HOMEOPATIA E ARTERIOSCLEROSE



ARTERIOSCLEROSE:


Expressão genérica que designa o espessamento e endurecimento das paredes arteriais e que é responsável, atualmente, pela maioria das mortes nas sociedades ocidentais.
O tipo de arteriosclerose mais frequente é a aterosclerose, que é a doença das artérias de grande calibre e que causa doença das artérias coronárias cardíacas, aneurismas aórticos, doença arterial das extremidades e doença cérebro-vascular. Outros tipos de arteriosclerose são a arteriosclerose calcificante focal (esclerose de Monckberg) e a arteriolosclerose. A parede das artérias sofre envelhecimento natural com aumento da espessura da sua camada interna (íntima, revestida de células endoteliais). Esse espessamento resulta da proliferação de células musculares e de tecido fibroso. Por isso, ao conceito clássico da arteriosclerose como doença degenerativa junta-se agora a perspectiva de doença proliferativa. Para este processo difuso e generalizado contribui também o depósito de lípidos ou gorduras (colesterol e esfingomielina), formando em áreas com maior atrito e turbulência, por exemplo, as bifurcações e estenoses arteriais, placas fibrosas elevadas.As lesões do endotélio, sejam químicas (como, por exemplo, na hipercolesterolemia, no fumo do tabaco e na hiperglicemia da diabetes) ou mecânicas (como na hipertensão arterial), estimulam a formação e a progressão da aterosclerose.Há basicamente quatro tipos de lesões características da aterosclerose, que não são independentes mas resultam duma contínua progressão da própria doença: lesões iniciais, onde microscopicamente se observa espessamento do endotélio e deposição de lipídios, estria lipídica, onde macroscopicamente é visível a deposição de lipídeos, placa fibrosa, onde se vê uma elevação da superfície endotelial diminuindo o seu lúmen, e lesão complicada, que é uma placa irregular e ulcerada de onde se libertam pequenos fragmentos com potencialidade embólica, causando fenómenos isquémicos a jusante (doença aterotrombótica).
A arteriosclerose e a aterosclerose contribuem para o aparecimento de doença cardíaca isquêmica (angina de peito, enfarte de miocárdio), doença vascular cerebral (trombose e hemorragia ou derrame cerebral), doença renal (nefrosclerose e insuficiência renal), doença isquémica intestinal (necrose isquémica intestinal aguda), dissecção aórtica e insuficiência circulatória dos membros inferiores aguda (gangrena) ou crónica (claudicação intermitente).
Há então fatores de risco vascular que aceleram a progressão da aterosclerose. O facto de muitos deles serem modificáveis no sentido da correção e de essa modificação retardar a progressão do processo leva a que a grande atitude em relação à arteriosclerose seja tomada no sentido da prevenção. Assim, a hiperlipidemia (aumento de colesterol e de triglicerídeos circulantes) corrige-se com dieta adequada, exercício físico regular e eventualmente com medicamentos, a HTA pode ser corrigida com dieta, correção de excessos ponderais e medicamentos, a diabetes pode ser controlada, o fumo do tabaco pode evitar-se, a obesidade corrigir-se, o sedentarismo pode contrariar-se e a personalidade e a vivência do stress podem ajustar-se.
A arteriosclerose é um problema maior de saúde mundial. O facto de a sua progressão ser silenciosa e só dar sinais de si quando muito está já irreversivelmente deteriorado deve levar a investir os melhores esforços na educação da população para a promoção da saúde com intenções preventivas.
In Infopédia. Porto: Porto Editora, 2003-2013.


bioqumicadaobesidade.blogspot.com

A Arteriosclerose, principal causa de morte no mundo ocidental, consiste grosseiramente falando, na perda da elasticidade da parede das artérias. Eis um processo que vai acontecendo sem você se dar conta, devagar, acumulando placas de gordura, problemas, maus hábitos, irritações e afins. Essas placas, denominadas ateromas, comprometem a elasticidade por enrijecer as paredes das artérias, além de diminuir seus calibres, exatamente do mesmo jeito que fazemos com nós mesmos. Obstruímos a nossa felicidade, vamos entupindo coisas que a sociedade acha correto, corremos cada vez mais para ganhar mais dinheiro, pois nunca é o suficiente e quando nos damos conta, estamos na tampa de coisas pra fazer, infelizes, estressados e cheios de valores duvidosos. Os mais responsáveis também são alvo fáceis e não sua grande maioria acaba cometendo o deslize na comida, afinal, ninguém é de ferro mesmo. Esse tipo de arteriosclerose é denominado aterosclerose.
A pressão sobe e mesmo sabendo que essas artérias podem estar localizadas em qualquer região do corpo, a que mais preocupa a gente é a que acaba comprometendo as carótidas, coronárias e região das pernas.
No primeiro caso, pode provocar derrame cerebral e no segundo, fortes dores no peito e enfarte do miocárdio. Nas pernas, além de dor, pode bloquear o fluxo sanguíneo desta região, podendo ser necessária a amputação do membro. Este tipo de arteriosclerose é denominado arteriosclerose obliterante (ASO) e metade das pessoas afetadas por ela sofrem de outro problema cardíaco.
São consideradas parte do grupo de risco pessoas do sexo masculino, de idade entre 50 e 70 anos, indivíduos com taxas elevadas de colesterol, obesos, fumantes, hipertensos, sedentários e pessoas com histórico familiar propenso à doença. Mariana Araguaia (Bióloga)


Entretanto sabemos que só se pode evitar o avanço das doenças, evitando os fatores de risco. Os medicamen­tos aliviam os sintomas, mas não eliminam a causa. Os procedimentos são resolutivos para o problema de fato, mas nada impede que voltem a acontecer. É pra isso que serve prevenção. Não estão aqui relacionados quadros genéticos que independem na sua grande maioria de um único esforço. Portanto se suspeitar de sua pressão, câimbras constantes e dores nas pernas e na zona da batata da perna, sem que consiga atribuir uma razão plausível a ela, procure um médico.
Quando os sais de cálcio e os lipídios se depo­sitam nas artérias, estas endurecem e as suas paredes ficam espessas, deixando de ser elás­ticas. Endurecemos por dentro. O diâmetro dos vasos diminui devido à formação de camadas de trombócitos que crescem ao misturar-se, formando uma espé­cie de tecido conjuntivo, o sangue tem cada vez mais dificuldade em circular e estanca. Assim como não conseguimos sair das situações. Consequentemente, há uma falta de oxigênio (nos falta espaço pra respirar e literalmente nos falta ar) nos órgãos e músculos que não recebem a quantidade necessária dos vasos sanguíneos afetados. As toxinas são cada vez mais difí­ceis de eliminar das células, o que produz danos adicionais nos tecidos. E décimos, minutos que sejam para acumular dores, medos, rancores e tristezas.


Na natureza o campeão de recomendações é a Cavalinha. Basta dar uma lida na lista de indicações e compreender por que: melhora a circulação sanguínea, combate o colesterol, ajuda a remover as placas de gordura nas veias e artérias.
Coloque 2 colheres de sopa de cavalinha numa chávena e cubra-a com água fervente. Deixe esfriar por pelo menos 15 minutos, coe e beba a seguir. Beba esta infusão várias vezes ao dia, no período entre as refeições, para ter um efeito melhor.

Considerando ...



 [...]Os preparados de óleo de peixe com ácidos gordos Omega 3 podem evitar as deformações arterioscleróticas nos vasos sanguíneos.

 [...] exercício estimula a circulação arterial colateral. É a forma natural do organismo proteger o coração. 

[...] alguns fatores de risco são pontuais, mas o principal é uma ali­mentação inadequada (demasiada gordura, alimentos cultivados de forma pouco natural e, por isso, carregados de substâncias quími­cas, excesso de álcool).

[...] Medicina e alimento para a aterosclerose – dieta a base de: alho, cebola, azeite primeira colheita, trigo, ameixa, morango, fermento, limão, mel, alho-poró, iogurte.

[...] Malva, Fumaria, Visco e Canário, completam as indicações de plantas.

[...] Suplemento nutricional indicado: O óleo de gérmen de milho.
[...] Ou­tros fatores negativos são o consumo ele­vado de nicotina e os vícios prévios adquiridos pela família, não devido a herança genética mas por ter levado um tipo de vida pouco saudável.

[...] uma vida muito sobrecarre­gada, implica em sintomas típicos como as afecções arte­riais, os pés frios, as dores nas pernas e os problemas de coração (angina de peito e etc...), feri­das e ulcerações nas pernas que custam a sa­rar, bem como a pressão alta. 

Possibilidades Homeopáticas:

Na forma física, sugere-se o uso de Baryta ou Sulphur, sendo esses dois campeões de indicação para o problema a fim. Todos os outros; estão contidos em situações pontuais, como Glonoinum e a sua explosão, Phosphorus e sua aparente calma e assim por diante. Em cada um podemos encontrar uma demanda específica para encaixarmos essa deficiência. Abaixo as medicações indicadas desde muito tempo por especialistas e mestres na arte da Homeopatia:

Aurum,
Baryta carbônica,
Berberis,
Carduus,
Gelsemium,
Glonoinum,
Ignatia,
Lachesis,
Lycopodium,
Nux vômica,
Opium,
Phosphorus,
Plumbum,
Sulphur.

Uma das formulações mais conhecidas na Europa e que possui uma visão bastante física, é composta de Arnica, Conium, Glonoinum, Phosphorus e Barium, todos na DH. Preparado segundo as normas da Farmacopeia Homeopática Alemã. Contém 37% Álcool.

Mas numa coisa todos concordamos. A prevenção e o olhar para a própria condição de stress, deve ser um exercício diário. Esse padrão eliminaria muito as condições de risco que a doença alcança. Sendo assim, não largue o acompanhamento com o seu cardiologista, procure um nutricionista, aconselhe-se e não deixe de ir a um Homeopata. O entendimento individual de cada deficiência traz a possibilidade de cura cada vez mais, pra dentro das nossas vidas.
Sugestão de leitura complementar:
Drª Bárbara S. Metzner – Médica Homeopata. http://www.aph.org.br/revista/index.php/aph/article/viewFile/7/21
Homeopatas dos Pés Descalços

Comentários

  1. Minha mãe sempre estudou comigo (inclusive no vestibular). Agora, fazendo faculdade em outra cidade, estou tendo muita dificuldade de estudar sozinha para provas ( não me concentro, vôo direto). Tem homeopatia e florais para mim? Por favor, me ajudem? Obrigada, Elita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elita, leia Natrum Muriaticum e Gelsemium. Achamos que essa saudade pode ser manobrada.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Legal. Gelsemium tem + a ver. Como uso? Obrigada, Elite

      Excluir
    3. Oi Eliete, nossa sugestão é:

      então comece com ele na ch 13/dose única, espere 30 dias e tome outra dose, mas na ch 30.

      Acrescente vervain e walnut - 20 gts antes de deitar.[floral]

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  2. Bom dia, sou meio depressiva (+ crônica).Tenho muito de Sépia: uma agressividade, preguiça (Não faço parte das atividades do cotidiano, entendem?). E tb de Natrum mur e Ignátia. Não consigo me decidir. Não há como compor uma fórmula com os três: Sépia 6ch + Natrum mur 6ch + Ignátia 6ch, para diluir às emoções e eu conseguir me decidir (este e aliás outro problema, mudo muito de opinião, de vontade - tenho pouca força de vontade). Obrigada pela atenção, Isabel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabel,


      esse mudar de opinião e pular de uma pra outra é bem pulsatilla, leia e nos diga.

      Bom, ahamos que na DH 12 (Sépia), pode ajudar. 5 gts - 2x ao dia. Por 20 dias.

      Reveja seus hábitos alimentares, eles podem ajudar muito.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  3. Olá, vim pedir ajuda a voces. Sou uma comedora compulsiva de besteiras, como doces, salgadinhos, tudo de chocolate que aparecer pela frente, etc. Sei que como por ansiedade, sou muito ansiosa. Não acho a seja Nux vomica, vejo que tenho muito mais de Drósera. Acham que devo usá-la? Vocês tem outra indicação homeopática para o meu caso? Obrigada, Viviane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viviane,

      Separe pra nós mais coisas emocionais de Drósera e leia avena sativa, pois o vício pode estar aí e leia também thuya, pois a minusvalia também pode estar nessa compulsão.

      De primeira, drósera realmente se encaixa melhor.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  4. Não sei se a homeopatia pode me ajudar, se puder, por favor, preciso da ajuda de vcs? Meu problema é que tenho aversão ao trabalho físico (arrumar casa, trabalhar num emprego, etc); tenho preguiça fisica (que passa pela mental). Ou seja, sou uma preguiçosa, tipo "boa vida" que vive sustentada pelos outros. Muito obrigada, Cláudia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cláudia, comece por ler Bryônia, depois avançamos.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  5. Olá, tenho a Síndrome do Intestino Irritável (ainda não diagnosticada). Sofro de diarréia, não posso tomar leite e derivados, tb não posso chocolate. Por favor, existe homeopatia para esse caso? Agradeço muito, abraços, Inês

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Inês,

      como planta, indicamos a macela e ou o chá de folha de goiaba, em forma de chá e a maçã como alimento diário.

      Os nosódios podem ajudar, o de leite principalmente.

      Dê uma olhada em carbo vegetabilis. Tem o acompanhamento de uma nutricionista?

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Obrigada. Carbo vegetabilis se parece bem comigo. Como posso usá-lo? Abraços, Inês

      Excluir
    3. Pode Inês, sugerimos assim:

      5 gts pela manhã - na ch 5

      após 20 dias, mudar para o ch 9 e tomar da mesma forma por mais 20 dias.

      os chás são uma boa ajuda e não se esqueça de procurar um nutricionista.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  6. Tenho uma sensação de frieza interna. Uma sensação de estar sendo ridícula, do que os outros acham, pensam de mim ( q me acham ridícula, boba e q riem, às vezes, de mim). Pode a homeopatia me ajudar? Obrigada, Gabi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem sim Gabí,

      leia primeiro Thuya e Gelsemium, depois avançamos.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Poxa, muito obrigada pela resposta, pelo q eu li, emocionalmente sou mais Gelsemium; apesar de não descartar uma certa minis-valia. Abraços, Gabi

      Excluir
    3. Gabi, nossa sugestão é:

      Comece com Thuya - uma dose única na ch 30 - para a minusvalia que apresenta. Depois de 20 dias tome Gelsemium - comece na ch 5 - dose única, e a cada 30 dias tome outra dose nos ch 9, ch 15, ch 30.

      a noite, opte por floral:

      olive e oak - 15 gts antes de deitar. (as vezes o cansaço emocional nos leva a exaustão).

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  7. Olá, meu nome e Valéria, 40 anos e sou muito impaciente, nervosa, ansiosa e as vezes apática e tenho muita diarréia: qd tenho compromissos, qd faço ginastica pu ando muito ( faço esteira) qd como frutas, leites, queijos, doces, chocolates, comidas com fibras (cereais, feijão, etc). E se eu comer um pouco mais algo q não devo, nem posso sair de casa. Minha diarréia cheira mal, é escura, fezes moles, cheira meio a amônia (podre) e antes de evacuar sinto cólicas fortes. A diarréia é longa e demora muito ( fico indo diversas vezes ao banheiro), é quase todo dia, muitas vezes dura dois (ou três) dias. Sinto muita sede e cansaço (durante e após) e qt mais água bebo + diarréia tenho. Nossa escrevi muito, desculpe-me. Por favor, pode me ajudar com a homeopatia? Obrigada, Val

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Val, leia Nux Vomica e pense mais na parte emocional, depois ligamos a diarréia. Gelsemium pode ser uma boa leitura e carbo animalis também.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  8. Olá, foi ótimo encontrar com vcs, espero que possam me ajudar. Meu problema é que vivo doente, cansada, apática, fraca, prostada, sonolenta, sem energia. E isso é o meu normal, pois quando eu pioro (pego uma gripe, uma virose, uma diarréia) é pior ainda, fico mais prostada ainda. E esse meu estado físico sempre foi assim e me impede de viver, assumir responsabilidades, já que estou sempre com algum problema. Já notei tambem que quando começo fazer alguma atividade fisica (que gasta então alguma energia) vem logo a seguir alguma doencinha/probleminha. Apesar de ter meus exames físicos normais, sei que o que tenho é físico. Mas será que não haveria também um componente emocional? O que voces acham? Por favor, tem como a homeopatia me ajudar? Muito obrigada pela ajuda, Andréa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andréia,

      dois alimentos são fundamentais no seu cansaço: maça e banana - so diário.

      Depois leia Baryta e phosphous, porque provavelmente precisa de ajustes entre o emocional e o físico.
      Vamos procurar.

      A noite sugerimos:

      20 gts de olive e oak - 60ml - por 45 dias.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Eu, pelo que eu li, Baryta tem uma coisa de limítrofe, que eu não tenho, parece meio incapaz e eu fui boa aluna. Tirando isso, no resto eu sou na verdade Baryta. Qt ao Phosporus, tenho a fraqueza dele, mas a personalidade não tem muito a ver, quer dizer tenho coisas dele, mas menos que Baryta (menos a "idiotice" dela). O que faço? Obrigada, abraços, Andréa

      Excluir
    3. Andréia, a idiotice de Baryta chega no estado mais avançado ou já de cara se nota. Assim vc pode ter superado muitas coisas e outras precisam se ajustar. Acreditamos mais em Baryta. Para a estrutura física, faça na ch 5 - 10 gts pela manhã - 1 x ao dia. Por 30 dias e ficamos de olho tá?

      Tome suco de maçã todos os dias - 1 copo com (2 maças) e tenha banana na sua alimentação.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  9. Oi, podem me ajudar? Sou meio anti-social, não gosto muito de ficar com outras pessoas, prefiro ficar sozinha (mas não gosto de solidão). Acho que sou egoísta, só gosto de fazer as minhas coisas, não gosto de "perder" tempo com os outros. Gostaria de mudar, será que a homeopatia me ajuda? Grata, Melissa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melissa, o primeiro passo vc já deu, reconheceu que tem algo para resolver.

      Apis, Staphiságria e arnica.

      depois a gente avança.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Há mais ou menos um ano atrás tomei Staphisagria 6ch e depois ch12 (acho que era essas potências), depois parei. É e único que parece comigo. É para usar? Obrigada, Melissa

      Excluir
    3. Melissa, parece que seria o ideal né?

      Sugerimos na ch 30 - 10 gts - 2 x ao dia - por 20 dias.

      De floral tem Walnut e vervain - 15 gts antes de deitar, por 60 dias.

      Tente também algo coletivo, aividade ou curso.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  10. Muito prazer, meu nome é Sabrina, 36 anos e me vi em muitos pedidos de ajuda no site; sou uma mistura de alguns. Sou mãe solteira e vivo com meus pais, não trabalho; acho que tenho dificuldades em viver o cotidiano, em assumir responsabilidades. Sou prostada, preguiçosa, não ajo. Sou gordinha e como muitas besteiras. Descobri que tenho um certa " fragilidade intestinal", tenho diarréia grave ao leite, doces e gorduras.
    Essa diarréia é principalmente depois do café da manhã, sem descartar os outros horários (principalmente em crise, quando como muitas besteiras). Emocionalmente percebi que sempre que tento sair da minha prostração, do meu marasmo (começo uma dieta, um exercício físico, arranjo um emprego) fico doente ou com alguma crise de diarréia. Meu caso, como disse no início é bem parecido com outros (uma mistura de alguns). Por favor, através da homeopatia, me ajudem, ok? Muito Obrigada, Sabrina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é sensível Sabrina e o mundo compreende muito pouco isso. É claro que com os anos vamos nos encaixando em nomes já determinados, mas vc deve tentar. Isso é muito bom.

      leia Aloe Socontrina,
      Gelsemium e Sépia.

      depois nos diga o que achou.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Às três têm muitas coisas de mim. Não dá para começar com uma fórmula com os três juntos e daqui a algum tempo eu vejo o que diluiu e o que predomina? Abraços, Sabrina

      Excluir
    3. Então leia silíca e lycopodium, daí fechamos.

      sépia tem problemas com sexo, veja se isso se encaixa.

      leia: http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2010/12/algumas-situacoes-unicas.html

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    4. Lycopodium não, de sílica tenho algo. Acho q tenho o marasmo e a irritabilidade de Sépia. Sou muito lenta para decidir às coisas, e às vezes, nunca chego a decidir de fato. O que faço? Obrigada, Sabrina

      Excluir
    5. Sabrina, Pulsailla também pode se encaixar, leia ela primeiro, mas vamos deixar sépia bem pertinho, pois ela parece sim.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  11. Gostaria de saber se o Phosphorus é o melhor para ser usado por alguém que sempre que começa uma atividade fisica fica doente e têm q parar a atividade? Obrigada, Júlia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Júlia, ele e Baryta a gente sempre observa. leia e veja se há algo mais.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  12. Olá amigas, preciso de ajuda. Sou uma pessoa travada, que não realiza as coisas, bloqueada. Como se algo me travasse e eu não vou; eu simplesmente não consigo fazer. Estudei, tenho nível superior, mas nunca realizei nada. Por favor, me indiquem uma homeopatia? Grata, Aline

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline, leia thuya e gelsemium, phosphorus e depois andamos. Baryta resolve essa canceira, mas leia.

      Pense tambem na sua alimentação; Come muito doce?

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Como muitos doces, em excesso mesmo (chocolates, bolos, biscoitos, marshmallos, etc. Li, mas ficou difícil decidir entre os quatro (pareço com todos). Me ajudem? Muito grata, Aline

      Excluir
    3. Aline, leia drósera e graphites, ambos tem relação com a compulsão de doces. Seu cansaço pode vir exatamente desse descontrole alimentar, faz sentido.

      sugerimos para começar, uma dose de thuya - única na ch 30 e outra de ch 200 para daqui a 1 mês.

      nosdiga agora, entre essas duas, qual delas se parece mais com vc.

      um abraço,

      a equipe

      Excluir
  13. Pensei em Sépia para mim; sou seca, dura, travada, sem flexibilidade, preguiçosa e irritável. Concordam? Obrigada, Daniela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E com o sexo? como é?

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Com o sexo é meio estranho, meio complicado. Não sou solta, sou travada, como se fosse algo errado. Obrigada pela ajuda, Daniela

      Excluir
    3. Daniela, daí se encaixa Sépia sim. Nossa sugestão;
      Comece com uma dose única de ch 5 e depois de 10 dias, use na ch 9. Pode entrar com florais mineiros: Escolha um ou dois.

      Agave: mulheres corajosas e fortes, que apesar de exaustas escondem o cansaço.
      Aleluia: para mulheres que sofrem de traumas e doenças prolongadas e lhes falta a esperança na recuperação.
      Althaea: rejeitadas; vítimas de abandono, seja nos relacionamentos em suas vidas pessoais.
      Ambrosia: medo que lhe falte recursos para viver; falta de fé na própria vida.
      Anil: enfraquecimento do intelecto e da sensibilidade: medo da velhice.
      Aristoloquia: mulheres com culpa; medos sombrios de pecado e inferno; autopunição. Pecadora.
      Artemisia: limpa as toxinas, para mulheres que se sentem sujas por dentro ou intoxicadas.
      Basilicum: mulheres que se sentem confusas e desequilibradas mentalmente. Se sente incapaz e inadequada ao mundo.
      Bipinatus: síndrome do pânico, medo e terror noturno, desespero e constantes pesadelos.
      Borragine: depressão crônica, negativismos; muitas angústias sem explicação.
      Calendula Silvestre: criatividade comprometida; oscilações entre a realidade e a fantasia, agressividade.
      Camelli: mulheres fanáticas e religiosas em excesso, acham que são portadoras do amor divino, são vingativas e ciumentas. Expressão sua conduta de possessão através do ódio e da agressividade.
      Cassia: vergonha de tudo e a auto condenação são a sua marca, tanto por atitudes públicas quanto sociais.
      Cauliflora: avarentas e reguladoras, aparentam uma falsa generosidade e solidariedade; aplicam a chamada lei da opulência.
      Chicorium: mulheres possessivas, ciumentas, dominadoras, facilmente magoáveis e com uma profunda carência afetiva.
      Emilia: dúvidas; falta de autoconfiança em si mesma e indecisão nas coisas mais banais da vida.
      Eucalyptus: oscilação entre viver e querer morrer; constantes distúrbios respiratórios. Sofre em silêncio.
      Ficus: indecisão e irritabilidade durante o período menstrual, lhe falta clareza mental.
      Foeniculum: cansaço mental; mulheres que tem dificuldades de “digerir” os fatos novos da vida.
      Fortificata: mulheres solitárias, com profunda carência afetiva. Podem chegar a exaustão.
      Fuchsia: para mulheres que disfarçam a tristeza e a angústia com a obesidade, costumam ter insônia.

      um abraço,

      a eqipe.

      Excluir
    4. Mais alguns...
      Guttagnello: mulheres inseguras; seguidos pesadelos; bruxismo.
      Heliotropium: parece haver uma escuridão da alma; angústia extrema; tristeza profunda e melancolia.
      Hibiscus: dificuldades de se interagir com o parceiro; conflitos; falta motivação sexual.
      Impatiens: impaciente, irritada, tensa, nervosa, agitada e inquieta. Não consegue dormir. Tudo é pra ontem.
      Ipomea: vida desregrada, vícios em drogas e bebidas; embotamento cerebral e alcoolismo.
      Lavandula: imaturidade psíquica-biológica; mulheres imaturas com complexos de inferioridade.
      Madressilva: apegados ao passado; não se movimentam. Existe um saudosismo crônico; sentimentalismo exacerbado.
      Malus: considerado um antibiótico floral; pensamentos e sentimentos que levam a sensação de febre.
      Matricaria: mulheres que se esgotam rapidamente e só pensam em viver bem e confortavelmente.
      Mirabilis: mulheres com péssimo humor; cínicas e críticas ao extremo; racistas.
      Momordica: mulheres com pensamento repetitivo.
      Myosotis: não aceitação da perda e da morte, depressão pós parto.
      Origanum: mulheres que não buscam seu próprio destino; sem motivação; sempre entediadas.
      Passiflora: enurese noturna; bruxismo; pesadelos constantes e desconectados; medos vagos e sem fundamento.
      Pinus: sentimentos de culpa e remorsos; mulheres que sempre estão se arrependendo e pedindo desculpas.
      Plantago: medo da vida, mulheres que não arriscam, perderam o entusiasmo, medo das surpresas e do inesperado.
      Psidium: mulheres que se auto mutilam e perdem o controle. Auto destruição.
      Rosa Canina: mulheres com apatia e extrema resignação diante da vida; mulheres com o coração de pedra.
      Rosmarinus: mulheres sonhadores, longe da realidade.
      Ruta: mulheres com vontade fraca; subserviência; se sentem um capacho.
      Sambucus: mulheres com medo do descontrole físico ou da loucura; tremores e tiques nervosos.
      Sempervivum: esgotamento, prostração; total exaustão. Funciona como um tônico pra mulher.
      Silene: fraca identidade pessoal; chamada Maria vai com as outras.
      Tagetes: choques emocionais, traumas e sustos; notícias graves e mágoas.
      Taraxacum: mulheres superficiais. Sem percepção adequada dos fatos em sua volta.
      Trimera: mulheres que vivem com medo de que algo ruim aconteça com os seus. Estado de apreensão constante.
      Verbenacea: mulheres obcecadas por justiça; fanáticas e entusiasmos que levam ao desgaste.
      Zante: mulheres com o sentimento de ambigüidade e conflito sexual; rejeita seu sexo, mais não consegue se decidir.
      Zinnia: extremamente ressentidas e amarguradas. Rancorosas, acham que a culpa sempre é dos outros.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    5. Muito obrigada, vou seguir. Abraços, Daniela

      Excluir
    6. Um abraço e tudo de bom,

      a equipe.

      Excluir
  14. Olá, muito prazer. Gostaria de saber se posso usar Calcária Fosfórica (aversão a rotina de trabalho) no mesmo dia que Gelsemium (incapacidade de assumir responsabilidades)? Grata, Carla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carla, não só aversão ao trabalho, mas os sonhos também, essa aversão pode acontecer pela dificuldade de assumir responsabilidades. Não precisa de dois ao mesmo tempo. Faça separado, o resultado costuma ser muito melhor.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Entendi, acho que pareço mais com a Calcária Fosfórico. Grata, Carla

      Excluir
    3. carla,

      sugerimos então que comece por ela na ch 5 - 10 gts pela manhã por 15 dias.
      Depois passe para o ch 13 tomando da mesma forma.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  15. Bom-dia. Senhoras, tenho 40 anos, e apesar de ser formada em Psicologia ( com pós graduação) pasmem, nunca trabalhei. Eu até tentei mas achei chato (esse é o termo), era como se eu fosse inábil para exercer algo que exige obrigações; então desisti. Pergunto há na homeopatia algo para esse minha inabilidade? O quê? Muito obrigada pela ajuda, Mariana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariana, primeiro olhe Thuya, sua minusvalia está grande demais, depois tentamos outras a partir dessa.

      um abraço,

      a equipe

      Excluir
  16. Oi. Por favor, sou uma mulher sem força de vontade, que desiste facilmente de lutar, que não luta pelos seus objetivos e que muda de vontade (desejos, opiniões) muitas vezes. Não sou de chorar, mas sou "meio fraquinha" tb fisicamente, com sintomas que mudam; assim que melhorou de um, surge o outro. A homeopatia pode me ajudar? Obrigada, Cleonice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cleonice, matérias como Lycopodium pode ajudar. leia e nos diga o que achou.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  17. Boa tarde. Meu nome é Rosana, tenho 32 anos e gostaria que me indicassem um homeopático para o meu caso: sou uma pessoa com desânimo crônico; não me vejo depressiva (nunca tentei, nem penso em morrer). Mas, por vontade própria ficaria o dia inteiro deitada, ou sentada no sofá assistindo televisão, só não faço isso diariamente por que tenho as minhas obrigações maternas; senão não fazia nada o dia inteiro. É uma falta de vontade, uma má vontade, um tal de desistir e arrumar desculpas para não fazer. Preciso de ajuda. Abraços, Rosana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosana,

      leia Sépia;

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2010/12/sepia-o-equilibrio-estagnado.html

      no mais, existiu algum caso de depressão ou tristeza ou algo do tipo?

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  18. Olá, por favor, quais os homeopáticos que posso ler para Desânimo? Grata, Flavinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flavinha,

      leia Aurum Metálicum e Phosphorus, Apis as vezes pode ser aplicado.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  19. Preciso emagrecer e como normalmente, mas adoro doces (mas não os dietéticos e sim, os cheios de açúcar, gorduras e manteiga). Sou louca por chocolates (sou fanática) bolos, doces, biscoitos doces. Por comer tantos doces não consigo emagrecer. Por favor, existe personalidades homeopáticas que sejam loucas por doces? Quais? Há homeopáticos próprios para diminuir essa vontade de doces? Quais? Obrigada, Lara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lara,

      vamos lá:

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2012/09/causticum-um-heroi-uma-heroina-dos-dias.html

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2012/02/graphites-e-sua-personalidade.html

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2010/12/drosera-rotundifolia-entre-gula-e.html

      pronto,

      leia e depois nos diga o que achou delas e da sua fome

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  20. Sou uma pessoa sem energia e iniciativa! Quais são as homeopatias indicadas para mim? Obrigada, Paola

    ResponderExcluir
  21. Sou uma pessoa sem iniciativa alguma (sem energia e vontade).Há homeopatia para mim? Obrigada, Paola

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paola;

      irritada e parada - sépia

      mas leia também:

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2010/11/fadiga-e-cansaco-personalidades.html

      depois diga o que achou.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  22. Oi, que bom que encontrei vcs; preciso da ajuda da homeopatia. Me sinto presa, atada num comportamento, quero mudar, mas não consigo. (talvez não tenha tentado suficiente, ou minha vontade é nula) Agradeço a ajuda, Thaís

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thaís, temos de achar um porque, não concorda?

      leia sépia, graphites e thuya,

      depois nos diga o que achou.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Eu tenho muitas coisas dos três, mas sou mais Graphites. O que faço? Agradeço muito, Thaís

      Excluir
    3. Thaís

      sugerimos,

      20 ml de graphites na ch30 - 10 gts a tarde/por 20 dias

      vervain e olive - 30 gts a noite

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  23. Olá, que bom que encontrei vocês. Tenho má vontade com a minha vida, muita má vontade, mas deveria ser grata, pois tenho tudo que ano. Eu tenho a sensação que deixo a vida passar, como espectadora, sei lá! Fico muito tempo na frente da TV vendo filmes de crimes, assassinatos, mortes. Não quero sair, é uma preguiça. Pensei que posso ser Aurum, que pode ser uma depressão camuflada, pois quando tomo algum fortificante (com, por exemplo triptofano, que dá energia), saio, fico com boa vontade, fico bem. Por tudo que li, pensei em Aurum, tb Natrum e Ignátia. Penso muitas coisas, que ficam só no pensamento, pois nunca ajo. Obrigada pela ajuda, Sônia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sônia, de inicio, acreditamos que deva rever a sua alimentação, procure uma nutricionista.

      Depois veja se há alguma vontade de suicídio, Aurum pensa nisso e muito.

      Veja antimonium crudum e kali bicromicum.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Muito obrigada pela resposta. Vou ler e retorno. Abraços, Sônia

      Excluir
    3. Ficamos no aguardo.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    4. Achei muito do Antimonium crudum. O q faço? Obrigada, Sônia

      Excluir
    5. Nossa sugestão é que comece com o ch 5 - 10 gts em água pela manhã, por 30 dias.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  24. Se os medicamentos não forem inimigos posso misturar até quantos homeopaticos de 30 ch na mesma fórmula?
    Posso misturar um de 30 ch e outro de 6 ch, por exemplo?
    E também posso misturar quantos de 200 ch na mesma fórmula?
    Excelente o site, parabéns! Obrigada pela atenção, Giuliana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Giuliana,

      Para nós o ideal é não misturar, mas se quiser fazer tudo no ch - use o mesmo.

      No máximo separe com diferença de 2 horas cada, no mínimo, mas não e o ideal. Veja se a direção não e a mesma.

      Ex: dois medicamentos para a mesma ação, apenas possuem o sintoma diferente.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  25. Prazer em conhece-las. Oscilo sintomas: ou gripe, ou diarréia, ou nariz pingando, ou ouvido doendo, ou garganta ardendo, ou algum problema muscular. Sempre tenho algum problema, nunca estou saudável ou bem. Podem me indicar algumas homeopatias para o meu caso? Obrigada, Thaís

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Thaís,

      leia lycopodium e glsemium, depois nos diga o que mais se encaixa ou não.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  26. Olá, oscilo entre a diarréia e a prisão de ventre, a homeopatia pode me ajudar? Grata, Bia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bia,

      leia:
      Nx vômica e Aloe - http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2013/02/aloe-socotrina-enfezado.html

      Se precisar leia carbo vegetabilis.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  27. Por favor, existe homeopatia para aumentar a Serotonina? E tb para diminuir a preguiça e diminuir o cansaço? Obrigada, Wanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wanda, leia Aconitum, baryta, calcáreas, depois diga o que achou.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  28. Oi, ainda bem que encontrei vcs, preciso da ajuda da homeopatia. Tenho um vazio interno. Muito obrigada, Cláudia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cláudia, leia Arsenicum, Ignatia e Aconitum Napellus.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Vou ler e retorno. Obrigada, Cláudia

      Excluir
    3. Sou Ignatia (apesar de ter muito de selenium) . O q faço? Obrigada, Cláudia

      Excluir
    4. Isso é muito legal, comecemos com a Ignatia para conrolar essa ansiedade, depois voltamos a analisar. Sugerimos 10 gts - 2 x ao dia - a Ignatia Amara na ch 5.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  29. Prazer. Eu sempre que tenho um resfriado, ou uma diarréia, etc, levo semanas para me recuperar. Queria melhorar/apressar esse meu estado de recuperação/restabelecimento têm homeopatia para isso? Obrigada, Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana,

      Cuide da sua alimentação, isso realmente muda a nossa vida

      Na lateral direita existe os marcadores, procure sobre SAIS DE SCHUSSLER.

      um abraço,

      a eqipe.

      Excluir
  30. Olá, muito legal o site, congratulações! Sabem, li bem e vi que emocionalmente (psicologicamente) sou muito Sépia. Devo usá-la como? Obrigada, Sara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sara, obrigada pelo carinho,

      No começo sugerimos sempre começar por ch 5, mas veja se não há nada que já esteja mais avançado.

      aguardamos,

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Muito obrigada pela resposta. Acho que eu não entendi, o que pode ser mais avançado, me de um exemplo por favor? Abraços, Sara

      Excluir
    3. Sara, sendo sépia, sugundo suas próprias conclusões, está em crise agora? se não, pode começar com ch 5.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  31. Se a crise for emocional, sim estou em crise. Como devo usá-la? Obrigada, abraços, Sara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então sugerimos que comece da base, na ch 5.

      depois de uns 20 a 30 dias passe para ch 3 e depois para ch 13 - depois vá para a ch 30 - tomar durante 20 dias cada ch.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  32. Bom dia! Me identifiquei com Gelsemium, ja tomo Ignatia amara 30 ch. Posso mistura-los?

    Tomo Ignatia pois sou muito ansiosa, tenho psoríase, cuido da minha mãe que é cadeirante desde 7 anos, faço faculdade além de cuidar da minha filha e trabalhar. Me sinto esgotada fisica e metalmente. Com ignatia emagreci 4 kilos, pois tenho dificuldade em perder peso devido ao hipotireodismo. Oscilo entre a agitação e a apatia, alegria e trsiteza. Aguardo resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bárbara, antes de tentar gelsemium - claro que combina, pode entrar com floral a noite e talvez um complexo para stress (que é bem definido no seu caso).

      sugerimos:

      10 gts de olive, larck e oak _______ 2 x ao dia.

      Converse com seu homeopata e veja ou a mudança de ch da ignatia ou a introdução do gelsemium.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  33. Qual ch de ignatia vc me indicaria?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poderia alterar para ch 100 ou ch 200 - dose única e depois de uma semana, começaria com Gelsemium na ch 5 - essa é uma opção, mas deve ver com o homeopata que te acompanha.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  34. Obrigada a toda equipe.

    ResponderExcluir
  35. por favor gostaria que me informassem como uso o ledum palustre para o tratamento de eritema nodoso.
    grata pela atenção. ana maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana,

      Primeiro uma xícara de chá de alecrim ou de tanchagem ao dia é muito bom. Diminuir a carne é fundamental e limpar o corpo idem, já que pode ser fruto de reação medicamentosa.

      O ledum palustre pode ser usado no ch 5 - 5 gts/2 x ao dia, (ativo), se há equilíbrio pode ser ch 9 ou ch 13 - mas vale ler a matéria e ver se ele se encaixa na sua personalidade.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. obrigada pela informação. Quanto ao uso de carne como pouquissimo, nao gosto e não me sinto bem , demora a fazer a digestão, e medicamentos só tomo um comprimido de lozartana potássica que é para a pressão.A respeito do ledum, amateria médica que li não consta como sendo constitucional, só relata que é um excelente remedio para o eritema nodoso com sintomas reumático e os tornozelos inchados, que é o meu caso.
      vcs poderiam me informar onde encontro a matéria médica completa sobre o ledum palustre. Deus abençoe a todos.
      Ana Maria

      Excluir
    3. Ana Maria - leia ...
      http://www.vithoulkas.com/en/books-study/online-materia-medica/3470.html

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  36. Boa noite ! Tomo Argetum 200 Fc à noite, antes de dormir, pois, foi o único remédio que me ajudou com meu problema de insônia. Me identifiquei com Ignatia, tenho uma depressão antiga que piora com a TPM. Gostaria muito de saber, se posso tomar a Ignatia em grâdulos e, se posso iniciar com uma dosagem maior. Desde já, agradeço pela atenção. Deus abençoe vocês!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, o que acontece é que se começar com dosagem maisor...imagino ch 200 , pode abrir o choro, próprio da Ignátia.
      O melhor é tomar um floral que acompanha bem essas duas homeopatias - Agrimony - 20 gts - 2 x ao dia.
      Caso queira usar Ignátia no período da TPM, sugerimos um ch 5 ou 13, em glóbulos, longe do Argentrum/salivar 4 glb. 2 x ao dia.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Muito obrigada por responder !
      Detalhes da depressão antiga que tenho e que piora com a TPM: medo de olhar algumas pessoas nos olhos, muita insegurança em quase tudo que faço, evito o convívio social.
      Aguardo resposta

      Excluir
    3. Pense na sensibilidade de Gelsemium, no medo enorme do Natrum Muriaticum e na minusvalia de Thuya.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  37. Boa tarde!

    Por favor, existe homeopatia para ajudar no combate a nódulos mamários ?
    Aguardo resposta.
    Muito obrigada ! Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, nos desculpe a demora, tivemos problemas na página.

      Leia:

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2012/08/sais-de-schussler-v.html

      + Conium maculatum

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir

Postar um comentário

A ÚNICA CONDUTA ACEITA PARA COMENTAR É A GENTILEZA.

Postagens mais visitadas deste blog

LYCOPODIUM CLAVATUM

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO