Pular para o conteúdo principal

AESCULUS HIPPOCASTANUM E A VIDA LEVADA MUITO A SÉRIO.

AESCULUS HIPPOCASTANUM

Castanha da Índia para os íntimos. Sua fama se estende por muitos países e sua ação realmente merece notoriedade. A Homeopatia vegetal tem se utilizado desse companheiro e não se queixa dos resultados. A curto, médio e longo prazo ele cumpre o seu papel, em pastas, cremes, Capsulas, tinturas, chá, extrato fluido e é claro, homeopaticamente falando. No caso da homeopatia essas doses se restringem a usos já documentados pelo Dr. Nilo Cairo, que coloca sua atuação na casa dos 3CH e 3 DH, 12 CH e 30 CH. No caso das tinturas vegetais as recomendações vão de 20 a 50 gts em 1 copo de água, 3x ao dia.

O porque da fama de Aesculus, pode ser muito bem entendida se compreendermos sua mais forte ação: reto e anus. Fissuras, hemorróidas, prisão de ventre e por aí vai. Compreenderam? É aí que entra nosso amigo e aqui pra nós, resolve muito. Sem que adentremos no mundo das prisões de ventre e etc, podemos dizer esse incômodo só quem teve ou tem sabe.

Nas congestões abdominais e nas dores sacro lombares, essa medicação também costuma ajudar.
Nas hemorróidas com sensação de plenitude e pulsação, as fezes doem e as vezes é comum ouvir que mais parecem lascas e ferpas. Aquelas que sangram, mas especialmente que se acentuam pelo inchaço e pela constipação do ventre sempre com muita dor. A sensação de calor, ressecamento e de reto inchado.

As fendas e rachaduras no anús, as irritações constantes com vermelhidão especialmente causadas por lombrigas podem ser atenuadas com Aesculus.
Sendo um medicamento natural, já saiu do desconhecimento de muitos médicos, isso fez com que seu uso seja hoje indicado em muitos casos de hemorróidas na sua forma inicial. 


Com as flores se costuma fazer um chá bastante usado para aliviar os males do fígado, especialmente quando estão ligados as tosses da laringite.

Com tudo isso, a Castanha da Índia ganhou fama no combate a varizes e dores nas pernas. 



Isso é real e realmente ajuda muito. O que costuma acontecer é que a maioria das pessoas reclama do seu uso contínuo, a dor no estômago é sua maior queixa. 
É simples, ele não faz mal algum se for administrado na forma homeopática ou de chás e extratos. Os comprimidos devem ser tomados perto de alguma refeição ou lanche.

No caso de hemorróidas, não deixe de procurar uma orientação adequada, as formas com que a natureza nos brinda podem e devem ser associadas a exames, isso evita muita complicação. No mais  cuida da postura e da alimentação.
As hemorróidas seguem as dificuldades prementes das pessoas extremamente responsáveis e com alguma dificuldade de resolver os problemas do dia a dia. Esse detalhe também deve estar associado a essa medicação. 
Uma boa alimentação sempre é bem vinda e muitas das vezes resolutiva nesses casos.
Homeopatas dos Pés Descalços
                                                                                                        

Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…