A FITOTERAPIA BRASILEIRA USADA NA MTC - ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE O USO DA FITOTERAPIA BRASILEIRA DENTRO DA MTC



A FITOTERAPIA BRASILEIRA USADA NA MTC

Shen é espírito na MTC, vejam o quanto a paz de espírito e seu equilíbrio são importantes dentro dessa medicina milenar. Suavizar esses caminhos representa compreender que para além do desconforto físico, existe a estrutura pessoal, que corre todos os dias e as vezes se paralisa diante das situações.
Essas são plantas e ervas que ajudam no dia a dia, segundo a natureza que possuem – uma visão específica da MTC.

Usando uma releitura de alguns estudiosos e da prática diária, separei algumas das mais conhecidas e fáceis de achar, assim seu uso pode ser mais tranquilo em relação ao desequilíbrio apresentado.

Matéria cedida por Elisa Costa



Camomila ( matricaria chamomilla )

É doce, neutra e morna, penetra nos meridianos do Fígado e do Baço. Ela acalma o corpo. Na MTC: Limpa o vento e a umidade, descongestiona o corpo eliminando a mucosidade. É comumente usada para dor de cabeça, estresse, insônia e cólicas.


Capim -limão ou Erva-cidreira ( cymbopogon citratus )

É picante e morna também, age nos meridianos do Pulmão e do Estomago; porque dispersa o vento e vento-frio, ajuda na tonificação da energia do Pulmão, direciona e leva a energia para baixo. Aquece o aparelho digestivo e acalma o Shen ( espírito ).
suas principais indicação são para a insônia, ansiedade, palpitações, cefaleia e resfriados.

Flor-de-Lótus ( Nelumbo nucifera )

Essa flor é neutra e doce, penetra nos meridianos do Coração, Baço e Rim.
Na MTC ela diminui o fogo do Coração, acalma o Shen ( espirito ). O meridiano do Rim agradece esse carinho, pois a flor de lótus, retira esse calor nocivo e ajuda a limpar a transmissão.
Seu uso: insônia, irritabilidade, confusão mental, mania. Em forma de xarope, combate as crises de asma, a tosse e a febre das doenças respiratórias.


Hipérico (Hypericum perforatum)

Sua ação na MTC é de bem estar geral, por isso ela entra com força total na ajuda aos dois grandes vasos: o vaso Governador e o Vaso Concepção.  Conhecida por clarear o espírito e fazer com que a circulação da energia se faça em todo corpo.
Comumente adaptada para combater a insônia, depressão, disritmia, o nervoso e suas complicações no estômago e a diarreia. Por cuidar muito dos nervos e músculos, é uma grande amiga do Meridiano do Fígado.


Lírio ( Lilium Candidum )

Seu gosto é amargo, doce e frio, penetra nos meridianos do Pulmão e Coração de forma rápida e suave.
Sua ação na MTC é umedecer o Pulmão, retira e diminui o Catarro e portanto circula e produz  o Calor, desta forma suaviza e a mente.
Comumente usada na febre, irritabilidade, dor na garganta, tosse com e sem catarro.

Lúpulo ( Humulus lupulus )

É amarga, sensação de ser gelada, penetra nos meridianos do Pulmão, Rim e Estomago.
Na MTC ela fortalece o Estômago, acalma o espírito, melhora o sistema urinário e alivia a pressão do corpo.
Seu uso é tradicional para combater a taquicardia, insônia e ansiedade, anorexia, dispepsia.

Macela ou Marcela ( achyrocline satureoides )

Sua natureza é amarga e neutra, percorre os meridianos do Intestino Grosso e Baço e dispersa a umidade ( um claro exemplo disso é o catarro ), no Baço sua função é tonificar.
-uso: cólicas, diarréia, ansiedade, tensão, dor e espasmo muscular, ajuda nas alergias respiratórias e colites, efeitos como: diminuir gases e melhorar a digestão são conhecidos popularmente, ajuda muito nas dores articulares, por esse motivo, muitos idosos veem na Macela uma opção diária de alívio.
.

Maracuja ( Passiflora edulis )
Ela possui a sua natureza bem ampla: é refrescante, doce e azeda ao mesmo tempo.
Na MTC ela também possui a ação de descongestionar, pois limpa o catarro e acalma mente, dando tranquilidade e clareza nos pensamentos, tanto no popular quanto na aplicabilidade oferecida por profissionais, ela atua com sucesso no controle da ansiedade, estresse, nevralgia, cólicas menstruais , dores articulares e cefaleia, insônia e irritabilidade na menopausa.


Melissa ( Melissa officinalis )

Suas características são: doce e refrescante.
Na MTC ela circula a energia do Fígado – o grande general, tonifica e limpa o sangue, acalma o Shen, pois o aquecimento do corpo cede e a harmonia é mais bem distribuída.
Seu uso na insônia, depressão e irritabilidade, são bem conhecidas. Também se usa a Melissa para tratar palpitações, enxaquecas, cólicas intestinais, convulsões, nevralgias, problemas hepáticos e biliares e má circulação. O que pouca gente sabe é que se seu fígado não está com a energia limpa, seus músculos irão sofrer, então essa é uma boa dica para os atletas.


-Mulungu ( Erythrina mulungu )

Suas propriedades para a MTC são: gosto amargo, picante e refrescante e sua ação se dá na MTC, quando penetra nos meridianos do Fígado e do Baço, diminuindo o Catarro e acalmando o Shen. Assim sendo seu uso para combater a ansiedade, insônia, asma com muito catarro pode ser ajudada por mulungu no ponto em que possui aí uma ação diurética e expectorante, costuma ser usada como analgésica e antirreumática. Melhora de uma forma geral a atividade hepática – pena que é pouco usada para isso.

Sálvia ( Salvia officinalis )

Por ser picante, amarga e possuir ação refrescante, penetra nos meridianos do Coração, Fígado e Baço. Uma boa amiga na alimentação, podendo ser usada em saladas e assim preservar seu total valor.
É famosa por tonificar o sangue, harmonizar o Shen e o Coração.
Como produz bem estar, ajuda no combate a depressão, insônia, cólicas intestinais e menstruais, promove a circulação; especialmente a periférica, ajuda nas gastralgias, amigo da mulher em fase de menopausa, calores e irritabilidade.


Valeriana ( Valeriana officinalis )

Essa velha conhecida é amarga, picante e morna, penetra nos meridianos do Coração, do Baço e do Fígado.
Dentro da MTC ela melhora a circulação de energia, dispersa o frio, tonifica o sangue e o Baço, acalma o espírito. É uma referencia clássica.
Do seu uso: ansiedade, taquicardia, distúrbios da menopausa, dores de cabeça tensionais, cólicas intestinais, dores musculares por nervoso, epilepsia, colite, prurido cutâneo, fadiga e estafa, dermatoses variadas e torcicolo por tensão. Por ser picante, ajuda nas congestões nasais onde a pessoa fica extremamente irritada e nervosa.

Ainda possuem outras de grande importância como o aniz estrelado, o alecrim a espinheira santa e o mastruz, a tanchagem e o funcho, mas falta estudo, pelo ao menos na sua aplicabilidade.

Sabemos que o alecrim refrigera o meridiano do coração, acalma o meridiano da bexiga e tonifica o meridiano do rim.
A tanchagem possui um efeito fantástico no vaso governador, ajudando muito na circulação cerebral. Enfim, com a vasta possibilidade de aplicabilidade que temos no Brasil das plantas medicinais em uso dentro da MTC, isso ainda dará muitos estudos.

Homeopatas dos Pés Descalços