Pular para o conteúdo principal

SABADILLA – UM JEITO SURREAL DE SE VER.


 SABADILLA E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA.


O que de mais típico em Sabadilla é a clássica dor de cabeça e a insônia de quem não dorme por pensar demais. Os pensamentos são sua tábua de salvação e o seu maior problema, ou seja, a sua fonte de adoecimento.

É claro que de forma desordenada, essa personalidade acaba por modificar seus pensamentos em traduções extremamente errôneas de si mesmo. Tudo começa com dois fatores já bastante conhecidos: opressão e monotonia.


Acredita fielmente que está grávida, sabe com exatidão que está doente e qual a doença que tem, confunde as noções básicas de si mesmo, provocando ilusões, delírios, alucinação, delírios sobre o próprio corpo, ilusões sobre si mesmo, idéias erradas sobre seu estado de saúde e sobre seu próprio corpo.

Se tiver flatulência – o que acontece muito com Sabadilla, ela terá certeza de uma gravidez. Não domina as expressões do próprio corpo. Caso tenha febre, virá acompanhada de delírios. Caos sofra de angina, dirá com perfeita convicção que seu corpo é diferente, um lado maior que o outro. Que seu estômago corroeu o escroto. Que sua barriga é igual aos dos mortos. Que terá uma doença fatal na garganta.
A sua auto percepção é muito errada, mas essa conjecturas não passam de si mesmas, não as faz com os outros.
É muito comum que essa personalidade seja afetada por febres repentinas e sudoreses estranhas, o nervoso faz isso. Tímido, histérico e nervoso.
Qualquer barulho o assusta e já pensa no pior. A ansiedade produz um desconforto enorme, fazendo com que aja aceleramento cardíaco e retenção. Tudo é uma dificuldade, portanto fica difícil conviver com outras pessoas.


As dores de cabeça são sempre seguidas de nervoso ou provocadas por ele. Por um susto, uma impressão, um “achar” que não está bem. Após um susto, prepare-se, logo chega a histeria.
Costuma relatar experiências surreais com o próprio corpo.
Nos homens apresenta o escroto caído e nas mulheres as crises histéricas no período menstrual. O abdômen caído é uma observação bastante visível, talvez pela postura arriada, causada pela timidez.
É bastante observada em seu uso, quando se refere a febre do feno e a influenza – espirros violentos e repetidos, dores de cabeça frontal, febre e tremores com alucinações. Possui um doce adocicado na boca. 
A cor das extremidades, provavelmente pelo nervoso são frias e azuladas.  As unhas são azuladas. Vômito em jato e a sensação de que está nevando no estômago são próprios dessa personalidade. Quanto a garganta, parece que sempre em alguma coisa a mais para engolir, por isso a preferência por líquidos quentes.
O desejo sexual aumentado e o prurido no reto e anús são comuns.
Entretanto, chamá-la de: a medicação das  moléstias imaginárias, acerta em cheio na sua maior propriedade, pensamento, opressão e monotonia.
Sabadilla também é conhecida por Veratrum Officinale e Sevadilha.

Homeopatas dos Pés Descalços

Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…