PONTOS DE VISTA XIX




“De todas as enfermidades que acometem o espírito, o ciúme é aquela a qual tudo serve de alimento e nada serve de remédio.” 
Michel de Montaigne

O ciúme de Staphiságria

Homeopatas dos Pés Descalços

Comentários

  1. Gostaria de saber mais sobre a Baryta Carbônica, por favor? Obrigada, Eliete

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eliete, provavelmente saia alguma coisa essa semana, já está na correção, mas como temos mitos pedidos, solicitamos que aguarde.

      Iremos postar assim que possível,

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Obrigada pela matéria a respeito a Baryta carbônica. Li, mas ainda estou com dúvidas se sou eu. Como Baryta carbônica tenho um estado de caminhada lenta (muito lenta, quase parando) na vida. Eu não casei, não namoro, não trabalho, fico em casa, vendo a vida passar e, já tenho 52 anos. Mas não sou limitada, nunca fui, apesar de ser péssima em exercícios físicos, em exercícios mentais sou muito boa; sempre tirei boas notas na colégio. E há 10 anos atrás, engravidei, sozinha, por inseminação artificial, no médico, e saí do estigma da “solteirona, sozinha, sem filhos"... Mas apesar da minha linda filha e das mudanças que uma criança traz, no resto pouco mudou, continuo com o mesmo comportamento de sempre. Vcs acham que sou Baryta carbônica mesmo? Ou Natrum muriáticum? Ou Calcárea carbônica? Ou Boráx? Agradeço a ajuda, Eliete

      Excluir
    3. Oi Eliete,

      Pode sim ser um pouco de Baryta, pode ter permanecido no estágio, sem grandes agravamentos. Mas os exercícios mentais dizem que não é, baryta sempre terá dificuldades, maior ou menor, esse sequer é um ponto pacífico.

      No fundo, acho que nenhum deles,

      leia sépia, gelsemium e pulsatilla.

      Não podemos descartar thuya, mas acreditamos que sirva de complementar.

      No fundo, algumas coisas acontecem e nos marcam sempre, acredito que devamos pensar na sua alto cobrança, na desilusão e daí por diante.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  2. Sou sépia, sim. Ela é o q mais se parece comigo. Devo usá-la? Como? Agradeço a ajuda, Eliete

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eliete, que bom que conseguiu se ver nessa medicação.

      Bom, nós sugerimos começar com uma dose de 10 gts na ch 5 - todos os dias pela manhã. Faça isso por 10 dias, depois continue com o ch 13, por 10 dias também.

      Aí paramos mais 10 dias e vamos as doses únicas. Uma na ch 30 e depois de 30 dias na ch 200.

      As reações veremos com os complementares de sépia.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Muito obrigada, vou seguir. Abraços, Eliete

      Excluir
    3. Vamos tentar Eliete.

      Dê notícias.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir

Postar um comentário

A ÚNICA CONDUTA ACEITA PARA COMENTAR É A GENTILEZA.

Postagens mais visitadas deste blog

LYCOPODIUM CLAVATUM

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO