Amigos do Blog

Pesquisar este blog

quinta-feira, 27 de junho de 2013

CABELO ENCRAVADO: TRATAMENTO EM 3 TEMPOS

  Uma ação prática:
Homem - 25 anos - DB/localizado próximo a virilha esquerda.
Chegou nesse estágio para atendimento (andamento de 3 dias).
Dor local - pontadas finas e incômodo ao toque.
1º estágio - usando óleo mineral - uso externo.
Kalium S - D6 - 5 gts 2/2 hs
sublingual

 2º Dia
Sabonete líquido de Barbatimão e óleo mineral - externo.
3º dia
Começa a eliminação após o banho morno
Ao dobrar a perna
4º Dia
Usando Kali - s D6, 1 gta de 10 em 10 minutos.
Banho quente e a eliminação final.

Saiu totalmente no 4º e 5º dia.
Apenas a limpeza e lavagem com Barbatimão e compressa de água quente + banho quente.

Kali-s-D6
Kalium sulphuricum D6
Encontra-se nas células da epiderme e nas células epiteliais da pele e das mucosas. Normalmente vem junto com o ferro, ajudando-o na função de transporte o oxigênio para ativar o metabolismo celular. Kalium sulphuricum serve para o terceiro estádio inflamatório com secreções viscosas amareladas.
1º estágio de inflamação (inflamação seca sem secreção) - Ferrum phosphoricum
2º estágio de inflamação (secreções viscosas) - Natrum muriaticum (Kalium chloratum)
3º estágio de inflamação (secreções viscosas e com pus) – Kalium Sulphuricum.
Por conta dessa sua fama, ele será visto como um poderoso ajudante  nas inflamações crônicas de todo o tipo, nas cutâneas descamativas, nos catarros de mucosa purulentos e crônicos (nariz, ouvidos, faringe, brônquios, conjuntivite e etc.); também em catarros gastrointestinais, hepatite, nefrite, dor articular reumática e para a estimulação de todos os processos de eliminação e desintoxicação. Aqui as palavras chaves são: anemia, melancolia e  ansiedade, que dominam. Essa situação se acentua ao entardecer e também quando a pessoa passa muito tempo em locais fechados e sem ar.
A pele fica amarela com manchas escuras no corpo. Apresenta uma escamação severa da pele. Nas mulheres é bom observar corrimentos amarelados e viscosos.
Homeopatas dos Pés Descalços

quarta-feira, 26 de junho de 2013

BOAS LEITURAS III

Uma das recomendações mais antigas e mais verdadeiras em relação a nossa saúde é: o que você gasta no supermercado, você economiza na farmácia.

Pois é verdade. Nada de passar o dia na frente da pia ou do fogão. Simplifique e ganhe vida, ganhe força e entenda seu cotidiano. A comida e seu relacionamento com ela pode mudar a sua vida, alterar o seu humor e fazer de você uma pessoa extremamente realizada, basta querer.

O bom do livro é a realidade, sem fanatismo e sem falsos moralismos.
Você é o que come, mas você também é o que faz com que o que pensa.

Vale a pena ler. 
* gravidez e lactação
*doença renal
*obesidade e controle de peso
*distúrbios gastrointestinais
*cancer 
*distúrbios mentais e neurológicos.

Definitivamente a sua primeira farmácia deveria ser a cozinha, mas se não é, tudo bem. Perceba que pode-se juntar comida, prazer e saúde. Melhorar mais rápido quando não se pode evitar uma doença ou mesmo garantir para que ela não incomode tanto.

Muitas vezes essa é a solução,
muitas vezes a saída é compreender o que se tem.

Homeopatas dos Pés Descalços.

BOAS LEITURAS II

Nada demais. O livro é simples. O que faz dele bom? Sua aplicabilidade é possível. Dá ideias e coloca as coisas no padrão DIA A DIA.
O bom do livro, aquilo que nos prendeu é que fica na cozinha lá de casa. Não cura o mundo e nem resolve todos os problemas, mas me ajuda muito quando penso?
Minhas pernas estão doendo tanto, o que fazer?
Daí entra ele e suas receitinhas simples e tranquilas. Daquelas que cabem na nossa geladeira.
Sem frescura, sem radicalismo. Resultado: muito bom.


Esse tipo de remédio já tirou muita gente do sufoco. Ele é daqueles que resgatam receitas antigas e podem ser achadas facilmente, receitas que lembram cuidado e carinho. É claro que não substitui remédios, consultas ou recomendações médicas, mas ajuda a você, cuidar de sua saúde, assumindo o papel de protagonista principal. Isso é muito bom.
Homeopatas dos Pés Descalços.

SAÚDE DOS POVOS CIGANOS - BOAS LEITURAS I

Saúde e Educação sob a ótica da educação popular. Assim, com esse trecho da capa, o livro nos ganhou. Orgulhosamente podemos dizer que é um lançamento do Ministério da Saúde.

Dá um orgulho danado ver o cotidiano das comunidades tradicionais entrando pela porta da frente de um Ministério essencial. Vale a pena ler.

Com igual valor o livreto de 2012  -  Equidade em Saúde, também do Ministério da Saúde. A versão 2013 não demora. Folheando as 14 páginas, encontramos na pág. 11 a seguinte referencia: "saúde da população cigana".




Duas leituras que valem a pena.
Falam de saúde e gente.
Falam de saúde e realidade.

Homeopatas dos Pés Descalços.

terça-feira, 18 de junho de 2013

CEREUS SERPENTÁRIA – uma beleza que dói.



CEREUS SERPENTÁRIA – uma beleza que dói.





Eis uma medicação voltada para o homem. Não que as mulheres não possam toma-lo no caso das poluções noturnas, que podem afetar a todos. O fato é que com relaxamento dos órgãos sexuais, as poluções noturnas acontecem e as dores nos testículos são normais e seguidas. 

Pense numa irritação com a dor! Manias a parte, essa homeopatia paralisa seus sentimentos negativos. Faz juras de raiva, uma raiva selvagem – não avança, paralisa seus sentimentos aí e não consegue sair. 


A sensação de que o coração vai parar também é enorme. Pra completar, pense que a cada ejaculação se segue a dor. Distúrbios de fala e de escrita, pois não pronuncia e nem escreve a última sílaba. No interior do país é comum ouvirmos a expressão de que o pênis encolheu. Essa pessoa se sente menosprezada e pequena diante das coisas.



São da família dos cactos – belas, mas divididas, pois nascem na lateral e não juntas, é como se sua estrutura fosse dividida, como realmente o é.


Costuma ser ministrada em forma de tintura/de 3 a 15 gts ao dia.

Homeopatas dos Pés Descalços
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica