Amigos do Blog

Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 6 de setembro de 2011

CASTANEA VESCA – CASTANHEIRA

CASTANEA VESCA – CASTANHEIRA OU CASTANHA DA EUROPA.


Uma personalidade entre o limite e o sofrimento.   
Se perguntares:

Um desejo?

Respondo: gosto de bebidas quentes.

Vamos concordar; isso definitivamente não define ninguém. Entretanto é aqui que começamos a definir uma personalidade analisada por muitos e sob aspectos fantásticos.

Assim encontramos sua classificação:
É um dos melhores remédios para a coqueluche, especialmente no início, com violenta tosse seca, tosses irregulares. Usado como tintura ou em baixas competências. Suores profusos depois de beber. Ruídos no ventre, diarréia, urina espessa e melhora visível depois de evacuar.
Um remédio útil em tosse convulsa, especialmente na fase inicial, com seca, tosse toque, violenta, espasmódica. Com muita sede. Perda de apetite. Diarréia. Lumbago, pessoas fracas, dificilmente pode endireitar-se. 

O que nem todo mundo sabe e que também é uma excelente maneira de entender essa castanha, nos foi brindado pelo Dr. Bach – em seus estudos sobre os florais.


Essa medicação é oferecida na forma de tintura mãe, entretanto observe as reações e veja se encaixa em alguns dos florais. A risca que demarca esse limite físico e interno é o início da coqueluche. Eis uma medicação que de forma sutil, como o é pode ser de maior valia, sem causar danos.


Sweet Chestnut (FLORAIS DE BACH)


- O sofrimento em seu limite, o desespero, a falta de saída, de esperança e a solidão interior são o prenúncio de uma nova etapa da vida que é atingida mais facilmente quando tomamos Sweet Chestnut. Edward Bach descrevia este sofrimento como se a própria alma da pessoa estivesse sendo destruída.  


Aqui a ansiedade da personalidade comanda o tom e a esperança chega. É o anteceder de algo bom, provavelmente prestes a algo importante, mudança de emprego, casamento, concursos, grandes situações.

- E pelos Florais de Minas: Heliotropium (Heliotropium peruvianum / Heliotrópio). - Para quando o indivíduo pressente que não tem forças para resolver seus conflitos. Ele está no limite de sua resistência. Está desesperado. É um momento extremo na vida da pessoa. Para ele não há esperança e nem futuro. Ele se sente sozinho e isolado de todos. É um sofrimento interior que é agravado pelo fato da alma estar presa em valores, idéias e comportamentos que nada colaboram para a resolução do seu sofrimento.  
Já nos florais de minas não vemos saída, o sentimento de sofrimento perante situações de mudança são claros e inatingíveis. AQUI ESSE SENTIMENTO NÃO VEM DAS CASTANHAS, MAS SE SEGUEM NA MESMA DIREÇÃO.

Homeopatas dos Pés Descalços.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica