Pular para o conteúdo principal

GERANIUM MACULATUM – Gerânio


GERANIUM MACULATUM – Gerânio



A PEQUENA NOTÁVEL
PERSONALIDADE HOMEOPATICA


E quem não conhece? Normalmente usado em tintura e com poucos dados compilados na literatura, o Gerânium Maculatum é pra nós um braço, um trecho de personalidade.
Os Índios nativos americanos costumavam usar o geranium para estancar sangramentos, são adstringentes, antivirótico, hemostático e vulnerário. Por esse motivo toda a sua fama em tratamentos de úlceras, internas e externas. O uso dessa planta para espantar mosquitos é considerado seguro e o fato de atrair borboletas é até tema de lenda. Resumindo: sangramentos, hemorróidas e feridas, erupções cutâneas, dores de garganta e fraturas.
Lindas, meigas e delicadas são suas flores, entretanto de um gosto apertado e acentuado permanece.

São comuns as habituais dores de cabeça, a quantidade de muco dispensado, seja pulmonar, gástrico ou nas diarréias e nenhuma dessas três atividades é um mistério para o Geranium. Daí a fama de tratar as gastrites catarrais abundantes. As hemorragias pós partum fizeram sua fama no meio de muitas mulheres e no tratamento dos vômitos com sangue.

O verão não é agradável, claro, é notório sua relação com o calor do sangue, ligado a hemorragias, o calor que as hemorróidas encerram e as úlceras. Suas pupilas são dilatadas e a vertigem acompanha  a vista dupla – diplopia.

 
Um bom ponto a se observar é a ponta da língua quente/ardente e detalhadamente vermelha. A faringite é uma eleição. Na menstruação dolorosa e abundante ela também é usada. Sua fama é tanta que na Rússia é largamente usada para tratar metrorragia e menorragia, devido ao seu poder homeostático.

Com ela tratamos o que não podemos ver, as feridas que estão por dentro do corpo e podem nos levar a óbito. Pequena e forte, eis o seu legado. Seu gosto forte e marcante, deve ser levado em conta na utilização das doses. Normalmente utilizado na 3ª e isso ainda é até hoje uma regra geral.

Hydrastis, Cinchona e Sabina são medicações que devem ser comparadas.

 
Existem algumas observações que devemos fazer e que nos causam curiosidade: os desejos de Geranium Maculatum são bons, ela trata dos violentes episódios, mas é calmo, nem destrutivo, nem nocivo; costuma se aplicar aos idosos que vivem com constante pigarro e sempre tem que cuspir; no uso da tintura local, sua ação é de destruir a membrana piogênica (o acúmulo localizado de pus num tecido, formando uma cavidade delimitada por uma membrana de tecido inflamatório (membrana piogénica).
Taylor, Kent, Nilo Cairo/363, Boerix.


Homeopatas dos pés descalços

Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…