Pular para o conteúdo principal

CAPSICUM ANNUM - QUANDO A DOR TEM CASA E COR

Capsicum annum




Capsicum
Em termos de tipologia, é próprio para pessoas gordas, fracas, acomodadas, indolentes, avessas ao exercício físico e por vezes ao asseio corporal, pensativas, desinteressadas, deprimidas e melancólicas. Mais indicado para pessoas claras e de olhos também claros. Sensação de aperto com ardor na garganta ou em qualquer mucosa, em especial na amigdalite aguda. A sensação de ardor de Capsicum é de queimação, como a provocada por pimenta. Usado contra a dispepsia ou acidez excessivas do estômago com forte queimação. Serve também para os distúrbios digestivos provocados pelo excesso de álcool, desde que exista a queimação característica. Otite média crônica, febres intermitentes, bronquite com emissões fétidas. Um dado importante na seleção deste remédio é a dor em partes distantes ao tossir (ouvidos, pernas, bexiga, abdome, etc.).


Mas sabemos que podemos tirar mais dessa medicação. Essa é uma personalidade que marca sua face, ela define realmente a tipologia. Como vistas, o nome vem da família dos pimentos e pimentões. A forma pode nos dar uma pista do que vem por aí.

Sua personalidade nos revela que:

·         Tem saudades de casa, com insônia e pode passar muito tempo recordando e falando de saudade.

·          É clara a disposição para suicídio, visto ser essa nostalgia muito clara, específica para si mesmo e de si mesmo. De sua casa e de suas coisas.

·         É apegado ao passado e sempre se coloca como aquela pessoa de sentimentos/sofrimentos nobres.

·         " Delirium tremens ", delírio alcoólico  e depressão andam juntas. Mas atenção, a sua nostalgia é daquelas que consomem, como em tuberculinum, ela se alimenta de si mesmo.

A impertinência pode entrar aí. Ofende-se facilmente, mesmo tendo a impertinência como traço forte e preferir o isolamento, ele pode recorrer a estimulantes.


Sua obesidade é bastante débil, lenta, dolorida e entristecida. Não há força de vontade.
Seu medo, como palavra chave pode ser confundido com Mercurius, mas basta prestar um pouco mais de atenção e verá que não é: Medo de meter-se em apuros, ser criticado/censurado, polícia (Merc).

Pimenta, álcool e café são seus preferidos, entretanto todos fazem muito mal a Herpes labial, as úlceras.


Kent e outros autores costumam fazer referencias específicas quanto ao órgão reprodutor masculino:

- Friagem no escroto, com impotência, mas ele reclama disso, fala desse frio e com isso não tem muito apetite sexual,

- Testículos atrofiados,

- Perda da sensibilidade nos testículos, com amolecimento e encolhimento.

- Gonorreia, com pênis semi-lunar (Chordee), ardendo muito, dor na próstata.

- Escroto frio pela manhã ao despertar.

Entretanto o medo do ar frio e da friagem, a dor e a tosse, podem ser sinais claros de problemas a vista. Assim a tosse é profunda, forte e acentuada, mas são nos seus reflexos que podemos atestar essa personalidade. Quando tosse, dói o pé, o braço, qualquer parte do corpo distante da garganta.

Por falar nisso, a dor pode ser um retrato louro de olhos claros viu!

Suas dores clássicas são: dor e queimação na língua, dor nos quadris, dor no joelho, dor nos testículos, ciático, dor quando tosse, úlceras doloridas, herpes extremamente dolorida, dor nas costelas, Fisgadas na região do ovário esquerdo, no testículo, dor quando evacua, dor de ouvido, dor ... dor ... dor ... mialgias.

Garganta e Pulmão, calor e frio, isso pode definir a personalidade de Capsinum

Natrum mur e Enxofre são seus complementares, entretanto Bell. Calcárea Carb e Mercurius pode se confundir com ele, fisicamente falando.

Homeopatas dos Pés Descalços

Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…