quando a pessoa sofreu ou sofre casos claros de repressão, especialmente sexual. A chamada minusvalia sexual: http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2010/10/hyosciamus-personalidades-homeopaticas.html

Compulsão – por tudo .. comida, roupa, jogos e por aí vai, mas, precisamos pensar no porque da compulsão, aquilo que se encontra por detrás desse desequilíbrio muitas vezes ignorado e muitas vezes aceito pela sociedade em geral.
Grafhittes na sua maioria é obsesso e isso se deve a assaltar a geladeira a noite (período horrível para ele(a)) também temos o fato de que sua insignificância é tão grande que pode esconder um processo de luxúria para compensar sua sempre insatisfação com tudo, consigo mesmo e com o mundo-
Drósera  come tudo o que vê pela frente, devora a própria vida, roupas, jóias e tudo que encontra no cotidiano. Compra e come por comer e por comprar. Sempre acha que precisa estocar, que não terá mais. Se pensarmos é comum ver Dróseras nos supermercados e nas lojas de liquidação. Entretanto a magreza pode ser um oposto perigoso para ela. http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2010/12/drosera-rotundifolia-entre-gula-e.html. 
Nux vômica segue a linha de quem é competitivo, que passa por cima, que vai atrás do que quer sem parar...até que a vida para essa pessoa. A ansiedade aqui é visível, a vertente que leva a trabalho, a satisfação pessoal e a comida é muito forte. Comumente indicado na ch 200 – uma vez ao mês. http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2010/11/nux-vomica-o-rei-da-luxuria.html
 
Obsessão – eis o mais delicado dos pedidos do Paulo.
Para lidarmos com a obsessão, precisamos ser atentos ao extremo e mantermos o olhar sempre a frente do processo que se apresenta. Precisamos achar a linha de fundo. Aquela que demarca os territórios.

Hyociamus entra novamente aqui: sua marca é a repressão sexual.

Thuya – sua marca é a minusvalia.

Natrum muriaticum – a reação ao medo extremo.

Arsenicum Álbum – a preservação do território. A posse e o domínio.

Medorrhinum – quando se apresenta na metade da vida, já adulta. Quando se envelheceu por dentro.

Silicea – quando a divagação acontece entre dois pontos demarcados/nunca mais do que dois pontos.

Alumina – obsessão por faca, materiais ponteagudos. Amor e aversão ao sangue e isso de forma bem clara. Explícita.

Argentrum Nitricum - A melancolia, a depressão mental, o vômito sintomático, o medo de estar só e de multidões, o tremor por todo o corpo, faz com que Argentum Nitr. Seja analisado de perto. A medicação dos bebedores por assim dizer, traz uma sensibilidade e uma captação da parede do estômago dignos de relatos. 

Luesinum - melancolia, a intolerância, o suicídio, a depressão maníaca;

Staphiságria - A agresividade seja verbal ou não, tende pro lado de chamar a atenção. Entretanto podemos acoplar aqui, Sépia - SEPIA E STAPHISAGRIA por exemplo tem um alto teor de ciúme nas suas relações, mais fazem isso em silêncio, normalmente são tímidos, mais o ciúme é uma porta e tanto pra as patologias dessas duas personalidades.

Paulo, desculpe-nos a demora, pois foi um prazer fazer esse pequeno e breve resumo. 
Esperamos que tenha servido.

um abraço,

a equipe.

Comentários

  1. Muito legal a matéria. Sabe, eu sou compulsiva por todos os tipos de doces e queria saber qual a homeopatia mais indicada para mim? Obrigada, Janice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Janice, essa compulsão é bem parecida com Drósera, d~e uma lida e veja também as ervas Medicinais em capsulas. Costuma ajudar.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  2. Sou também psicóloga e baseado no que vcs falaram resumidamente, o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) "é um transtorno de ansiedade caracterizado por pensamentos obsessivos e compulsivos" no qual o indivíduo tem comportamentos considerados estranhos para a sociedade ou para a própria pessoa. As obsessões são pensamentos recorrentes e as compulsões são comportamentos, gestos, rituais ou atitudes muitas vezes iguais e repetitivas, conscientes e quase sempre incontroláveis. Geralmente a pessoa concretiza a ação para se livrar dos pensamentos obsessivos, mas isso só traz alívio temporário. Não executar os rituais obsessivos também causa muita ansiedade, a necessidade de ter quê realizar o ritual seja ele qual for.

    Pelo que entendi vocês separam certas substancias homeopáticas para a obsessão e outras para compulsão.
    Mas existem algumas substancias só para esse Transtorno da Ansiedade? E há outras substancias homeopáticas específicas para o TOC (obsessão junto com compulsão)?

    Agradeço a explicação, Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adriana,

      Sim, separamos porque as vezes a obsessão deriva de algum transtorno maior e as vezes a compulsão também.
      Via de regra, a ansiedade é um prato cheio, ocupa a maioria das mentes e está presente no nosso dia a dia correto? Então ele não é causa e sim conseguencia. A causa pode ser: desemprego, morte de ente querido, medo e por aí vai. Agrimony por exemplo é a chamada rainha dos florais para a ansiedade, mas nunca ser tomada por muito tempo sozinha, porque ela sempre complementa. Assim se compreende que a ansiedade na qual agrimony é aplicada está em tudo, mas não comanda, apenas completa e segue o motivo de fundo que ocasiona a ansiedade ... isso vai de pessoa pra pessoa.
      Existem compulsões alimentares indiretas: ex: a mãe ou o pai, passou fome na infancia, tem medo que a comida falte, precisa comer para se sentir bem e seguro. O filho nunca passou por isso, mas associa quantidade a felicidade. A compulsão dos pais já sabemos, mas a do filho? é meramente educação familiar e hábito. Pode até ser que em adulto tenha a tendencia de associar uma a outra com conhecida razão, mas pode mudar.
      No TOC, um ex.: a pessoa tem que lavar as mãos o tempo todo, muitas vezes ao dia, dizer apenas que é ansiedade não dá. Então ela lava as mãos porque? medo de estar impura, medo de doença? As vezes a ansiedade vem no mesmo grau do medo - algumas homeopatias, outras vezes o medo impera e a ansiedade vem depois, segue-se a ela.

      Perceba num breve estudo sobre as tendencias emocionais do indivíduo: (catalogadas por homeopatas famosos).

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2012/12/tendencias-emocionais-do-individuo.html

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2012/01/tendencias-emocionais-do-individuoparte.html

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2012/01/tendencias-emocionais-do-individuoparte_31.html

      E veja as fobias:

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2011/08/medo.html

      e assim se segue.

      Achar o ponto de fundo e a partir dele desdobrar o que se segue e porque ainda é o melhor caminho.

      A comelança na TPM - pode ser: tristeza, insatisfação, irritabilidade, ansiedade ou distúrbios hormonais.

      Esperamos ter ajudado.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  3. Senhoras, que boa a matéria. Eu me vi nela, sabem? Vi que existe em mim uma obsessão, (talvez, compulsão, depressão). Eu sou falante, rio, converso, resolvo muitas vezes problemas complicados para outras pessoas. Finjo, na verdade, que faço e aconteço, mas, para mim eu não resolvo nada. Não há em mim movimentos de ação concreta, fica tudo na intenção. Ou seja, eu não tento, não ajo, nem tento, não faço nada por mim, Me vejo como presa dentro de mim e por mais que eu tente, não consigo me soltar. Sou uma pessoa meio parada e apesar de não comer muito (não sei se meu metabolismo é baixo), a falta de exercícios me deixa acima do peso. Tenho obsessão (penso muito além do normal), obsessão por doenças (sou um pouco hipocondríaca) obsessão por limpeza (nada muito grave), muitos tipos de nojo, estar na rua me faz sentir suja; quando chego da rua tenho um chinelo próprio para usar em casa e lavo o pé antes de botá-lo. A piscina, a praia e sol e maresia são muito incômodos, para minha pele e o meu cabelo. Aliás, tudo me incomoda, sou, como dizem, a rainha do não me toques. Tenho manias, atos repetitivos (obsessivos) na minha vida, e fico presa, dando voltas em torno de um mesmo problema até solucioná-lo, e às vezes eternamente, pois no final, normalmente, desisto e volto para dentro de mim.
    Acho que sou muito complicada, mas queria saber se podem me ajudar com homeopatia? Obrigada, Aline

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline,

      existem algumas outras indicações que poderia ler:

      Magnésia carb e Lycopodium.
      Depois dê um toque e diga o que achou delas.O que não pode é ter uma mania que a impeça de agir ... Thuya pode ser lida também.

      um abraço.
      a equipe.

      Excluir
  4. Oi doutoras. Sou um homem de 34 anos, curso superior, mas que não trabalho, passo os meus dias em casa, vendo televisão e comendo, sustentado pelos meus pais. Gosto de boa vida. Não trabalho por que não gosto, nem nunca gostei; é malandragem mesmo. Quero mudar isso, mas não sei como. Por favor, preciso de ajuda para mudar? Quais homeopatias servem para meu problema? Obrigado, Zé Luiz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Zé luis,
      Olha, acreditamos mais que isso seja falta de interesse mesmo, conformismo, falta de ânimo. Pense, mude o foco do trabalho, pense em trabalhar em casa com o que gosta de fazer, afinal, não está preso a sua formação ... ninguém está.
      Leia sobre Magnésia carb.,mas pode ser que tenha medo de fracasso (natrum muriaticum) ou de ser inferior as pessoas (Thuya), enfim, malandragem mesmo não existe, existe alguma coisa mais a fundo que precisa descobrir.
      Quem gosta de boa vida, não fica parado, a menos que seja milionário. Pense no que queira fazer que lhe dê prazer e faça.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Fico com a magnésia carbônica. Como é melhor usar? Obrigado, Zé Luiz

      Excluir
    3. Olá Zé Luiz,

      sugerimos que faça toda a trajetória:

      comece com ch 5 - 10 gts uma vez ao dia e faça isso durante 30 dias.
      Depois tome uma dose única na ch 13 - espere 15 dias e tome uma dose única de baryta carb na ch 30, e depois conversamos mais.

      Wild oat, whitw chestnut - 10 gts a noite - antes de deitar - por trinta dias.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  5. Olá sou uma mulher com "pouco senso de responsabilidade". Tem homeopatia para isso? Obrigada, Paula

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita pouca informação Paula.
      Pode ser tanta coisa:
      olha só - *Preguiçoso e negligente: Apis, Gelsemium, Kalí Phosphoricum, Phosphoricum Acidum, Graphites e Calcárea Carbônica.
      *Covarde: Agnus Castus, Conium.
      *Medroso: Aconitum, Scutellaria.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Eu sou preguiçosa e negligente, me vi em Phosphoricum Acidum. Uso como, por favor? Obrigada, Paula

      Excluir
    3. Paula, sugerimos que use inicialmente na ch 5 - 10 gts/2 x ao dia.

      aMas pense em florais também.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    4. Obrigada, quais florais? Paula

      Excluir
    5. Leia sobre os florais aqui no blog e veja com quais deles você se assemelha nessa construção:

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2011/03/os-sistemas-florais-e-alma-feminina-8.html

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2013/03/algumas-personalidades-homeopaticas_4.html

      um abraço

      a equipe.

      Excluir
  6. Olá preciso de ajuda para o meu problema: tenho um tempo para tudo, depois passa a empolgação e desisto. Eu sempre desisto das coisas. E é sempre assim, as coisas são interessantes só até certo pouco, depois perco o interesse, desisto e vou para outra coisa (e isso é para quase tudo na vida, namoro, profissão, emprego, amigos...). E sempre foi assim, desde pequena, mas o que no começo era “coisa de criança” virou um problemaço na minha vida de adulta. Queria melhorar com a ajuda da homeopatia, pode ser por favor? Agradeço a ajuda, Fabiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabiana, leia a família das calcáreas - na lateral direita do blog.

      Nos diga se procede alguma.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  7. Sou uma mulher histérica e violenta de 42 anos. Tenho filhos e os trato bem, mas não sou chegada a parquinho, a diversão, a festinhas infantis, etc. Eu os levo, tomo conta, mas não participo, há uma grande falta de entrosamento e participação da minha parte com eles.
    E o mais grave na minha personalidade é que sou agressiva e machuco meus filhos. Não posso ser incomodada e contrariada, tudo me irrita e isso faz com que meus filhos sofram muito, pois se eles me incomodarem viro um bicho, não consigo me controlar e os machuco quase diariamente. Nas minhas explosões incontroláveis sou bruta, eu agrido, bato, meto a unha e firo algum deles, não consigo me controlar. Depois fico mal com o que fiz, prometo a mim mesmo me controlar, mas basta outra contrariedade e explodo de novo. Sempre fui assim mesmo com adultos, mas com pequeninos é mais grave, pois não podem se defender.
    Pensei no Floral Cherry Plum, na homeopatia Stramonium (Belladona?, Sépia?, Arsenicum?). O que as senhoras acham? Obrigada, Beatriz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beatriz, podemos descartar Arsenicum - uma das maiores propriedades dessa matéria é ter hiper proteção com crianças e adultos. Pode ser que apanhe de um, não que seja um.

      Belladonna precisa ter violência na vida pessoal - sofrida por vc, depois é que Belladonna projeta essa violência, se for assim, vale a pena lembrar disso.

      Sépia pode ser aplicada sim e junto com ela, pode ler:
      Natrum-m, Phosphorus, Nux-vômica.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Sepia e natrum m. O que devo fazer? Obrigada, Beatriz

      Excluir
    3. Sugerimos Sépia e Natrum M - juntos na ch 5/tomar 10 gts, 2 x ao dia. Por 30 dias. Um bom floral que poderá acompanhar a noite ou pela manhã é agrimony - 10 gts - por 30 dias.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  8. Olá, amigas. Sou uma pessoa confusa, complicada, bagunçada e desorganizada emocionalmente e essa desorganização emocional se reflete na minha casa, muito desorganizada. O problema é que perco tudo nessa bagunça, nada acho. Tem homeopatia para mim, por favor? Grata, Laurinda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laurinda, você é metade Sulphur e metade oposto a ele, porque não acha nada na bagunça, se perde nela.
      Bom leia essa matéria e leia também:

      causticum,
      silicia,
      Pulsatilla e aconitum.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Não twnho nada dos outros, só de Sulphur, mas não me acho de jeito nenhum na bagunça, fico perdidinha. O que devo fazer agora? Obrigada, Laurinda

      Excluir
    3. Laurinda, sugerimos então que comece com ele no sentido de clarear as idéias e possibilidades. A parte mental se parece, então comece com ch 5 - 10 gts uma vez ao dia/por 30 dias e em água.

      Acrescente larck e walnut (glorais) - 20 gts ao dia - por 30 dias e depois vamos acompanhando o que ficou e o que pode avançar.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  9. Tenho um mal humor crônico, tenho sempre alguma reclamação a fazer. Às vezes sou difìcil de engolir e se estiver um pouco cansada sou insuportável. Acho que sou Bryonia, como devo usar? Grata, Celeste

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Celeste,

      Leia também:

      Abrotanum, Carbo vegetabilis, Dulcamara e depois diga se parece ou não com Bryonia, são complementares e por isso podemos nos confundir.


      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Carbo vegetalis tem muitas coisas se mim + do que a Bryonia. Como devo usar o Carbo? Grata, Cel

      Excluir
    3. Então sugerimos que entre com 20 gts de carbo vegetabilis ch5 - 1 x ao dia, em água, por 15 dias.
      Depois mude para o ch 9 e faça por mais 15 dias da mesma forma.
      Quando terminar use uma dose única na ch 13.

      depois a gente avança.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  10. Sou uma pessoa MUITO CONFUSA, insegura, não sei o que quero... Gostaria da ajuda da homeopatia? Agradeço Bianca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bianca,

      leia:

      Baryta, magnesia carb., aurum e Actea rac.

      veja se combina com você.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  11. Não participo do dia a dia da sociedade, sou uma pessoa a parte. E mesmo com os meus eu não me envolvo, fico a parte no meu computador, lendo revistas, vendo televisão, ou seja na minha. Tem homeopatia para mim? Obrigada, Neuza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neuza,

      se tiver cupa nisso, pense em thuya,
      se tiver raiva e aversão, pense em sépia.

      Mas pense nos isolamentos também, como bruonia, baryta e carbo animalis.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Isso do isolamento tem a ver. Vou ler e retorno. Grata, Neuza

      Excluir
    3. Ficamos no aguardo.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  12. Oi, preciso de ajuda, por favor. Nunca na minha vida me entendi com atividades físicas, mas na infância andava de bicicleta e nadava. Porém, sempre tive muita preguiça e medo de cair, me machucar e rirem de mim. Eu não gosto que riam de mim, mas sei que não é só por isso que tenho problemas com os exercícios.
    Também sou sedentária, gosto mesmo de ficar na cama, acordar tarde, ficar no sofá e não tenho muito resistencia respiratória. Podem me ajudar com uma indicação homeopática? Obrigada, Aline

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline,

      o medo da queda é evidente, então, leia Borax, mas pense em Picricum e Lycopodium.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  13. Oi, preciso da ajuda da homeopatia por que sou uma pessoa que pensa muito, teoriza, enrola. Uma pessoa pouco prática. Obrigada, Sabrina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabrina, o leque é grande, mas pense em sulphor, argentrum nitricum, lycopodium, magnésia carbonica.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  14. Sou casada há um ano e assumi as duas filhas pequenas do meu marido (q nao tem mãe) de 08 e 05 anos. Só que não tenho "saco" com crianças e estou virando a madrasta má da histórica. Meu marido paga uma babá e duas empregadas para tirar o peso de mim senão estaria maluca; ou melhor daria no pé. Descobri que não sei cuidar de criança e pior que não gosto de me relacionar com elas ( Horrível isso!). Quero melhorar esse meu relacionamento com essas crianças! Por favor, indiquem-me alguma homeopatia para isso? Obrigada, Anna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anna, a gente precisa descobrir o porque das coisas:

      medo,
      insegurança,
      más lembranças do passado,
      sentimento de divisão,
      egoismo????

      enfim, alguma coisa acontece por trás da reação de não ter paciencia.
      Identifique pra nós e vamos atrás.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Eu diria que eu não nasci para ser mãe do filho dos outros. Não gosto de dividir. Sou egoísta.O q devo fazer? Obrigada, Anna

      Excluir
    3. Anna,

      vou te dar trabalho, mas leia:

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2012/12/tendencias-emocionais-do-individuo.html

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2012/01/tendencias-emocionais-do-individuoparte.html

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2012/01/tendencias-emocionais-do-individuoparte_31.html

      depois nos diga qual ou quais matérias se identificaram com você.
      É que as vezes e sob uma situação, colocamo-nos na berlinda e ela pode ser no fundo pontual apenas - ex. medo de perder.

      um abraço,

      a equipe.


      Excluir
  15. Oi, ouvi falar muito bem da ajuda que vocês prestam aqui e quero pedir também, pedir a ajuda da homeopatia, por favor?
    Sabem a máxima não deixe para amanhã o que você pode fazer agora. Pois, eu perco muito tempo na vida pensando, em vez de agir. Tenho uma sensação de tempo passando e escorrendo pelas minhas mãos enquanto eu não faço nada, fico me repetindo e não mudo. Mesmo quando eu quero, quando dou algum passo para mudar, logo a seguir desisto e não sei porquê. E eu digo muito isso para mim, digo que tenho que mudar, tenho essa sensação incômoda da vida escorrendo, do tempo passando, mas entra dia e sai dia e eu não mudo. Eu não sei mais o que fazer, eu preciso mudar, mas não consigo, nem sei como.
    Muito obrigada pela ajuda, Luzimar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luzimar,

      Pode ser muita coisa, mas vamos começar, depois avançamos.

      Argentrum nitricum,
      Gelsemium,
      Thuya
      Baryta carb

      Pense neles.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Achei bastante coisas de Gelsemium em mim. Muito obrigada, Luzimar

      Excluir
    3. Luzimar, Gelsemium é melhor em doses únicas.

      I dose única na ch 9 - depois de 15 dias na ch 13 e depois de 15 dias na ch 30.

      A noite e durante o dia, pense em vervaim e olive - 10 gts de cada vez.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  16. Olá, vivo presa a uma situação conjugal complicada, sou muito dependente e por mais que os próximos tentem me ajudar, não enxergo saída.
    Culpo muito os outros pela condição que me encontro agora, como se minhas escolhas tivessem sido tomadas sempre por uma pressão externa. Minha casa é bagunçada exatamente nas áreas que estão minhas coisas pessoais e eu só consigo manter arrumado e tinindo (sou perfeccionista) as áreas comuns e por mais que trabalhe muito não consigo por ordem nas coisas e me sinto cada vez mais presa e sem vontade de viver.

    Já tomei Aurum e Igantia Amara em diversos momentos, será que Hyosciamus e Sulphur ajudariam?

    Muito obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi;

      acho que não.

      Pense em sépia primeiro e thuya logo depois.
      Leia e pontuo o emocional.

      Tenha força, as coisas podem se resolver.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  17. Tenho 1,54 de altura e 62 quilos, mas a maior parte da minha gordura abdominal está no abdomem, tenho muita barriga. Tem personalidade que tenha esse imenso acúmulo de gordura no abdomem? Ou alguma homeopatia que sirva para isso? Obrigada, Gisela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gisela,

      As personalidades podem ser mais bem entendidas a partir do emocional; então vamos ler algumas e depois avalie se elas combinam com suas emoções.

      graphites,
      drósera,
      calcárea carbônica.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Respondi antes, mas não achei a resposta; deve ter extraído. Eu me vi em Graphites ( para a gordura abdominal ). Como uso? Obrigada, Gisele

      Excluir
    3. Gisele,

      Sugerimos que use na ch 5 - 10 gts antes das refeições (umas 2 horas antes). Provavelmente gosta muito de coisas com líquido e ou creme. Aproveite isso, especialmente depois das 19:00hs.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  18. Olá. Tenho um estado ansiosos-depressivo que me impede, desde a adolescência, de caminhar para um futuro, não consigo muitas vezes almejar-me num bom futuro, já que nada faço para isso e gostaria de pedir a ajuda da homeopatia para mudar.
    Na minha ansiedade sou inquieta, inibida, enervo-me, fugidia, oprimida, irritada, não consigo dormir (fico pensando na cama ou não tenho sono), procuro sempre uma saída (e nunca encontro), temo a morte, me sinto tensa, não consigo me concentrar, colérica, suporto mal os outros, não consigo fazer nada, vejo perigo em tudo, tenho muita diarréia.
    E na minha depressão, sou desanimada, desligada, inativa, imóvel, acordo muito tarde (adoro ficar na cama), me sinto vazia, tenho resfriados (rinite, sinusite, etc).
    Agradeço muito a atenção e ajuda, Cleonice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cleonice,

      leia:
      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2011/06/as-25-personalidades-homeopaticas-mais.html (aqui entenderá as variáveis)

      Leia também sobre aconitum napellus e identifique o que tem em comum com ele.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Tenho muito de aconitum napellus. Vou ler os outros. Grata, Cleonice

      Excluir
  19. Boa noite, muito bom este site. Preciso de uma ajuda, estou na menopausa, tenho ondas de calor fortes e quando isso acontece tenho mal estar e uma vontade de morrer, depois passa. Me sinto muito mal com este calorão, é insuportável. Existe algum floral p/ acabar com as ondas de calor?
    Obrigado. Angela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Angela, leia sobre Aurum met na homeopatia.

      Veja seus exames hormonais e procure recue remedy - original/ 2 gts sublingual logo pela manhã.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir

Postar um comentário

A ÚNICA CONDUTA ACEITA PARA COMENTAR É A GENTILEZA.

Postagens mais visitadas deste blog

LYCOPODIUM CLAVATUM

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO