CRIANÇAS E HOMEOPATIA - I



CRIANÇAS E HOMEOPATIA

A PERSONALIDADE E SEUS KEYNOTES.



Keynotes, no popular, são dicas chaves, palavras chaves que nos colocam de frente com particularidades bem definidas. Pois é, as crianças também possuem as suas.

Vários pediatras com especialização em homeopatia se dedicam a compreender esses pequenos seres e tentam na medida do possível encontrar brechas para o restabelecimento da saúde.

Vários homeopatas pensam numa ajuda possível e com isso a observação de detalhes é de suma importância.

Essa qualidade homeopática, a da observação, traz um convívio mais harmonioso pra casa e faz com que a criança cresça com mais confiança e os pais aprendam a compreender os sinais da infância de forma mais suave.

A personalidade da criança está se criando, veio um pouco na bagagem e o restante será construído com o que vai conseguir captar do mundo e com o que vai ver pelo mundo. E seus sentimentos? E a construção da sua memória? O que importa e qual o sentimento que mais aparece?



É aí que aparecem esses pequenos amigos a nos dizer que prestemos atenção e vão nos ajudando a delinear melhor esses pequenos universos que chamamos de criança. Muito disso pode ser visto nas suas reações perante a vida, as situações e as enfermidades. Essas reações são um alerta de ajudas possíveis.

Procure um homeopata e compreenda como você pode ajudar na construção da personalidade do seu filho, como a homeopatia pode ajudá-lo a resolver seus pequenos grandes problemas.



Afinal, esse caminho é o início de uma longa descoberta e de uma caminhada que se possível deverá ser percorrida com muito carinho e com muita verdade. Aos pais fica a ajuda de aprender a respeitar desde cedo à personalidade do filho e tentar na medida do possível ajudá-lo a percorrer esse caminho.







Douglas Borland, MD




Douglas M. Borland 


1885-1960 Douglas MD Borland foi um dos homeopatas britânicos mais famosos do século 20. Ele estudou com Kent, em 1908, em Chicago, e é famoso por introduzir a homeopatia Kentiana para a Inglaterra. Durante a Segunda Guerra Mundial, ele estava no comando do Hospital Royal Homoeopathic Londres. Douglas Borland foi um médico experiente e publicou várias obras de homeopatia bem conceituadas que são particularmente relevantes para a prática clínica.





O Dr. Douglas M. Borland conseguiu de forma clara estudar e dar referencias bem precisas sobre esse universo tão pouco explorado.



O que fizemos aqui foi colocar as ajudas do Dr. Douglas num contexto bem próximo do que observamos ao longo das nossas experiências. Compilar e passar um pouco da nossa vivência no assunto.

Recomendamos que todas as crianças e esse é um sonho nosso, bem particular, possam ter condições de serem atendidas por homeopatas, que possam ter condição de uma vida mais plena e mais saudável, todas, sem exceção. Assim sendo nosso desejo é de que exista sempre um homeopata nos postos de saúde e na rede pública de atendimento.

Sabemos que é uma tarefa difícil para os pais apontar os erros dos filhos ou então dissemos, mas é apenas uma criança! Sim, é verdade, entretanto, são seres em pleno desenvolvimento. O que fazemos é apontar situações, estruturas e sinais que podem ser consertados ou mesmo corrigidos, com o devido respeito a aquela criança.

Um bom exemplo é a criança de Sulphur – mostra sua intelectualidade desde criança, se mete em assuntos dos adultos e até os desafia se dominar o assunto. Nunca vai gostar do banho, é capaz de ficar sentado no vaso com o chuveiro ligado pra dizer que tomou banho e se ninguém se lembrar de colocá-lo no banho, nem pense que ele vai por si só.

Os Homeopatas dos Pés Descalços pensa e acredita numa medicina realmente holística, onde todas as vertentes sejam respeitadas e onde todos os profissionais tenham condição de se especializar para que o foco principal de todo esse trabalho seja realmente o ser humano e nesse caso, os pequenos herdeiros dessa terra e de suas vidas.



ASSUMINDO O RECONHECIMENTO

Quem gosta de ouvir queixas, defeitos e piadas sobre si mesmo? E sobre os filhos? Pois é, por esse motivo, quando vemos escrito que uma personalidade é maldosa, faz as coisas porque sabe que pode conseguir algo em troca e por tanto usa isso a seu favor e contra os outros, tomamos logo as dores, justificamos que são pequenas, que não é nada disso ou daquilo.




Precisamos mudar o foco quando queremos ajudar a nós mesmos ou a alguém. Muitas vezes ouvimos desabafos e pedidos de desculpas, mas na realidade esse é o mais rico de uma consulta. Sabemos que uma criança de 5 anos por exemplo, ainda não pode fazer essas conjecturas todas, mas sabemos que naquele instante que algo deve ser feito durante a sua fase de crescimento. Podemos ajudar as pessoas a serem melhores e podemos fazer isso com nós mesmos, imagine com crianças então.



Pense que seu filho não enfrenta nada – traços de covardia, falta de confiança em si mesmo, medo, receio da queda e por aí vai, entretanto em todos os itens existe a covardia, o medo e o receio de encarar situações.

Às vezes a covardia é dos pais e passa isso adiante. Outras vezes a superproteção é tanta que se cria uma covardia inexistente, uma dependência forçada. Aqui a personalidade influencia os dois e quem sabe a família toda.



Entretanto esse blog é a prova viva de que as pessoas acabam se deparando com suas fraquezas e pondo pra fora. Afinal, as virtudes estão na saúde e no equilíbrio e não na doença ou no desequilíbrio, por isso falamos deles, dos sintomas, dos incômodos e das coisas que não caem bem. As crianças criam um ritmo diferente do nosso, elas transparecem, o bom e o ruim, a gente é que tem mania de fazer de conta, de passar a mão na cabeça e de sempre colocar que o defeito é do lado oposto da família, nunca nosso.

O fato é que a vida foi feita para ser vivida e da forma com que enfrentamos a dificuldade é que se estabelece essa intimidade com a doença.



São as personalidades mirins ... que daqui a alguns anos serão os jovens com fobia, tristeza, esquizofrenia, amargura e depressão. Se der pra fazer alguma coisa, faça.

Quando seu filho começa a fazer chantagem com as coisas, leve-o a um homeopata, não é uma doença, mas quando ele crescer, não fará isso com os outros ... provavelmente e será muito mais feliz. Felicidade é saúde.




Quem costuma acompanhar o nosso blog, sabe que temos pavor de radicalismos, portanto, essas são ajudas que podem ser usadas por quem se interessa por Homeopatia, por quem tem afinidade com ela ou por quem simplesmente gostou da ideia.

Por cá não se trata de uma obra, mas de um estudo mais delicado e que visa nos dar a conhecer aquele trecho a mais que todas as crianças têm e que podem e devem ser vistas quando criança, pois evita muito aborrecimento mais tarde.



PARTE I



*Abromatum – é a criança que faz greve de fome, sabe ser chantagista deixando os pais enlouquecidos. Costuma compreender muito bem o sentimento de culpa dos pais e usa isso.

*Allium Cepa – come de tudo e muito, está sempre com fome e com o nariz escorrendo. Essa criança reclama de pesadelos.

*Aloe Vera – qualquer coisa ela está no vaso com diarreia. Comida diferente, sentimento diferente. É uma criança mole, não tem entusiasmo para as coisas.

*Agaricus Muscaria – crianças com tiques nervosos, com aflições delirantes. Costuma se vingar das brincadeiras. Normalmente agitada de dia e calma a noite.

*Aethusa – vomita tudo que tem leite, tanto o materno quanto o artificial.

*Aconitum – a criança que apresenta fobia escolar, se esconde num sentimento de rejeição profundo. Pode apanhar um resfriado pelo simples tempo úmido, qualquer umidade. Crises de ansiedade com tremores podem acontecer.

*Aurum Metalicum – a prática da família, super interessada. Entretanto sua sensibilidade é alta. Se for exposto ao ridículo em público, humilhado e ou se sentido constrangido, pode apresentar gagueira transitória.

*Asafoética – vai reclamar sempre de um movimento que sobe e desce dentro dela, nem vomita e nem descansa. Sua evacuação é sempre um mal cheiro só.

*Artemísia Vulgaris – essa criança pega tudo o que vê, costuma levar os brinquedos dos amiguinhos pra casa. Nunca está satisfeita com o que tem, sempre quer o que é dos outros.

*Berberis Vulgaris – tem medo de fantasmas e pode urinar na cama a noite por esse motivo. Não dorme de luz totalmente apagada.

*Bismuthum – não consegue ficar bem se não tiver contato visual com a mãe.

*Antimonium Tartaricum – só quer colo, não tem energia pra brincar. Tudo que faz é lento.

*Antimonium Crudum - é apaixonada e sonhadora desde cedo. Come bem, apresenta a língua branca e suspira vendo a lua.

*Baptista – essa é a criança aflita, parece que está pedindo ajuda o tempo todo. Olha ara os lados angustiada.

*Bromium – é a criança fortona, entretanto tem a tendência de ser cheinha e sensível. Por causa dessa sensibilidade ela vive com inflamação de garganta, é impulsiva e chora fácil.

*Bovista – e viva a brincadeira, gosta e curte brincar e não quer saber de mais nada. É estabanada e desde pequenininha já apresenta cheiro forte debaixo das axilas.

*Borax – seu maior medo é cair ou escorregar, não gosta de altura e está sempre assustada com possíveis tombos.

*Belladonna – ataques violentos de raiva, fica com o rostinho vermelho, briga com facilidade e vai pra cima, não tem medo de nada. Depois costuma ter febre e choro de raiva.

*Camphora – extremamente friorenta, sempre se descobre, mas no fundo ama o frio.

*Calcarea Sulph. – é uma criança muito insegura, tem certeza de que seus pais vão abandoná-la. Tem medo da solidão e um forte sentimento de perda.

*Carbo Vegetab. – mal acabou de comer e já está dormindo, perde o animo depois de comer e sempre tem problemas digestivos.

*Capsicum – tem uma variação de humor entre a euforia e a depressão. Ama comida condimentada.

*Calcárea Phosph. – não gosta de estar com outras crianças, gosta mesmo de seus brinquedos e suas coisas.

*Carcinosinum – pode estar ruim o quanto for, se puder ouvir música, todos os seus sintomas vão melhorar.

*Crotalus – é a criança que está sempre infeliz com tudo, sempre triste, com ar preocupada e triste. Tem a tendência de sangrar com facilidade.

*Lycopodium – quando há distúrbios de fala, sua comunicação pode ser difícil.

*Sulphur – tem olhos para muitas coisas e nada com profundidade. Mente que vai tomar banho, caso não tomem cuidado, ele dominará a sala de aula com suas palhaçadas, sempre inteligentes é claro, mas pode apresentar distúrbios na fala por querer falar rápido demais.

*Sépia – quase não se ouve a sua voz, parece uma pessoa bem velhinha no corpo de uma criança. Seu comportamento é muito quieto. Tímida e verbalmente agressiva. Pode ser bastante rude com as pessoas.

*Nux Vômica – a criança se acaba no dia seguinte da festinha de aniversário. Fica de mal humor, irritada, briguenta e adora jogar coisa nos outros.


 uma boa sugestão de leitura



O texto acima não deve ser usado como auto medicação e não substitui um profissional gabaritado/um homeopata. Muito pelo contrário. Se o profissional recebe essa criança desde cedo, é capaz de ajudar e muito nos conflitos que acontecem nessa fase da vida. Claro que não podemos deixar de ter em mente que o ambiente, ou seja nós mesmos e nossos comportamentos também são bastantes pontuais. Ver nos filhos, nos ajuda a ver em nós mesmos.

Homeopatas dos Pés Descalços

Comentários

  1. Bom dia. Na minha filha de seis anos já nasceram os dois dentes frontais inferiores definitivos e ainda não cairam os de leite (os definitivos nasceram por traz). O dentista quer arrancar os de leite com anestesia e tudo e eu quero evitar esse trauma. Peço ajuda: tem na homeopatia algo que facilite a queda destes dentinhos de leite ou facilite a troca da dentição? Agradeço a ajuda, Chris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pense em gelsemium na ch 9 - coloque em um algodão e passe na gengiva perto/próximo dos dentinhos de leite dela.

      Chris, isso costuma ajudar muito.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Obrigada, vou pedir

      Abraços,
      Chris

      Excluir
    3. Um abraço e sorte com os dentinhos.

      a equipe.

      Excluir
    4. Já estou com o gelsemium. Quantas gotinhas ponho no algodão? Qt tempo deixo? Obrigada, Chris

      Excluir
    5. Oi Chris, pegue um dedinho de água e coloque dez gotas de gels. ou dez gotas direto no algodão.

      Quantas vezes quiser fazer no dia - essa é a nossa sugestão.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  2. Por favor, minha filha de seis anos sempre foi muito nervosa e faz xixi na cama, tem medo do escuro. Qual homeopatia ccs indicariam? Obrigada, Marina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, leia stramonium, causticum, carbo animalis e aconitum. Pegue pequenos detalhes da personalidade da sua filha e junte ao medo do escuro que essas medicações acima apresentam.
      A que tiver mais situações comuns será provavelmente a mais indicada.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  3. Bom dia, estava vendo este vídeo sobre a falta de Magnésio no corpo e gostaria de mais esclarecimentos, se existe alguma homeopatia que poderia ajudar neste processo.

    O vídeo é este: http://www.youtube.com/watch?v=ox2dGBGzeJw

    Pensei nos sais de schussler, poderia suprir?

    Grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline, Os sais podem ajudar sim e muito, além disso vale a pena ler Magnésia Carb. para maior entendimento da estrutura emocional, além da física.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  4. Olá. Qd criança era igual a Aloe e hoje ainda sou, mas já tenho 35. Devo usá-la? Grata, Cida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser sim Cida. Estamos preparando uma matéria bem legal sobre Aloe Socotrina.

      Um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  5. Um assunto polêmico, mas vale a pena assistir estes vídeos, esclarecem muita coisa sobre as vacinas:

    http://www.youtube.com/playlist?list=PL9E35D01053C5D677

    até

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é polêmico e fica muito difícil quando o assunto é dinheiro, controle, mídia e informação, sendo a saúde um prato cheio. Mas o radicalismo também é uma doença, faltam estudos sérios e mercados sérios de pesquisadores e médicos.
      A opção deve ser individual, mas os estudos sobre o assunto não podem parar.
      Ex: costumam dizer que os diet dão cancer, se isso realmente está comprovado, porque os governos não os retiram dos mercados? seu país, nosso país apoia o cancer? Difícil e complicado. Há de se pensar sim e muito.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  6. Olá, por favor, venho pedir ajuda e confessar (com uma certa vergonha) que apesar de ter tido filhos desejados e amá-los (são dois) acho chato ficar com eles, eles me incomodam ( Não sei brincar, conversar, ser criativa.). Tem na homeopatia algo para mim? Muito obrigada, Mariana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariana, não precisa se envergonhar, vamos é tratar de entender tá?

      leia Borax e calcárea phosphórica (por se sentir ainda criança, não gosta de outras)

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Obrigada. Acho que as duas são válidas, mas a Calárea fosfórica me apresenta mais coisas que parecem q me servem? Muito obrigada, Mariana

      Excluir
    3. Mariana, então nossa sugestão é que faça uso dela na ch5 - 5 gts - 3 x ao dia.
      Faça isso por 1 mês e depois avançamos para a ch 12.

      Leia os florais e a alma feminina e nos diga quais são parecidos com vc.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  7. Oi, venho mais uma vez pedir sua ajuda. Tenho um dois filhos. Um de 5,4 anos e outro de 2,7 anos. Personalidades muito interessantes e diferentes não custa dizer. Eu e meu marido somos cuidadosos no sentido de que coisa de adulto e coisa de crianças são coisas distintas. Porém, desde muito cedo o menino de 5 anos fica muito aceso quando vê uma moça de roupa de banho e principalmente se ela for gordinha com seios e quadris grandes. Me puxa eufórico e diz que acha LINDO quando a moça é assim.... grossinha (segundo as próprias palavras dele). Não faço escândalos. Ouço o elogio e a euforia dele e falo que a moça é sim muito bonita e só, não brigo ou recrimino e passo para o próximo assunto. Mas preciso dizer que: Não, eu não acho isso normal. Acho que ele é criança.Tem floral para esse interesse tão aflorado dele?
    Desde já obrigada. Um beijo. Márcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Márcia, vamos buscar um sentimento;

      Não se culpe tanto, vamos lá:

      1. http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2011/06/paracelso-e-algumas-plantas-magicas.html - com mitas referencias para as crianças.
      2. Verbenacea - um floral mineiro que pode ajudar, ajuda a equilibrar euforias - 1 gota ao dia, por 30 dias.
      3. do resto é começar a observar algum sentimento mais aflorado, que fuja do que acham de bom tamanho para ele: exemplo: medo excessivo do escuro, brigão e etc...

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Oi, obrigada pela resposta. Percebo que ele tem muita dificuldade de verbalizar o que sente. Procuro conversar muito com ele. Mas as respostas são poucas, monossilabas, dispersas. Demorei a conseguir tirar a chupeta definitivamente e vi que ele piorou muito de comportamento desde que isso aconteceu. Vejo ele nervoso e cansado, sem conseguir relaxar direito. Como se tivesse sido retirado dele uma válvula de escape. Ficou implicante e sempre que pode acorda o irmão de propósito. Responde ríspido. Continuarei observando e darei notícias. Muito obrigada mesmo.

      Excluir
    3. Márcia, leia sobre gelsemium, podemos estar disnte de um pequenino assim.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    4. Olá, demorei a voltar pois fiquei a observar atentamente o comportamento do menino. Li Gelsemium. Ele tem sim algumas características, não todas, mas alguma. Tem medo das coisas, a disciplina rigoroso deixa ele apavorado, acuado, desesperado. Tem dificuldade de assumir responsabilidades. É muito maduro para a idade, muito inteligente para ler, para jogos e para os números. Aprende rápido. Mas se brigar com ele na ora de ensinar ele trava. Chorou muito, muito mesmo dia desses, um choro sofrido, e quando perguntei o motivo ele disse entre soluços que sente MUITA falta da chupeta e que ele não consegue dormir direito ( sem chance de voltar a chupeta).Procurei acalmá-lo, mostrar as diversas qualidades dele. O quanto ele está crescido e aprendendo muuitas coisas novas e legais. Ele pareceu aceitar mas seguiu muito triste. Há algo que eu possa fazer para ajudá-lo a passar por essa fase para que ele relaxe e descanse? Com todo o meu agradecimento. Um beijo. Márcia

      Excluir
    5. Márcia, sugerimos gelsemium na ch 30 - 5 gts x 2 vezes oa dia e um floral.

      walnut e vervaim - 10 gts num suco - tomar 1 x ao dia.

      Veja se há alguma coisa que o incomode a noite, pode ser que use [queira] a chupeta para se sentir seguro.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    6. Olá, obrigada pela resposta.Fiz a leitura de radiestesia em minha casa e foi detectado um desequilíbrio de energias hartman em direção a cama deles. Como o cômodo é muito pequeno não temos opção de colocar a cama em outra posição. Foi sugerida a colocação de uma placa para neutralizar essas energias. E assim fiz. Farei os florais e darei notícias. Ele está tomado a Verbenacea e tenho percebido ele menos resistente para as tarefas do dia a dia. Um beijo. Márcia

      Excluir
    7. Oi, outra coisa. Preciso de mais uma orientação, por favor. O Bernardo o meu outro filho de 3 anos é pura energia. Mas se parece com um pequeno tanque de guerra, até na constituição física, é forte e enérgico, quebra brinquedos, muito inteligente, adora lutar, bater, empurrar, espalhar tudo pela casa. É carinhoso e MUITO teimoso.Poderia me indicar algum floral para o excesso de teimosia e resistência a regras? Um beijo e mais uma vez obrigada. Márcia

      Excluir
    8. Márcia,

      limpe a casa com alfazema, algumas gotas na água, ajuda a respirar e a alcalmar o sono. Retire muitos brinquedos e muitas coisas que possam estar amontoadas, ajuda também.

      Vai dar certo.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    9. Oi, outra coisa. Preciso de mais uma orientação, por favor. O Bernardo o meu outro filho de 3 anos é pura energia. Mas se parece com um pequeno tanque de guerra, até na constituição física, é forte e enérgico, quebra brinquedos, muito inteligente, adora lutar, bater, empurrar, espalhar tudo pela casa. É carinhoso e MUITO teimoso.Poderia me indicar algum floral para o excesso de teimosia e resistência a regras? Um beijo e mais uma vez obrigada. Márcia

      Excluir
    10. Márcia,

      Valnut pode entrar aí, entretanto rescue ainda é o melhor.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    11. olá, venho mais uma vez agradecer. Fiz o recue para o Bernardo e a melhora foi imensa. O Nícolas também ficou mais calmo e mais suave. Ainda o pego fazendo com a boca os movimentos como se estivesse chupando chupeta e começou a querer "chupar" dedo. O walnut e vervaim acabaram. Devo repetir a dose? obrigada imensamente. Beijos. Márcia

      Excluir
    12. Pode repetir sim. Esse frasco e mais um. Depois remodelamos.

      um abraço e tudo de bom. Legal quando vemos que as coisas dão certo.

      a equipe.

      Excluir
  8. Boa Noite!

    Postei sobre minha filha em outro lugar do blog e não estou encontrando o post, esqueci de marcar a pagina...me desculpem, por isso estou postando novamente...
    Minha filha tem 7 anos, é extremamente inteligente e carinhosa porém é muito agitada, medrosa, carente, insegura e costuma fazer brincadeiras inconvenientes com os amigos. Estou usando ignatia amara 5 ch a um mês, 5 globulos 5 vezes ao dia, ela melhorou mto, ficou mais confiante mudou bastante porém o medo do escuro e ansiedade persistem assim como a desorganização com suas coisas, some com tudo que tem desde brinquedos até material escolar. Gostaria de uma orientação sobre qual personalidade poderia estar usando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bárbara,

      Aloe Socontrina pode ser lida Bárbara, mas veja Gelsemium e Aconitum lapelus.

      um abraço,

      a equipe - Ignatia não nos parece muito com ela, tem que avançar. A desorganização em sí e muito de Sulphor, então leia ele também.

      Excluir
  9. Olá equipe,

    Li Aconitum Napelus e achei muito parecida com ela quando fala dos medos e das agitações e também das inflamações pois a Luiza já fez cirurgia de garganta, adenoide e ouvido aos 2 anos e hoje sofre de constantes crises de rinofaringite. Me surpreendi quando fala do "gelo na barriga" pois ela sempre me relata isso assim como as palpitacões frequentes. Ja Sulphor, se asemelha apenas na desordem mas ela não gosta de sujeira, não é orgulhosa muito menos ingrata. Qual dosagem posso começar de Aconitum? Posso associar Sulphor nesse caso tb?

    Amo o blog....nele me sinto acolhida...
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bárbara, não há porque lidarmos com sulphur agora, fiquemos com conitum.

      Nossa sugestão é:

      1 gbl sublingual de Aconitum nap. na ch 5 - 3 x ao dia.

      a noite:

      10 gts em suco ou água de rescue remedy.

      Manter isso por 60 dias.

      um abraço e vamos lá, fique de olho, algumas mudanças são clássicas no comportamento.

      a equipe.

      Excluir
  10. Boa noite! Minha filha tem 3 anos. Entrou na escola neste ano e sempre foi muito grudada em mim. De algumas semanas para cá ela tem tido crises de nervosismo, cria motivos para discórdia, para iniciar um choro sem motivo. Ela já chegou a vomitar de tanto forçar o choro. Não aceita ser contrariada. Sinto que ela quer a minha atenção a qualquer custo. Está com muito medo de me perder pois tenho que estar sempre no seu campo de visão. Percebo que está insegura quando entra em qualquer ambiente diferente que não seja a nossa casa. Está se tornando uma criança triste, insegura, geniosa. Como poderia tratá-la para amenizar esses sentimentos? Obrigada! Gisele

    ResponderExcluir
  11. Boa noite! Minha filha tem 3 anos. Entrou nesse ano na escola e está realmente gostando mas sempre foi muito grudada em mim.
    De algumas semanas para cá ela vem apresentando crises, surtos de nervosismo. Procura motivos para iniciar uma discórdia, inicia brigas sem motivo, chora sem parar, não aceita ser contrariada em casa, não aceita as regras impostas por nós, pais. As crises de choro (muito nervosa) duram mais de hora, ela chega a forçar vômito para agravar.
    Percebi que está querendo a minha atenção e está com muito medo de me perder. Não posso sair da sua vista que já bate um desespero nela. Fora de casa ela está desconfiada, brava, é muito geniosa e está com medo, se nega a se relacionar com outras crianças que não sejam do seu convívio. Existe algo que poderia amenizar esses sentimentos? Obrigada, Gisele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara Gisele,

      Essa reação é razoavelmente normal, é muita novidade e a pequena só tem 3 anos.
      Valorize a escola dela, converse sobre, brinque e vamos devagar.

      colocyntus, cocculus (lembra muito as brigas), lycopodium e lachesis - mas é somente uma menina de 3 anos, em muito não vai se confrontar, mas leia.

      Gelsemium tem uma sensibilidade mais de choro, então achamos que não se encaixa.
      Tente ver se ela encaixa com as crianças descritas no post.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  12. Olá. Minha filha tem 6 anos e usa homeopatia desde os 3 com muito sucesso. Há mais ou menos 6 meses ela vinha tomando Calcarea Carbonica ortho c30, 2gl a noite. Na última consulta, há cerca de um mês, mudou para silicea terra, mesma potência Oie posologia. Não sei se é coincidência, mas tem estado muito "birrenta", chora por qqr coisa, teimosa... Tenho muita confiança na médica, mas ainda não falei com ela sobre isso. Hoje, após mais uma ceeninha, pensei na possibilidade de ser resultado da medicação e resolvi xeretar na internet e me encantei com o blog! Então resolvi perguntar: o que vc acha? A silicea pode estar afetando o comportamento dela? Ou será só uma fase meio "mal-criada" mesmo? Parabéns por este espaço fantástico e obrigada por sua atenção!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mãe,

      o oposto pode apresentar reação sim - leia http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2013/03/algumas-personalidades-homeopaticas_4.html,

      mas deve conversar com a homeopata, ajustes podem ser feitos, ela apresentou algum quadro alérgico anterior a troca de medicação?

      um abraço,

      a equipe

      Excluir
    2. Olá,
      Obrigada pela resposta. Vou ler atentamente o link!
      Ainda nao pude falar com minha médica, pois está viajando. Mas vou falar sim! Respondendo à sua questão, não houve nada alérgico não. Ela só andava um pouco retraída diante de outras pessoas, se escondendo atrás de mim para não responder um cumprimento, e normalmente nao era assim. Não entendi a alteração, mas na consulta acabei nem questionando. Enfim, sempre é boa essa troca de opiniões e informações.
      Vou ler o link e volto aqui se tiver alguma outra observação.
      Mais uma vez, obrigada e parabéns por este espaço!
      Abraços
      Ana Maria

      Excluir
    3. Faça isso, acompanhe a evolução. Mantenha a homeopata informada e pense que tudo pode se encaixar, é só uma questão de tempo.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    4. Oi sou Mariana, escrevi antes que quando criança só queria colo, não tinha energia para correr, brincar e tudo o que fazia era lento. Hoje, adulta, ainda sou assim! Devo ainda ser Antimonium tartaricum ou isso muda? O que acham? Obrigada, Mariana

      Excluir
    5. Leia denovo sobre ele e leia Baryta carb(se ouver dores de garganta agudas), entretanto os complementares de Antimonium são:silicia, pulstilla, sépia, calcarea carb.


      um abraço,

      a equipe.

      Excluir

Postar um comentário

A ÚNICA CONDUTA ACEITA PARA COMENTAR É A GENTILEZA.

Postagens mais visitadas deste blog

LYCOPODIUM CLAVATUM

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO