Amigos do Blog

Pesquisar este blog

quarta-feira, 29 de maio de 2013

CURSO DE FLORAIS E A ALMA FEMININA/EM AGOSTO

EM BREVE 
O CURSO DOS FLORAIS E A ALMA FEMININA 
 EM BRASÍLIA. 

O curso será ministrado em forma de atendimento.
Assim serão disponibilizadas apenas 10 vagas - previamente reservadas.

Na primeira etapa, saber identificar onde está o problema, qual a informação que se deve colher para acertar a aplicação dos florais. Assim pode-se aprender consigo mesmo, que diga-se de passagem é o mais difícil. Será apresentada a estrutura emocional e sua identificação. A obtenção da palavra chave.

Na segunda etapa, já teremos alguns resultados dos encaminhamentos  feitos e isso poderá ser ajustado in locuo, aprendendo a lidar com quantidade, variáveis de aplicação e metodologia.

Na terceira etapa, será apresentada as partes técnicas do curso, mas, principalmente como encarar a terapia floral de forma progressiva e real. Saber utilizar sua abrangência no dia a dia.

 Descobrir nas flores um aliado, é respeitar nossos momentos, compreender nossas necessidades e procurar o equilíbrio e o meio termo. Esse é apenas um caminho, que não se avança sozinho. Junto com ele está a busca do equilíbrio e o entendimento de sí mesmo.


Lembrem-se que quando criada, ela proporcionou possibilidades de ajuda e é esse leque que iremos ajudar a todos a abrir.

O curso será ministrado em 3 etapas - uma por mês.
Uma vez no mês, para que possamos acompanhar os avanços e as modificações.  

Início: Agosto de 2013
pré-inscrição pelo e-mail: hpdmayle@gmail.com

Homeopatas dos Pés Descalços 

terça-feira, 21 de maio de 2013

PROMOÇÃO DA EQUIDADE 'Brasil Cigano' conta com a emissão do Cartão Nacional de Saúde



Participantes do ‘Brasil Cigano – I Semana Nacional dos Povos Ciganos’, que acontece de 20 a 24 de maio, na Granja do Torto, terão a oportunidade de obter o Cartão Nacional de Saúde, que será emitido durante todo o dia nesta terça e sexta-feira, dias 21 e 24, no mesmo local do evento. O acampamento conta com cerca de 300 pessoas de povos de 19 estados e do Distrito Federal e marca o Dia Nacional do Cigano, instituído por Decreto assinado pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva, em 25 de maio de 2006.

O Ministério da Saúde, reconhecendo a especificidade da cultura cigana, fez constar na Portaria GM/MS 940, 28/04/11, que regulamenta o cadastramento dos usuários do SUS - o Cartão Nacional de Saúde, uma cláusula que dispensa a população cigana de comprovação de endereço, tendo em vista o cadastramento para o Cartão consistir no processo de identificação dos usuários do Sistema Único de Saúde e seus domicílios de residência.

Além da emissão do Cartão Nacional de Saúde para os participantes, na programação constam a prestação de serviços de saúde, emissão de certidão de nascimento e carteira de identidade; apresentações de teatro, dança e música; exposição fotográfica; além da Plenária Nacional dos Povos Ciganos, parte da III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial (III Conapir); da Conferência Livre da Cultura e de oficinas de acesso às políticas públicas.

Ainda na programação, o Departamento de Apoio à Gestão Participativa (DAGEP), unidade da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa (SGEP) do Ministério da Saúde, oferecerá na próxima sexta-feira (24) oficinas intituladas 'Acesso às Políticas Públicas', que contarão com o apoio da Associação Internacional Maylê Sara Kalí (AMSK).

O Ministério da Saúde é membro do grupo Interministerial Cigano por meio da SGEP, mais especificamente o Departamento de Apoio à Gestão Participativa (DAGEP). A finalidade é realizar um trabalho junto às secretarias estaduais e municipais de saúde voltado à diminuição das iniquidades em relação à saúde dessa população.

“Os desafios da universalidade e da integralidade no SUS exigem provimento do acesso para todas as ações de promoção da saúde, prevenção das doenças, cuidado e reabilitação. A busca da equidade deve assegurar que as particularidades, étnicas, culturais e sociais, dos diferentes segmentos da população brasileira sejam consideradas na formulação e na prestação das ações e serviços de saúde. Partindo dessa premissa, o SUS deve acolher o cigano respeitando suas particularidades características”, afirma Kátia Souto, coordenadora Geral de Apoio à Gestão Participativa e ao Controle Social/DAGEP/SGEP/MS.

O evento tem como objetivo fortalecer a organização e a participação dos povos ciganos nas discussões sobre políticas públicas, valorizar e dar visibilidade à diversidade da sua cultura e ampliar a interlocução das lideranças tradicionais ciganas com o Estado brasileiro e é voltado aos povos ciganos, gestores públicos, estudantes e comunidade em geral.

A atividade é promovida pelo Governo Federal, por meio da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), Ministério da Saúde, Ministério da Cultura, Secretaria de Direitos Humanos, Ministério da Educação e pelo Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial e da Secretaria de Cultura.


Ministério da Saúde
http://portal.saude.gov.br/portal/saude/profissional/visualizar_texto.cfm?idtxt=42606




Por Tania Mello
Núcleo de Comunicação da SGEP

Homeopatas dos Pés Descalços

sexta-feira, 17 de maio de 2013

BRASIL CIGANO, CIDADANIA E SAÚDE DE MÃOS DADAS.

Um grande acampamento montado no Distrito Federal. Essa é a expectativa do Brasil Cigano – I Semana Nacional dos Povos Ciganos, que acontece entre os dias 20 e 24 de maio, na Granja do Torto, reunindo cerca de 300 participantes, de povos de 19 estados e do Distrito Federal. O evento marca o Dia Nacional do Cigano, instituído por decreto assinado pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva, em 25 de maio de 2006.

O evento tem como objetivo fortalecer a organização e a participação dos povos ciganos nas discussões sobre políticas públicas, valorizar e dar visibilidade à diversidade da sua cultura e ampliar a interlocução das lideranças tradicionais ciganas com o Estado brasileiro e, é voltado  aos povos ciganos, gestores públicos, estudantes e comunidade em geral.
Na programação constam a Plenária Nacional dos Povos Ciganos, parte da III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial (III Conapir); a Conferência Livre da Cultura; oficinas de acesso às políticas públicas; prestação de serviços: emissão de cartão SUS, serviços de saúde, emissão de certidão de nascimento e carteira de identidade; apresentações de teatro, dança e música e; exposição fotográfica.
A atividade é promovida pelo Governo Federal, por meio da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), Ministério da Cultura, Secretaria de Direitos Humanos, Ministério da Educação e Ministério da Saúde e pelo Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial e da Secretaria de Cultura.
Participam da organização do Brasil Cigano as seguintes entidades: Associação Internacional da Cultura Romani (AICROM-Brasil/GO), 
Associação Internacional Maylê Sara Kalí (AMSK-Brasil/DF),  Associação Nacional das Etnias Ciganas (ANEC/GO), Associação de Preservação da Cultura Cigana (APRECI/PR), Centro de Estudos e Discussão Romani (CEDRO/SP), Grupo Leshjae Kumpanja/AL. 

Para saber mais:
http://www.seppir.gov.br/noticias/ultimas_noticias/2013/05/2018brasil-cigano2019-traz-para-brasilia-discussoes-politicas-e-valorizacao-da-cultura-cigana

Saúde e cidadania não se separam,
Saúde e luta contra o preconceito e a discriminação, também não.
Saúde se faz com paz, nunca com guerra.

Homeopatas dos Pés Descalços

domingo, 5 de maio de 2013

REPOLHO, POR QUE NÃO?



 Repolho

As folhas do vegetal contêm grandes concentrações de substâncias
 antioxidantes e anticancerígenas chamadas de indoles e 
sulforafanos. 

Uma pesquisa da Universidade de Stanford, nos EUA, 
apontou que o sulforafano é a substância química encontrada em 
plantas que mais eleva o nível de enzimas anticancerígenas no 
organismo. 

Ajudam a saciar a fome, ajudam na digestão e na 
formação do bolo fecal.
Cabbage.jpg

Uso Medicional: úlceras internas, abcessos, enfermidades do estômago, nevralgias faciais e dentárias, hemorróidas, tuberculose, gota, reumatismo, erisipela, distúrbios intestinais. Pode ser usado em cataplasmas em abcessos.
Composição Química 100grs:
Calorias 25,0
Água 93,0 g
Carboidratos 4,3 g
Proteínas 1,4 g
Gorduras 0,2 g
Sais Minerais 1,1 g
Vitamina A 235 UI
Vitamina B1 110,0 mcg
Vitamina B2 60,0 mcg
Vitamina B5 0,4 mg
Vitamina C 41,3 mg
Fósforo 32,0 mg
Ferro 0,57 mg
Cálcio 53,0 mg
Potássio 247,0 mg
Sódio 27,0 mg
Enxofre 25,0 mg
Fonte: http://www.livrodereceitas.com/diversos/alimentos/repolho.htm

Homeopatas dos Pês Descalços

PENSAMENTO X REALIDADE




É incrível o que se pode evitar de doença fazendo do seu cotidiano um mundo mais aberto. Repito, não é receita de bolo, são possibilidades, não de evitar que trajédias aconteçam, mas poder agir no meio do caos sem tanta violência. A maioria das doenças que assolam o mundo ainda são por falta de consciência coletiva, de comida, de higiêne, de zelo e respeito pelo póximo. Não é curar o mundo, é fazê-lo menos pior, começando por cada um. Quem sabe??? 

Homeopatas dos Pés Descalços
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica