Amigos do Blog

Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

BOTICA HOMEOPÁTICA: SERVE PRA QUE?

PARTE 3
Aqui veremos as cólicas menstruais, as crises de asma, os cálculos renais, as náuseas, as queimaduras e insolações e o alcoolismo.

Alcoolismodoença para muitos, falta de vergonha para outros. O inconveniente dessa prática são as sérias conseqüências. Suicídios, atropelamentos com mortes, brigas familiares e outros tantos, colocam o alcoolismo na lista negra das férias, feriados e comemorações.

Arsenicum álbum CH 6: ficar só? Nem pensar, ele precisa de companhia, até porque ocorre o desejo de morrer e a idéia de suicídio ronda sempre a cabeça. Grande ansiedade e irritabilidade com todos a sua volta.

Belladona CH 6: È o bêbado brigão, violento e cheio de alucinações visuais. Suas características físicas são: rosto vermelho, olhos arregalados e vermelhos, pupilas dilatadas e uma enorme força destrutiva.  

Lachesis CH 6: O ciúme toma conta do tema, das brigas, discursos apaixonados e sentimental. Se a roupa lhe apertar no pescoço, pode rasgá-la ou tirá-la em público sem o mínimo problema.

Nux vômica CH 6: É considerado na homeopatia o anti tóxico universal. Ele insulta e briga, sempre com violência. Sua confusão mental é notória, pois não sabe se mata alguém ou se suicida. Busca o sexo neste estado de embriaguês e após o desfecho ter acontecido com ou sem violência, apresenta insônia por tempo longo. Esse indivíduo tem baixa tolerância a bebida, mesmo com pouca dose, apresenta tais transtornos. 

Sulphuris acidum CH 6: Alcoolismo crônico, não consegue mais passar muito tempo sem a bebida. O suor e a confusão mental são abundantes. As dores de cabeça e as vertigens o acompanham, mesmo estando sentado e nos períodos sóbrios.

Cólicas renais – são contrações acompanhadas de forte dolorimento renal.

Belladona CH 6: Como tudo nessa medicação, as dores são violentas, intoleráveis, que vão e vem bruscamente. Ardente, cortante ou pulsante que se estendem até a bexiga. Não permite ser tocado ou examinado. Febre alta, rosto vermelho, pupilas dilatadas, pulsação por todo corpo com grande irritabilidade.

Cantharis CH 6: É a cólica provocada por cálculos, as dores são queimantes e cortantes. Nos homens a dor se estende ao pênis e aos testículos. Muito ardor ao urinar.

Lycopodium CH 6: Urina com areia avermelhada e muitos gazes. Sensação de inchaço corpóreo que o obriga a retirar as roupas. As dores predominam do lado direito entre 16 e 20 horas, são dores cortantes como de faca e que descem pelo canal.  Piora antes de urinar e melhora depois de urinar.

Parreira brava DH 1 ou Extrato fluido: São cólicas renais com grande irritação no canal antes ou depois de expelir os cálculos.  A cistite segue um  violento esforço para urinar e terrível ardência e queimor durante.

Berberis vulgaris CH 6: São as dores renais dilacerantes, prolongam- se até a bexiga, e mesmo uretra, testículos, vagina e pernas. É notória a observação da dor intensa nos quadris.

Dismenorréiamenstruação dolorosa e difícil.

Belladona CH 6: As dores são repentinas, pioram por qualquer movimento e por caminhar. Coloca as mãos sobre o ventre. Face vermelha, pulsações, olhos arregalados com as pupilas dilatadas.

Chamomila CH 6: Dores curtas e rápidas durante a menstruação, tipo cãibras e como dores de parto, que se agrava quando irritada. Sensível a dor, grita, fica inquieta, violenta e impaciente. Não tolera nada de ninguém.

Colocynthis CH 6: As dores melhoram por flexionar- se por fazer forte pressão. Agrava por raiva, indignação e mortificação. Tem a tendência ao choro sensível, tudo ofende.

Pulsatilla CH 5: Dores antes e durante a menstruação, grita e chora. São dores quentes e melhoram por compressas frias no local. Quer estar em locais ventilados ou fora de casa, precisa de vento, de ar. Costuma ocorrer desmaios provocados pela dor.

Magnésia Phosphorica CH 5: Dores do tipo cãibras, vão e voltam e são piores do lado direito. A melhora se dá por calor no local – compressa quente ou bolsa de água ou dobrando- se.

Viburnum opulus CH 7: Dor forte vindo do abdômen ou das costas em direção as coxas.pode ser confundido com dores renais, entretanto as coxas tem um dolorimento de machucado
.
Náuseas, Enjôos e vômitos – para quem viaja é um pesadelo, além de ser extremamente desagradável para qualquer um.

Cocculus CH 6: Eis o mais famoso, ele está presente no tratamento para todos os tipos de locomoção. Seja por andar de barco, de trem, de automóvel, de avião, sempre existem as náuseas e vómitos. Pode produzir tonteira apenas pela visualização de um barco em movimento, por exemplo.

Lycopodium CH 6:  Náuseas (sem vómito) pelo movimento em veículos e embarcações. Deve afrouxar a roupa para respirar melhor. Costuma ter gases estomacais e ou intestinais e grande ansiedade.

Tabacum CH 6:  É o preferido dos marinheiros , mais pode servir para carros e aviões. Palidez da face, suores frios, extremidades geladas. Náuseas seguidas de desmaios. O indivíduo apresenta dor de cabeça e tontura constante, principalmente se abrir os olhos e olhar pra cima. Sempre melhora quando vomita.
 
Asma – no caso agudo. Existem ataques de asma que determinam óbito, portanto a homeopatia preventiva no caso de uma emergência deverá ser utilizada até o atendimento adequado.

Arsenicum álbum CH 6: Sempre que a crise se instala, existe uma agitação e inquietude, seguida de medo de morrer. Horário de agravação da meia-noite às 2 horas da manhã. Não suporta ficar na cama.

Ipeca CH 6: A crise da asma piora pelo movimento e existe a vontade de permanecer quieto. Ela é progressiva e crescente. Se manifesta com tosse violenta, sufocante e  náusea.

Kali carbonicum CH 6: Existe uma falta de ar violenta, que surge às 2 – 3 horas da manhã. O paciente não consegue se mover e melhora sentado, se inclinado para frente.  Costuma apoiar as mãos nos joelhos para tossir e escarra uma secreção cinza.

Insolação: o descuido pode ser fatal.

Apis CH 6: È considerado o principal medicamento para o tratamento da insolação. As dores são ardentes e queimantes, como se estivesse em brasa. Melhora pelo frio local e o movimento.

Belladona CH 6: Parece que o sol do mundo fosse parar na sua cabeça. Muita dor de cabeça com palpitações por todo o corpo. Febre alta com pele quente e seca, face vermelha, pupilas dilatadas, olhar brilhante e fixo. Podem ocorrer convulsões e delírios.

Gelsemium CH 6: Aqui ocorre a sensação de peso e cefaléia intensa, especialmente nos olhos. Visão turva, dupla, embaçada. Náuseas e vómitos, prostração e tremores. A febre costuma ser alta, mais não apresenta sede.

Queimaduras. (uso interno)

Arsenicum álbum CH 6: Este medicamento é sinônimo de queimaduras de todos os graus, dentro da homeopatia. A dor é queimante, ardente e costuma melhorar com os locais não frios. O indivíduo mentalmente apresenta ansiedade e tem morrer. Existe uma grande prostração e o desejo de companhia.

Calêndula CH 6: Excelente para queimaduras internas, elimina a dor e a supuração que geralmente se segue, acelera e promove a cicatrização naturalmente.

Cantharis CH 6: Deve ser utilizado em queimaduras mais leves (até 2 grau ), aquelas que pegam todo mundo se surpresa e não apresentam sinais específicos. 
 HOMEOPATAS DOS PÉS DESCALÇOS
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica