Amigos do Blog

Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 16 de junho de 2014

VITALISMO







VITALISMO – MAGNETISMO ANIMAL

"Nesse ponto, acho ainda necessário fazer menção ao chamado magnetismo animal, ou melhor, mesmerismo  (como deveria ser chamado, graças a Mesmer, seu fundador), que difere da natureza de todos os outros medicamentos. Essa força curativa, muitas vezes intensamente negada e difamada ao longo de um século inteiro, esse maravilhoso e inestimável presente com que Deus agraciou o Homem, mediante. o qual, através da poderosa vontade de uma pessoa bem intencionada sobre um doente, por contato, ou mesmo sem ele e mesmo a uma certa distância, a força vital do mesmerizador sadio, dotado com essa força, aflui dinamicamente para um outro indivíduo, agindo de diversas maneiras; enquanto substitui no doente a força vital deficiente em vários pontos de seu organismo, em outros, onde a força vital se acumulou em demasia, causando e mantendo indescritíveis padecimentos nervosos, desvia-a, suavizando-a, distribuindo-a equitativamente, extinguindo principalmente o distúrbio mórbido do princípio vital do doente e substituindo pela força vital normal do mesmerizador que age poderosamente sobre ele, por exemplo, velhas úlceras, amaurose, paralisias parciais, etc. Muitas curas rápidas aparentes realizadas por magnetizadores animais de todos os tempos dotados de grande força natural pertencem a essa categoria. Mas a ação da força humana comunicada a todo o organismo se evidencia de modo mais brilhante na reanimação de algumas pessoas que permaneceram algum tempo em morte aparente, mediante a vontade muito poderosa e muito acolhedora de um indivíduo em pleno gozo de sua força vital*, um tipo de reanimação do qual a história aponta vários exemplos. Se o mesmerista de um outro sexo é capaz, ao mesmo tempo, de um benévolo entusiasmo (mesmo degenerando na beatice, fanatismo, misticismo ou sentimentalismo altruista), então, ele estará ainda mais em condições, mediante essa conduta filantrópica e abnegada,de, não somente, dirigir a força de sua bondade predominante exclusivamente ao objeto carente de sua ajuda, mas também como que ali concentrá-la, assim operando, por vezes, aparentes milagres. (* Especialmente uma dessas pessoas que são poucas entre os Homens e que, além de uma grande bondade e perfeita força fisica, possui o desejo sexual muito moderado ou nulo e nas quais, portanto, a grande qualidade de sutis fluidos vitais, que em todos os Homens está pronta a ser empregada na formação do esperma, está prestes a transmitir-se a outras pessoas, através do poderoso contato. Conheci alguns magnetizadores com grande poder que possuíam todas essas características peculiares.)" (Organon, 6" ed.; § 288; IHFL)

Teixeira, Marcus Zulian. "Concepção vitalista de Samuel Hahnemann" pags 44 e 45
.2ª ed. São Paulo: Marcus Zulian Teixeira, 2013.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica