PALAVRA DE HANHEMANN



SAMUEL HAHNEMANN.

Kothen, 28 de março de 1833.

Confirmado Paris, 1842.



[A] Para o mesmo objeto do alopata experiente delícias de inventar um nome fixo, de preferência um grego, para o mal, a fim de fazer o paciente acreditar que ele há muito conhecida esta doença como um velho conhecido, e, portanto, é o mais apto pessoa para curá-lo.

[B] A homeopatia não derrama uma gota de sangue, não administra eméticos, purgativos, laxantes ou diaforéticos, vai embora sem afeição externa por meios externos, não prescreve banhos quentes de água mineral ou desconhecido ou clisteres medicamentosos, não aplica as moscas espanholas ou emplastros de mostarda, não setons, sem problemas, não emociona ptialismo, Burns não com moxa ou ferro em brasa para o osso muito, e assim por diante, mas dá com a sua própria mão de seus próprios preparativos simples medicamentos não composto, que é exatamente familiarizado, nunca subjuga dor pelo ópio, etc

HOMEOPATAS DOS PÉS DESCALÇOS

Comentários

  1. Será que sou Thuya? Sou muito insegura, não confio em mim, não sei o quero (indecisa, talvez por ser insegura), gostaria de ser melhor, ser outra pessoa (mas, não imito ninguém). Sou fechada, confusa, incoerente, com muita preguiça, nunca sei o que quero e sou impaciente e irritável. Quem devo ser na homeopatia? Muito obrigada, Gisele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gisele,

      leia Sépia e depois magnésia carb. Assim podemos comparar com Thuya. Mas leia sempre com carinho, pois queremos mostrar aqui, tudo o que podemos melhorar e tudo o que pode nos prejudicar e impedir o nosso avanço no momento em que nos desequilibramos.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  2. Tenho mania de Internet; agora no celular então é que eu fico plugada todo o tempo que der. Minha filha sempre me cobrou muito que brincasse com ela, mas eu não sou do físico (sou da mente), nao sei correr, andar de bicicleta, sou a típica sedentária. Eu não sei se vim pedir muito a vcs, mas quero reverter esse quadro com a homeopatia. Preciso largar a mania da internet, da TV e partir para a vida. Me ajudem, por favor, Déia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Délia, leia Avemna sativa a Aurum. Leia a matéria indicativa abaixo e depois veja o que achou.

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2011/06/as-25-personalidades-homeopaticas-mais_20.html

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  3. Parte I
    Boa noite. Nunca tive entrado neste site, é minha primeira vez e fiquei muito feliz em encontrar informações tão preciosas e interessantes, onde podemos a aprender a nos conhecer.
    No momento estou fazendo um tratamento no meu filho de 4 anos Bruno. Levei-o a uma homeopata. É uma longa história... Ele nasceu com refluxo gastroesofágico e chorava dia e noite sem parar e quase nunca dormiu. Foi tratado sempre com alopatia. Começou a dormir a noite com muito custo por volta dos 3 anos de idade e mesmo assim acordava no meio das madrugadas perguntando se já era dia, pois queria levantar para ver TV ou brincar. Ele dorme comigo até hoje com a LUZ do teto acesa, porque ele NÃO aceita abajur ou luz mais fraca. Por mais que ele esteja dormindo é só a gente apagar a luz que ele acorda no mesmo momento, e grita: ACEEEEENNNNDEEEEE... Outro dia faltou energia elétrica em casa durante a noite e ele acordou e ficou chorando e gritando até que a luz voltasse. Tive que ligar todas as lanternas que havia em casa, porém mesmo assim ele não se acalmava... continua

    ResponderExcluir
  4. Parte II
    Depois de 2 horas quando a luz voltou, e a luz do quarto ficou acesa ele voltou a dormir. E assim segue até hoje, com 4 anos e 5 meses. Ele melhorou muito do refluxo, com o tratamento alopático. Só de vez em quando é que ele toma os remédios para o estomago: omeprazol e bromoprida. No inicio deste ano tentamos colocá-lo numa escolinha por meio período, o que ocasionou uma agressividade total, rebeldia... teve crises de tristeza e pânico... A noite ele chorava e dizia que estava triste com a vida porque ele queria que a vida não tivesse escola. Foram dois meses de pesadelo, sem falar que eu tinha que ficar na escola com ele, ele é muitissimo agarrado comigo e não me deixa sair, ele não fica com o pai dele. Ele só fica com a avó e assim mesmo faz um escandalo enorme quando eu estou saindo, tipo chora muito, diz que me ama, que não quer ficar sozinho, se eu vou logo, etc. Com a ida na escola ele voltou a usar fralda, apenas para fazer xixi. Para fazer coco ele avisa e vai no banheiro. Mas, para fazer xixi, ele quer fazer na fralda, pois se fica de cueca ele urina de 5 em 5 minutos e ele fica irritado, com medo de fazer xixi na cueca, fica nervoso, angustiado e estressado. continua....

    ResponderExcluir
  5. Parte III
    Ele é um amor de criança, vive dizendo que me ama, me abraça, e abraça o pai dele, a avó, etc... Porém tive que tirá-lo da escola, porque ele diz que não quer ficar longe de mim e da avó. Ele é super agitado e eufórico, muito ansioso também. Ele vibra com as coisas felizes, fica totalmente eufórico mas também chora muito e entra em pânico com situações novas que fogem da rotina. Ele tem muitas manias: tempos atrás ele rangia os dentes, agora ele faz bochechos com água antes de tomar leite, porque acha que depois de tomar leite pode sentir sede... Teve uma época em que ele tinha que lavar as mãos e deixá-las molhadas, isso de 10 em 10 minutos, porque ele não queria ficar com as mãos secas pois a mão ficava muito quente... enfim... tudo coisa da cabeça dele.
    Há extamente 4 dias, levei-o na homeopata que receitou:
    Gelsemium CH30 5 globulos 3 x por dia, Bryopyllum Argento cultum D2 15 gotas 3 vezes ao dia, Nux Vomica-Homaccord Nux vinuca D2 - 21 gotas num copo de água e dar durante o dia, e Natrum muriaticum CH200 8 globulos em dose unica em jejum (este é para tomar uma unica vez e nunca mais).
    Gostaria de saber se esta medicação realmente ajuda, porque no primeiro dia que eu dei para ele, que foi ontem, ele ficou totalmente agressivo, rebelde, mais desobediente do que sempre, chorão, briguento, agitado, irritado. Parece que tudo o que ele tinha piorou ao invés de melhorar... ontem ele quase me deixou maluca... Hoje dei os remédios novamente (segundo dia) e ele também ficou bem estressado... e rebelde... mais menos do que ontem... Ele odeia tomar o Bryopyllum Argento cultum D2 pois diz que arde a garganta, diz que é ardido... Estou preocupada se estou no caminho certo... E estou entrando em depressão e ficando agressiva com ele também, gritando com ele, coisa que não sou. Ontem passei o dia chorando... Gostaria muito que ele fosse uma criança feliz... que não dependesse tanto de mim... Será que existem florais que podem ajudar uma criança nesta situação? Devo continuar este tratamento? Estou bem confusa e peço ajuda de vocês pois sou leiga neste assunto e já não sei mais o que fazer. Estou levando ele na psicóloga, mas ela disse que ele tem um QI acima para a idade dele, porém um desequílibro emocional. E ela disse que ele é hiperativo pois faz varias coisas ao mesmo tempo e recomendou que dessemos remedio alopatico para ele ficar mais calmo. Aguardo retorno. E gostaria de saber se tem algum floral para me acalmar com relação ao meu filho. Grata, Marcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Márcia,

      as medicações homeopáticas são pertinentes sim e essas reações de agressividades devem ser ditas e relatadas ao homeopata que cuida dele.

      Leia Criança e homeopatia, leia também sobre Causticum, Stramonium, Phosphorus, Aconitum napellus e carbo animalis - todos sofrem com o medo do escuro, mas em situações e reações diferentes.

      Tem um floral que não interfere nesse tratamento se tomado longe dos outros - sugiro no suco ou num pouquinho de água: Rescue Remedy - mas o original e não o diluído, comumente vendido De duas gotas a noite, todos os dias e tome vc também.

      Do mais, observe e mantenha a calma, pode ajudá-lo melhor assim, ele vai separar esse medo e essa insegurança. A quem ele puxou?

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Olá! Super obrigada por responder às minhas perguntas e me perdoem por escrever um livro.
      Retornei na homeopata pediatra ontem, que me disse com apenas 3 dias de medicação, os remédios nem sequer fizeram efeito e portanto a reação de agressividade dele e outras reações não teriam sido causadas pelo remédio eu deveria insistir com eles. Como o meu filho tem refluxo, ele ficou muito mal do estomago e com esofagite no domingo, comentei com a medica que talvez o Bryopyllum Argento cultum D2 15 gotas 3 vezes ao dia, por ser um remédio ardido tivesse irritado a mucosa estomacal e ela respondeu que não. Ela pediu para eu continuar com todos os medicamentos e só acrescentou Calmallis gel para passar nele. Para curar a crise de refluxo e dor estomacal eu voltei a dar remédio alopático (omeprazol e bromoprida).
      Adorei a recomendação de vocês. Quero agradecer de coração pela ajuda e atenção com o meu caso e continuar nosso contato que para mim está sendo muito esclarecedor, porque sou totalmente leiga no assunto. No sentido do medo puxou ao meu marido, ele é bem medroso mas enconde esta característica. Para vocês terem idéia, no dia em que retornamos da maternidade, meu marido se trancou no quarto por 2 dias, e somente agora, depois de muita terapia descobrimos que foi por medo. Mas,meu marido não tem medo do escuro, ao contrário, ele só consegue dormir com as luzes todas apagadas. Quem tinha medo do escuro na infância era meu pai. Meu pai dorme com a luz apagada mas cobre a cabeça, acho que de medo... Meu filho é fisicamente igualzinho ao pai, eu diria que é a cópia xerox dele. O meu filho comentou hoje comigo que tem medo de ficar sozinho sem mim. Ontem ele se recusou a ir na casa de um amigo que ele ama brincar, porque eu não poderia ir. Ele disse que não queria ficar sozinho lá. Eu respondi que ele não estaria sozinho pois o amigo e o pai do amigo estavam lá e como é bem pertinho de casa, na rua de trás da minha casa, qualquer problema eu iria buscá-lo. Mesmo assim ele não foi porque eu não fui também. A unica pessoa com quem ele fica quando estou ausente é com minha mãe. Ele não fica sozinho com o pai.
      Estou encantada com este site, estou plugada nele, e estou aprendendo muito. É muito lindo o trabalho de vocês. Parabéns.
      Gostei da indicação de floral que vcs me deram. Vou usar. Tenho confiança de que vou superar esta fase e tudo vai ficar bem.
      Se tiverem mais alguma dica para me dar, eu aceito com gratidão. Obrigada!!!

      Excluir
    3. Olá, por favor, me perdoem por tantas perguntas, mas é que eu quero e preciso fazer a coisa certa para dar certo. Encontrei o Rescue Remedy neste site http://www.vitacost.com.br/bach-flower-remedies-rescue-remedy-kids-0-35-fl-oz-2
      Será que pode ser este? Bach Flower Remedies Rescue® medicamento infantil -- 0.35 oz líq.
      ou estou enganada?
      Aguardo retorno. Obrigada pela ajuda.
      Márcia

      Excluir
    4. Esse mesmo MÁrcia, sugerimos assim que reduza para 1 gota apenas, todas as noites.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    5. Super obrigada.
      E quanto a mim posso tomar o Rescue Remedy Bach para adulto? Devo tomar quantas gotas?
      Ah, tem outra coisa, estou lotada de herpes na região do nariz perto da boca e também estou com algumas aftas... Acredito que seja de estresse pelo que eu tenho passado... nervosismo, ansiedade para que esta situação se resolva logo... Cansaço mental de tanto pensar em como resolver tudo... sei lá... Tem algo que posso tomar?

      Bjo
      Marcia

      Excluir
    6. Amigas, boas notícias!!! Queria compartilhar com vcs minha felicidade. Meu filho começou a usar cueca e já conseguiu ficar 30 minutos sem fazer xixi!!! Graças a Deus. Vou continuar minha batalha. Isso não seria possível se não fosse a força que vcs me deram. Obrigada!!!
      Márcia

      Excluir
    7. obrigada pelo retorno,

      viva

      bjs e abraços, a cada dia uma batalha vencida.

      a equipe

      Excluir
    8. Só mais uma coisinha: o trabalho de vocês é simplesmente lindo. O que vocês fazem neste site é um ato de AMOR e de CARIDADE ao próximo. É uma verdadeira doação, solidariedade. Vejo relatos aqui de várias pessoas e vocês sempre com um jeitinho, uma solução, uma esperança no fim do túnel, uma palavra de otimismo que nos leva para frente, para evoluir. Que Deus abençoe e iluminem vocês cada vez mais. Sou fã de vocês. Sou fã deste blog. Estou lendo muitos artigos deste blog porque quero aprender. Acredito que somos um diamente bruto que precisa ser lapidado e dai o brilho deste diamante vai ajudar outros que precisam. Beijo no coração!
      Márcia

      Excluir
    9. Oi Márcia, obrigada pelo carinho e vamos torcer pra tudo dar certo.

      Olha, veja os florais e a alma feminina, agrimony, vrvain, ilive, larck são uma boa lembrança sua para nós. Veja se confere.

      No seu cansaço pense em homeopatias como Calcárea carb., phosphorus ou carbo vegetabilis.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    10. Parte I
      Olá pessoas amigas.
      Li todos detalhadamente. Minha percepção é que agrimony e larck não se encaixam comigo. Mas vervain e olive, tem tudo a ver.
      Calcárea carb. é muito parecida principalmente nesta parte: "Seu excesso de responsabilidade se converte em estafa, ansiedade pela saúde, pelo seu futuro e desespero quanto à recuperação. Calcárea carbônica trabalha duro, sobrecarrega - se demasiadamente, não é a toa que é reconhecido pelo seu perfil criterioso, competente, eficiente e ultra responsável.
      A vida é concluir sua lista de afazeres. Não pode relaxar. Prático e pé no chão."
      "Obstinado de verdade. Aquela conversa do caderninho pra não esquecer significa prestar atenção sempre, sem relaxar, afinal de contas não se pode perder o controle. Os outros observarão seu estado, saberão como está, que há incertezas e isso não, essa personalidade é forte e vai chegar no seu limite, e olha que esse limite é imenso, quando chega o estouro é mais que certo."Só tem uma coisa: não sou obesa. Na verdade passei a minha vida inteira com complexo de ser magra demais. Tenho 1,63 de altura e até os 30 anos eu pesava apenas 42 Kg. Depois, de tanto tomar vitaminas e tentar engordar, consegui ir para 50Kg, graças a Deus... pois me sentia mal em ser tão magra, pernas finas... Durante a gravidez engordei apenas 7Kg e durante a amamentação voltei nos 42 Kg. Daí voltei a tomar vitaminas para engordar, aumentar o apetite, etc. Hoje sim, peso 60 Kg mas estou feliz com este peso porque não quero mais ser "ossuda" como eu era... rs rs rs Porém tenho que admitir que meu abdomen tá demais... é uma gordura localizada, parece barriguinha de grávida no inicio da gravidez... isso me incomoda sim... E quando estou na TPM fico com os seios inchados e a barriga mais inchada do que nunca. Tenho 43 anos mas aparento ser mais jovem do que sou. Sou entusiasmada com a vida, com os afazeres, não paro um minuto, sempre quero fazer coisas. Eu trabalhei numa montadora durante 25 anos (entrei com 16 anos) e tive que sair agora em 28 de Fevereiro para cuidar do meu filho, pois ele ficava com minha mãe só que a pobre já não estava mais aguentando e eu me sentia culpada por deixar meu filho e por sobrecarregar a minha mãe, apesar de minha mãe amar cuidar dos netos. Sempre fui muito inteligente, dedicada aos estudos, responsável, etc. Tomei a decisão de sair porque estava cansada me sentia culpada, me sentia uma mãe cruel por abandonar o meu filho e sair para trabalhar... e meu filho não se adaptou na escola pelos problemas acima descritos... Então minha missão agora é colocar o meu filho nos trilhos. Mas meu estomago não está me ajudando... tomo omeprazol (alopatia) todos os dias pela manhã e mesmo assim me sinto estufada... corro de um lado para o outro, não tenho faxineira, faço de tudo em casa... Só não gosto de cozinhar... Não tenho dom para cozinhar, infelizmente, pois acho que cozinhar é uma arte... Gosto de fazer as coisas, me realizo estando ativa... Não tenho paciência de sentar no sofá e ver TV, mas AMO ler... sempre gostei de ler.
      Mas, ultimamente tenho notado que algo está diferente em mim... meus cabelos estão caindo também... Não me identifiquei com phosphorus. Tenho traços sim do cabo vegetabilis. Acho que a cabeça quer fazer tudo mas o corpo não está aguentando... Ah, sim, amo pão, detesto inverno pois sou friorenta, quase não suo nada, adoro um dia de sol, gosto do quentinho do sol que é um aconchego... mas a minha pele é branquinha, então tomar sol somente nos horários antes das 10h e depois das 16h... Em frente de casa tem um parque e adoro levar o meu filho para brincar lá... o contato com as arvores e a natureza me fazem super bem.
      Enfim, será que calcarea carb. é uma boa no meu caso?
      Ou o cabo vegebilis seria melhor?
      E quanto ao vervain e olive, eu gostei.
      Aguardo retorno.
      Bjs e obrigada!
      Márcia

      Excluir
    11. Pessoal,meu filho ainda continua com muito medo do escuro. Ele acha que vê coisas, que pode aparecer monstros. Enfim, continuo dormindo com a luz do teto ligada...
      Ele está tomando Gelsemium CH30 5 globulos 3 x por dia, Bryopyllum Argento cultum D2 15 gotas 3 vezes ao dia, Nux Vomica-Homaccord Nux vinuca D2 - 21 gotas num copo de água e dar durante o dia, só que as vezes não consigo dar as 3 doses de gelsemium pois a medica diz que é para dar longe das refeições, e por ele ter refluxo, ele sempre come alguma coisa... ah e ele tem pavor de cachorros... é só um cachorro latir perto dele que ele dá gritos histéricos...

      Excluir
    12. Vamos lá:

      nossa sugestão:

      vervain e olive - 30 gts ao deitar.
      Pra vc, calc carb. faz sentido na ch 30 - uma dose. Mas antes limpe o corpo com carbo veg. na ch 12/dose única.

      Para ele, acho muita homeopatia - mas gelsemium pode ajudar, dê tempo, verifique se vc passa segurança pra ele, sem banalizar os sentimento, é claro.

      vamos acompanhar, achamos que vai dar certo.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    13. Olá.
      Obrigada pelas indicações para mim. Vou fazer e tenho certeza de que vai melhorar!!!

      Também estou achando que para uma criança de 4 anos é muita homeopatia de uma unica vez... Estava pensando em dar apenas o gelsemium... e talvez algum floral a noite ao deitar, pois no meio da madrugada ele acorda e fala que vai entrar um monstro pela porta do quarto. Depois demora para pegar no sono novamente. Eu já disse para ele que monstros não existem. Já disse também que os monstros morrem de medo da mamãe porque a mamãe é muito corajosa e se vier algum monstro eu mando eles embora, eles saem correndo da mamãe. E já disse que ele tem um anjo da guarda lindo que o protege contra qualquer perigo. Enfim, quem é muito medroso e inseguro é meu marido. Para piorar sábado a gente foi na PBKids comprar um brinquedo de massinha e lá tinha um homem vestido com a roupa do personagem Pateta, com aquele cabeção... Meu filho teve crises histéricas dentro da loja e meu marido pegou ele no colo e quis ir embora. Eu não deixei. Peguei o Bruno no colo e disse: vamos lá assustar o Pateta. A mamãe não tem medo. E peguei a mão do meu filho e fiz ele apertar o nariz do Pateta e dar mão para ele. E expliquei que aquilo era só uma fantasia. E pedi para o rapaz tirar a cabeça do Pateta para ver que debaixo era apenas uma pessoa normal como todos nós, mas que ele não podia contar para as outras crianças porque ia estragar a brincadeira delas, pois elas gostam do Pateta. Daí ele se acalmou. Se fosse pelo meu marido tinhamos deixado a loja e os brinquedos.
      Um dos motivos que ele não quer ir para a escola, é que ele não quer ficar longe de mim pois não tem confiança nos outros.
      Ele é super agitado o tempo inteiro. Não pára para conversar, faz várias coisas ao mesmo tempo. Acho que foi por isso a homeopata deu os outros remédios também. Para controlar a ansiedade dele. Nesta parte ele puxou a mim. Sou super ansiosa.
      Como podemos tratar disto sem tanto remédio? Panico do escuro (medo) e ansiedade exacerbada?
      Grande beijo.
      Márcia


      Excluir
    14. Leia stramonium e coffea cruda, mas podemos pensar num floral e aí entra o rescue remedy - original, é concentrado, então 1 gota x 3 x ao dia, no suco ou na água. Uma boa pedida para crianças que precisam centrar o equilíbrio.

      leia e nos diga o qe achou.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    15. Sinceramente, acho que o floral dará mais certo. Acho que ele já não aguenta mais tomar tanto remédio... acho que o floral seria uma coisa mais simples para ele. Principalmente agora que ele pegou uma gripe com dor de garganta e tosse e foi obrigado a tomar alopatia.

      Vou tentar o rescue. Para mim, os florais foram ótimos, impressionante como estas gotas são mágicas...

      Tem algum floral específico para o panico do meu filho e para esse lance dele não querer ir na escola porque tem medo de "ficar sozinho" (para ele ficar sozinho significa ficar sem a mamãe ou sem a avó). Ele já tem 4 anos e 7 meses e precisa ir na escola, nem que seja por meio período.

      Grata,

      Márcia

      Obrigada,
      Márcia

      Excluir
    16. Márcia,

      Gelsemium ainda é a primeira opção.

      de floral pense em Mimulus.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    17. Ok. Realmente acho que o Gelsemium está sendo ótimo para ele. Porém os outros remédios Bryopyllum Argento cultum D2 15 gotas 3 vezes ao dia, Nux Vomica-Homaccord Nux vinuca D2 - 21 gotas num copo de água e dar durante o dia, acho que estão sendo demais para o estomago dele, apesar de que o Bryopyllum Argento cultum D2 conseguiu conter a ansiedade dele um pouco. Se tivesse esse Bryopyllum Argento cultum D2 sem ser misturado com alcool acho que seria menos agressivo para o estomago dele.

      Quanto ao floral para ele acho que Mimulus (para medo de cachorro) vai bem sim. Assim como Aspen (para os medos de monstro), Chicory (ele é muito apegado a mim), Walnut (porque ele é totalmente resistente a mudanças, até de roupa, etc)e Star of Bethlehem. Sei lá é o meu feeling... mas acho que não posso ficar misturando tudo: HOMEOPATIA COM O FLORAL, CORRETO? Ou posso aliar um com o outro que não tem problema?

      Aguardo retorno.

      Grata
      Marcia

      Excluir
    18. Márcia, as homeopatias em 1 copo de água não afetam o estômago dele (álcool), pode sim ser uma forma de reação física, afinal ele é bastante agitado, existe calor aí.

      Misturar tanto floral dá problema, que dizer tudo muito dá. Chicory não precisa, o apego é óbvio, Walnut e aspen matam o assunto. Dê sempre uma distancia de 3 horas entre as medicações - prevenção. Alguns homeopatas não gostam dessa confusão, acham que um camuflam o outro - particularmente acreditamos que pode ser sim, desde que respeite um espaço entre eles.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    19. OK. Gostei do esclarecimento. Vou seguir suas recomendações e depois informo vocês do progresso.

      Grata,
      Marcia

      Excluir
    20. Não deixe de nos retornar tá?

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir

Postar um comentário

A ÚNICA CONDUTA ACEITA PARA COMENTAR É A GENTILEZA.

Postagens mais visitadas deste blog

LYCOPODIUM CLAVATUM

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO