Pular para o conteúdo principal

LITÍASE RENAL OU PEDRA NOS RINS

PEDRA NOS RINS E A HOMEOPATIA VEGETAL

Grandes nomes como Max Tétau e Claude Bergeret por exemplo, souberam tratar desse tipo de problema muito bem. pequenos cuidados podem ser inseridos no dia a dia, entretanto quando as pedrinhas aparecem o cuidado deve ser levado a sério. Algumas vezes a cirurgia não deve ser evitada. 

As plantas medicinais tem dado uma especial atenção através dos tempo no que diz respeito a solução desses problemas. Chás, tinturas e Homeopatia vegetal, essa pode ser uma boa solução, dependendo do tamanho das pedras.

Solidago T.M, Alecrim T.M ou chá tem se revelado com especial atenção nos pequenos ou micro calculos, aqueles que se forem tratados adequadamente são expulsos sem maiores problemas. Entretanto eles também ajudam a evitar a formação de novos. São de 50 a 100 gts em água por dia, durante 15 dias.

Quando se trata de reincidencia, ex. uratos repetitivo e fosfatos detectados no colo uterino ou mesmo para a eliminação de oxalatos reincidentes, acredita-se tomar o zelo de fazer uma estratégia para o dia a dia.

ÁGUA, sempre, ela por si só já resolveria muitos dos casos,
FRUTAS E SUCOS NATURAIS, isso é hábito, procure tê-los.

Esse tratamento requer de 2 a 3 meses:

UVA URSI - TM: 100 gts em 1 copo de água - após o café da manhã,
SOLIDAGO - TM: 100 gts a tarde em 1 copo de água,
QUEBRA - PEDRA - DH1 OU NA T.M - 5O gts em 1 copo de água, a noite, uma noite sim e outra não,
ALECRIM OU RUBIA NA T.M -  50 gts em 1 copo de água, a noite, uso alternado com o QUEBRA PEDRA.

Este tratamento serve para limpar as sujeiras renais. O acompanhamento do colo urinário irá permitir uma tranquilidade maior no tratamento.
Nunca trate deficiências do aparelho genito urinário sem se ater para os problemas emocionais.
Na Homeopatia clássica podemos achar um remédio eficaz e definitivo, que alinhe sua personalidade a sua deficiência, na Naturopatia também e na Medicina Oriental esse é sempre o caminho. Procure identificar o porque e achará a solução. Na maioria das vezes, e digo, quase 100% dos casos, eles são acompanhados de tristeza, desleixo consigo mesma, ansiedade e nostalgia.

Excessos e faltas geram desequilíbrio e esse são comuns no dia a dia. O que podemos fazer é ficar atentas a esses sinais do corpo e tratar com tranquilidade e a rápida observação dos problemas.

NUX VÔMICA, SALSAPARRILHA, LYCOPODIUM, DIGITALIS, SÉPHIA, essas vão depender de qual se encaixa melhor a sua personalidade, a sua mente, ao seu estado.

HOMEOPATAS DOS PÉS DESCALÇOS




Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…