Amigos do Blog

Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

MAGNÉSIA MURIÁTICA - (CLORETO DE MAGNÉSIO)


 O SOFRIMENTO DE UM PACIFICADOR
MAGNÉSIA MURIÁTICA – (CLORETO DE MAGNÉSIO)



 Cloreto de Magnésio.

Conhecido como um dos maiores antipsóricos da matéria médica seus maiores pontos chaves são: Controle, Imaginação, sensibilidade e Nostalgia, se juntar tudo isso chegamos a Magnésia Muriática. A ansiedade dessa personalidade acontece depois que ela fecha os olhos para dormir (fala e gesticula ansiosamente enquanto dorme) e nem pense em insônia, porque não é, assim que ela termina de comer, com febre e sensações de estar adoecendo por causa da comida e 2 a 3 dias antes e depois do período menstrual.

Ruídos e vozes, murmúrios e sustos. Essa personalidade é facilmente sensibilizada por essas condições. Assim sendo o estado de angústia que ela acorda após um pesadelo é de dar dó.


Não gosta de conversar, prefere estar só e tem o choro fácil e a nostalgia bem presente. A maior dúvida e sentimento que tem é a de não saber nada da sua gestação, de como foi, se sofreu, como era... Seu medo é de achar que alguém ou alguma coisa está atrás dele ou acabou de morrer bem atrás dos seus passos.
No fundo a Magnésia Muriática não digere nem as coisa nem a vida. Disfarça e passa por cima até o adoecimento e de uma forma de tirar o chapéu, poucas medicações se dão a esse luxo. Talvez a toxidade de sua personalidade/estrutura física venha daí.

Virtudes na vida diária não faltam a essa Magnésia, luta contra a violência de forma bem marcada. Os outros há uma excelência em comportamento, mas ninguém vai conviver intimamente com ele. O medo da perda e a necessidade de se fechar são enormes. Cuida da resolução dos outros e, portanto é tido como pacificador, o grande conselheiro, o mediador das causas sensíveis e difíceis, aberto a ajudas e sempre buscando um trabalho conjunto e nem pense que ele não vem trabalhando o seu próprio caminho, mas não se convence do seu crescimento pessoal, sempre falta algo, a nostalgia de um fato que não pode saber; que não lhe é possível saber.

O controle e a tolerância que essa medicação usa para com os outros e o trabalho, são igualmente depositadas internamente, ou seja, não há fígado que agüente. Esse órgão por sua vez, vem distribuir ao longo dos anos todas as doenças graves que afligem essa personalidade e em todas as abrangências.

Na medicina oriental o fígado é responsável pelos músculos e a dispersão da adrenalina – pense não dispersar essa supressão toda? Dores, dores, dores.

Assim corre para os doces e sente a necessidade da fruta para aliviar os ácidos que produz. A vontade de estar livre de tudo e de pensar sobre tudo é tão grande que se estiver nevando, ele põe o casaco e vai dar uma voltinha. Tudo ao ar livre melhora.
Adoecendo com o passar do tempo a expressão de azedo toma conta das usas ações e da sua fisionomia, o medo de perder, a insatisfação, a falta de vida emocional e a constante necessidade de se fechar, acaba por dominar e adoecer a Magnésia Muriática ao longo dos anos e muito dificilmente verá isso. Eis uma medicação de difícil ajuda e ajuste do remédio. A sua vida é difícil, não consegue achar os suportes que oferece aos outros. A sua crise histérica com choro compulsivo chega quando já está pra lá de insuportável e ainda é capaz de sentir uma enorme raiva se mantendo com o semblante de calma profunda.

Seu senso de dever ultrapassa o que normalmente conhecemos e a sua sensibilidade emocional para tudo também.

Nas mulheres as regras com coágulos e sangue negro são comuns, seguem-se transtornos uterinos. De forma geral sendo o fígado seu órgão de eleição, a icterícia, a psoríase, as dores nas costas e no corpo como se tivessem levado uma surra fazem parte da sua vida.
Quando a ansiedade não encontra saída explode em erupções. Para essa medicação todos os problemas dos outros tem solução e mesmo que não fuja dos seus próprios problemas, ele não encontra saída, imerso em si mesmo.

Algumas considerações devem ser relatadas aqui, a Magnésia Muriática ou cloreto de magnésia também está na lista dos melhores remédios para o tratamento de pólipos e verrugas, além de Thuya, provavelmente é a medicação que mais se é aplicada para esses casos.


Outras indicações úteis ficam a cargo de algumas reclamações específicas e indicações de deficiências já estabelecidas como:

1. Bulimia;
2. Grande e devastadora fome sem que se possa saber ao certo o que se deseja comer – ligado diretamente ao alto grau de ansiedade;
3. Urticária que se apresenta apenas a beira mar;
4. Maus efeitos de banhos de mar – passa mal, pois o relaxamento normal das pessoas diante do mar e da água salgada não ocorre;
5. Total falta de sensibilidade da bexiga e da uretra, sendo que se a pessoa não ver a urina sair, não poderá dizer que urinou, ela não sente nada;
6. A hipertrofia do fígado em crianças e a congestão hepática em adultos com a língua amarela são indicativos altos do uso da Magnésia Muriática.

Indicações homeopáticas como: Lycopodium, Belladonna, Nux Vômica, Pulsatilla, Sépia e Natrum Muriaticum devem ser observadas com cuidado, pois apresentam semelhanças no diagnóstico diferencial, além de servirem como complemento da própria Magnésia Muriática.

Homeopatas dos Pés Descalços
(lembre-se de consultar o seu Homeopata)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica