Pular para o conteúdo principal

CARBO VEGETALIS – CARBO VEGETABILIS ou simplesmente Carvão Vegetal.



CARBO VEGETALIS – CARBO VEGETABILIS ou simplesmente Carvão Vegetal.


A homeopatia da grande agonia.

retirada da net





Carbo vegetalis – abaixo podemos ler como essa homeopatia é vista. Em toda a sua construção, existe um aspecto de salvaguardar o suspiro final. É também conhecida como “O Remédio da Última Hora” ou ainda “Salva Vida”. Faz sentido toda essa fama, quem já precisou sabe bem disso.



Na tradição homeopática é o principal remédio para as fases críticas ou terminais de uma doença, quando o paciente se encontra muito prostrado, com a face fria, suor copioso e frio, a energia vital muito reduzida e distante. Comumente um dado que indica este remédio é a necessidade de ser abanado em qualquer situação. Outras indicações importantes: distúrbio do estômago e dos intestinos com excesso de gases, arrotos e dor; hemorragia das mucosas; prurido vaginal com excitação sexual; úlceras varicosas; tosses espasmódicas da coqueluche; rouquidão crônica; queda de cabelos após doenças prolongadas.



Mas e a sua personalidade, o que podemos dizer de quem possui sentimentos e ações interligadas ao Carbo vegetalis.

 F. Hudler



A referencia a agonia é tão forte e presente que Carbo Vegetalis pode ser dada no último período de qualquer moléstia, de qualquer doença que apresente a frieza – emocional ou física e a fraqueza sonora, tanto por não quere falar, como por não ter força pra falar.



E qual seria sua maior agonia????

Precisa ser abanado o tempo todo, falta ar, falta oxigênio.



Daí podemos presumir que seu maior medo seja o de morrer asfixiado, o de não poder respirar e por aí vai.





Indiferença a tudo e a todos, nada tem valor, nada importa – diferenciar de sépia e phos. ac.). Isso é tão forte que a pessoa te diz normalmente que não que sair da cama, não vê sentido em sair, não tem a menor vontade de se mover. Sua mente vagueia, apenas o vazio, ocorre aí o que chamamos de embotamento cerebral.

E sim, é claro que nessa circunstância o gênio da pessoa é péssimo, muito parecido com Sépia, alias, esse diferencial tem de ser feito com cuidado, pois de forma superficial podemos confundi-los.



Pode adoecer por injúrias recebidas, até porque é possível que não consiga reagir a elas.



Daí em diante temos alguns coringas para identificar melhor a fase dessa personalidade:



 *De uma forma geral sua ação seguirá por três estruturas, cada qual a seu tempo: a primeira a ser afetada fisicamente é o estômago, a segunda a circulação e por fim a respiração.



Estômago:



*A temperatura de um carbo veg. é sempre fria, gélida. A dispepsia é grande e constante, por isso se tiver o apelito de rei do arroto, podemos começar a desconfiar que talvez seja uma personalidade Carbo Vegetalis.

Acidez estomacal, arrotos, câncer do estômago, indigestões e reações adversas a alimentos com muito sal ou gordura. Flatulência excessiva.

A distensão abdominal provocada por mal digestão/logo após as refeições é um sinal de alerta para essa personalidade.




Circulação:



*tudo nele é frio (só não, nas crises de asma), mesmo no frio precisa ser abanado, frio por dor, hálito frio, pele fria, transpiração fria, circulação fria.

Veias azuladas, lábios azuis de frio, circulação periférica propícia a varizes grossas – quentes por dentro e gélidas ao toque.




Respiração:



*Asma em pessoas idosas, quando a falta de ar nos parece paralisar os pulmões, frio ao respirar, parece que falta oxigênio, falta vida, sua respiração não ventila sobre o corpo. Não adiante respirar porque tem certeza que não possui ar.



Sua queixa mais corriqueira???

Quando conta assim suas doenças: Desde que eu tive ... em ... no ano de ..., nunca mais melhorei.


Carbo Vegetalis serve pra quem perdeu as forças de uma hora pra outra, não há vitalidade e nem esperança. Seca e escurece como um carvão, como uma mata verde que se queima aos poucos, sente que se esvai, que morre devagar e nada importa.


Quem já perdeu a esperança, pra quem acredita que nenhum movimento mais vai fazer a diferença. Não há vida, ela vai escorrendo por entre os dedos.


 
Homeopatas dos Pés Descalços

Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…