Pular para o conteúdo principal

International Roma Day e a Medicina dos Simples

GIPSY FACE

Os povos nômades, em suas caminhadas descobriram o que podiam aproveitar e o que teria de ser descartado. As verduras sempre foram muito respeitadas, legumes e o que muitos chamam de mato também. As senhoras mais velhas sempre conseguiram ajudar os seus com esse tipo de medicação – quando o corpo está limpo, a cabeça fica clara e consegue pensar melhor, dizia a pury kalinka. Assim acontece com o preconceito, quando limpamos essa mancha, podemos respirar melhor e clarear os nossos olhos. Isso se chama respeito.


Assim foi feito e é até hoje. Muito se tem obtido de contribuição desse povo na descoberta de novas medicações.

 GIPSY KINGS - GHET TOGRAFHIK PORTRAI-TS 02

Em 8 de Abril se comemora o International Roma Day, uma ocasião que pretende dar visibilidade à presença das comunidades Romani em todo o mundo. Nesta data, a bandeira e o hino cigano foram oficializados (A União Romani Internacional foi fundada, a bandeira cigana foi aceito e a canção "gelem, gelem", composta por Jarko Jovanovic foi adotada como um hino). Isso aconteceu no primeiro Congresso Mundial Roma/Cigano que teve lugar em Londres em 1971(Orpington, perto de Londres, em abril de 1971), sendo hoje comemorado em mais de 40 países. Ocasião essa, que visa o reconhecimento internacional dos Ciganos/Roma, da sua história, língua e cultura.
Apesar de serem a maior minoria da Europa, os ciganos foram mudos durante séculos.

Como povo/etnia e como cultura, os ciganos foram e continuam a ser deturpados, mistificado, estereotipado, feito de bode expiatório e perseguidos. 


HOLOCAUSTO CIGANO - PORAJMOS - FAM. MARCOVICH



"Quando o grande inverno chegar,
Como as ciganas farão com suas pequenas crianças?
Onde irão encontrar agasalhos?
Tudo está em trapos.
Só se deseja morrer.
Ninguém sabe, apenas o céu.
Apenas o rio ouviu nosso lamento.
Quais olhos nos vêem como inimigos?
Quais lábios nos amaldiçoam?
Não os ouça, Deus.
Ouça-nos !"
(trecho de "Lágrimas de sangue", escrito entre 1943 e 1944)

Bronislawa Wajs (1908 – 1987) – Papusza.


O PROJETO "HOMEOPATAS DOS PÉS DESCALÇOS", AGRADECE A ESSE POVO QUE MUITO CONTRIBUIU E CONTRIBUI PARA A UTILIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS NATURAIS, NA PROMOÇÃO DA SAÚDE, EM PAÍSES E ESTADOS, ONDE A MEDICAÇÃO É ESCASSA E A POBREZA ABUNDANTE.

Sucos de clorofila

1 talo de agrião
1 talo de salsão
1 colher de sopa de salsinha
1 copo de água-de-coco ou água mineral
1 maçã

Modo de preparo: bater todos os ingredientes no liquidificador.
Dose recomendada: tomar duas vezes por dia, de manhã cedo, em jejum e à noite.

Suco de clorofila

5g de brotos de alfafa
5g de dente-de-leão
5g de agrião
5g de tanchagem
5g de couve
1 copo de água-de-coco ou água mineral.

Modo de preparo: bater no liquidificador todos os ingredientes. Coar.
Dose recomendada: duas vezes ao dia, após as refeições principais.

Salsinha e o salsão: os dois desintoxicam, seus princípios ativos servem para limpar as glândulas linfáticas e limpar o sangue grosso.
A maçã que contêm pectina e fibras ajudam a limpar o corpo de metais pesados.

Agrião: possui clorofila e sais minerais como cálcio, fósforo, enxofre e ferro, por isso limpam o sangue. Faça uma dieta de hortaliças cruas durante uns 3 dias. Os sucos verdes frescos são excelentes para depurar o sangue e fortalecer o sistema imunológico.


DESVALESSA

A DISCRIMINAÇÃO, O ÓDIO, A MISÉRIA, A INTOLERÂNCIA, A FOME E O RACISMO NÃO PODEM SER A HERANÇA DE UM POVO.

HOMEOPATAS DOS PÉS DESCALÇOS
PORQUE POBREZA É FICAR INDIFERENTE
A EQUIPE
AMSK/BRASIL

Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…