ATO MÉDICO COM CORTES

 

"Eu, como ministro, tenho de agir pensando na saúde do brasileiro, antes de qualquer coisa." Padilha argumentou que os trechos da lei vetados proibiam, por exemplo, que nutricionista ou psicólogo prescrevesse uma terapia, algo que poderia trazer sérios prejuízos para população e que certamente provocaria uma corrida de ações na Justiça.

 ***

 "Além disso, nós, médicos, temos de ter a humildade de reconhecer que a acupuntura foi criada antes da Medicina. E que muitas categorias profissionais já executavam essa terapia antes de ela ser reconhecida como uma especialidade médica."
Padilha - Ministro da Saúde


2 comentários:

  1. legal o seu blog, estou divulgando o meu fórum , de uma olhada; parabéns pelo blog, abraços

    http://amorfelicidade.forumeiros.com/t6-mundo-atrasado-em-que-vivemos

    http://mundoadm.forumeiros.com

    ResponderExcluir

A ÚNICA CONDUTA ACEITA PARA COMENTAR É A GENTILEZA.

PINDORETAMA/CE - FAZENDO AS POLITICAS DE SAÚDE PREVENTIVAS ACONTECEREM

Os cuidados de prevenção nunca foram muito utilizados por essa parcela da população, em especial quando as más condições de atendimento a...