RHUS TOX. UM AMIGO DOSE DUPLA

RHUS TOX.
(toxicodendron)
PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA 

Rhux toxicodendron
 
O estado psicológico, mental e emocional do Rhux Tox nos lembra uma pirâmide invertida em seus valores mais básicos. RHUS TOX. Faz parte da chamada Botica de emergência.

Isso na prática significa que temos muito pouco material mental a ser analisado e bastante fácil de ser confundido com outras personalidades. 

São endurecidos e com idéias fixas, Ansiedade que leva ao suicídio, não quer viver. Embotamento cerebral. Depressivo á noite. Extremamente impaciente. Ausência de pensamentos.
Distúrbios do comportamento com irritabilidade e ansiedades, Inquietude e ansiedade mental ao anoitecer, é Lento, Tímido e severo.  Supersticiosos.
Fala dormindo e seu sono não é reparador.
“Ele quer controlar tudo e todos”, minucioso com horários e também acaba sendo Supersticioso e ritualístico. Pode ser classificado como compulsivo por trabalho, é incansável, não descansa. 

Tímido e severo, ainda que vivaz, ele não fala muito dele, não tem tempo e não fica parado para falar, tudo parado piora muito, inclusive a depressão, a ansiedade e a inquietação.
Dessa forma segue Rhux Tox. Se arrastando lentamente, tudo é ruim e sua inquietude é tão profunda que até no sonho ele tenta trabalhar, lutar com dificuldade, e sempre com grandes esforços físicos, isso resulta em acordar extremamente dolorido.

Como o envenenamento é uma das primícias dessa planta, a personalidade Rhux Tox, morre de medo de envenenado.

Rhux tox. chora, mais não sabe dizer por que, sua tristeza é quase absoluta no início das crises, entretanto essa é uma personalidade muito triste.
Da sexta a trigésima potencia de CH no uso convencional e corriqueiro do tratamento. O uso das 200 CH e subindo se usa em caso de intoxicação com a planta. Note que a intoxicação pela planta é bastante comum e basta ter esse dado sempre à mão.

Rhux Tox tem medo de morrer ou ser envenenado. Segundo Vithoukas (pag. 184) “Em Essências da Matéria Médica”, pessoas assim sofrem muito com a artrite e acabam por apresentarem poucos distúrbios mentais ou emocionais.

Suas medicações complementares são: Bell, Bov, Bry, Calc, Calc-f, Caust, Lyc, Mag-c, Med Phos, Phyt, Puls, Sulph, Tub. Belladonna também intoxica e envenena, Tuberculino sofre com a tristeza, Causticum é extremamente rígido, Sulphor e suas erupções específicas e assim por diante, essa são matérias que ajudam a personalidade de Rhux Tox a se levantar, entretanto podemos ter pequenos alívios com elas e não chegarmos nunca a personalidade dessa medicação. 

É nessa hora que devemos observar Rhux Tox de forma atenta: personalidade ou intoxicação?

Personalidades diversas podem ser intoxicadas e sentirão o endurecimento corpóreo assim como as dores físicas, mais não irão transpirar no corpo e não na cabeça, não terão medo de serem envenenados, não dirão, sempre me sinto assim, nunca paro pra descansar, eles dirão, estou inquieta, não paro pra nada e nunca fui assim.

Quando ocorre o envenenamento por contato, o corpo e a mente respondem imediatamente. O sentimento de estarem amarrados e presos, “como que impedidos de se moverem”, reflete diretamente na lentidão dolorida e difícil com rigidez de movimentos.  No caso de envenenamento é óbvio que não há a identificação da personalidade, é um caso claro que medicação que atende a uma enfermidade física pontuada e precisa. Entretanto a observação psicológica não deve ser descartada, pois existe a possibilidade de suicídio.
Suas principais deficiências físicas são bem marcantes e bastante pontuadas.


          Artrite (seu maior indicativo), Tendinites, lombalgia e Ciatalgia Bursite e Neuvragia facial.
          Reumatismo, Hipertrofia Cardíaca, Parkinson
          Erupções, Vesículas, Varíola, Herpes - As erupções são vesiculosas e com pus.
          Coréa, Paralisia dos membros inferiores, rouquidão.
Toda essa temática se esclarece pelo simples fato da PIORA e da MELHORA, abaixo relacionadas. Mais uma vez é o caso da observação e como a personalidade Rhux Tox é ao mesmo tempo geral nos dias de hoje, ela é específica no sofrimento em meio à crise.

MELHORA geral
*Pelo movimento, *pelo calor seco, *pelo banho quente, * com bebidas quentes, * às vezes falando, *pelo tempo seco.

PIORA geral
*Pelo descanso, *Por grandes exercícios,  *Pelo frio, *pelo frio e úmido,* pelo vento,*por tempestade, *ao anoitecer, *por locomoção, * bebidas frias, *Piora por erupções suprimidas. 

Como a dor física é intensa, algumas áreas são mais afetadas fisicamente, é o caso do DORSO e do pescoço:

- Dor e endurecimento:
  Piora por grandes esforços, Pelo descanso ao começar o movimento, Por corrente de ar, Por tempo frio e/ou úmido. Melhora pela locomoção, Pelo calor, Por massagem e por grande pressão.
- Necessita mover e massagear o pescoço e massageia o mesmo o tempo todo. Nesses casos é comum a contratura muscular e o endurecimento do pescoço.

Outro fator restritivo na investigação dessa medicação e a TRANSPIRAÇÃO. Ela ocorre em todo o corpo, menos na cabeça e essa acaba sendo uma informação muito precisa para a identificação dessa personalidade em crise.
Independente de qualquer coisa a personalidade só é identificada em meio à crise ou no início dos sintomas de desconforto físico e mental e isso em todas as medicações. 

Em uma Homeopatia clínica encontramos sua indicação para: Grande aplicabilidade das moléstias articulares, reumatismos, artrites, artroses, etc. Dores que melhoram pelo movimento e pioram com o repouso e pelo frio ou umidade. Torcicolo e lumbago. Agitação física ou psíquica que melhora pelo movimento. Torceduras (também para uso externo) uso de pomadas. Envenenamento. Estupor com delírio. Remédio para vesículas, erisipela, herpes, pruridos, eczemas, urticária, eritema (rubor congestivo da pele que desaparece momentaneamente à pressão do dedo). Amigdalite com debilidade. Crostas na cabeça e inflamação dos olhos.
HOMEOPATAS DOS PÉS DESCALÇOS

Comentários

  1. Geny Pereira Lopes27 de janeiro de 2012 08:32

    Parabéns pela forma como são descrito os medicamentos. Uma linguagem clara, de inclusão.

    ResponderExcluir
  2. Essa acaba sendo a forma mais direta que encontramos para levar conhecimento e homeopatia para pessoas leigas. Obrigada pela presença.

    um abraço,

    a equipe.

    ResponderExcluir
  3. Excelente!!! Esclarecedor muito bommesmo

    ResponderExcluir
  4. se a homeopoatia não fosse científica, seria simplesmente mágica!
    Abraço a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda acreditamos que seja magia ... e prática, real e muito bela.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  5. Parabéns pelo site.
    Por favor me tirem uma duvida , meu remédio de fundo é nux v. Posso fazer isso do rhus tox pra problemas físicos como t

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cláudia, leia primeiro sobre ele, mas nux vômica tem por complementares: Nux vômica - Bry, Calc, Cham, Con, Kali-c, Phos, Puls, Sep, Sulphor. No caso de Nux Vômica seus complementares são muito usados.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  6. Descobri o site há pouco tempo e consulto bastante, os comentários são muito interessantes. Gostaria de saber qual seria a indicação para o período da menopausa, principalmente , os calores desta fase.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia:

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2011/05/enfrente-menopausa-sem-medo-de-ser.html

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2010/10/menopausa.html

      verifique o que combina com a sua parte emocional.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  7. Posso tratar de faringite fazendo uso de rhus tox ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carlos,

      As indicações físicas do Rhus Tox mais próximas do que deseja são:
      LARINGE:
      - Rouquidão:
      Por forçar a voz,
      Algumas vezes melhora falando.

      RESPIRAÇÃO:
      - Asmática,
      Piora por erupções suprimidas.

      TOSSE:
      - Agravamento:
      Pelo frio,
      Pelo tempo úmido,
      Por descobrir uma parte do corpo,
      Pelo vento.
      - Melhora com bebidas quentes.

      EXPECTORAÇÃO:
      - Hemoptise por excesso de exercício.

      TORAX:
      - Bronquite,
      - Pneumonia com hemoptise.
      - Hipertrofia cardíaca por grandes exercícios.
      - Palpitações.
      - Angina com dor e dormência no braço esquerdo (Lat-m).

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir

Postar um comentário

A ÚNICA CONDUTA ACEITA PARA COMENTAR É A GENTILEZA.

Postagens mais visitadas deste blog

LYCOPODIUM CLAVATUM

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO