AGARICUS MUSCARIA (MUSCARIUS): PARTE II



AGARICUS MUSCARIA (MUSCARIUS): PARTE II

As agulhas.

Literalmente isso; agulhas, quentes ou frias fincando na cabeça.
Sensação de dor com agulhar geladas.
As dores nevrálgicas são como se facas de gelo estivessem penetrando na carne.
Muito comum essa sensação, após o abuso de bebidas alcoólicas ou excessos – bem parecido com nux vômica e Lobélia.
Aplicado para as dores de cabeça com a ressaca, mas nessa observação – agulhas frias – nota-se que agulhas quentes é próprio de Arsenicum.

É sem sombra de dúvida uma medicação que lembramos quando se trata de alcoolismo. Além de ser uma personalidade voltada aos excessos na alimentação.
Continua a sensação impar dos tremores, puxões, repuxões, ticks nervosos, sacudidelas e os chamados movimentos coreicos. (tremores involuntários).

É considerado medicação específica para joanetes. (é comum encontrar o joanete como indicação física e mesmo assim verificar a semelhança das estruturas emocionais).
Os espasmos e a Coréia ou dança de São Guido estão intimamente ligados a Agaricus.

Três pontos chaves a serem lembrados quando pensamos em Agaricus Muscária:

Ø  A lentidão intelectual, seja por alcoolismo na forma avançada,  ou por ser um paciente neurológico que apresente em sua deficiência essa lentidão de raciocínio, seja por retardo mental diagnosticado, seguido e ou acompanhado de ticks nervosos e incapacidade de raciocínio.
Ø  Sabemos que Agaricus seca – então sabemos também que o desejo sexual diminui, fisicamente se verifica a retração do penis, a atrofia do mesmo, retração dos testículos e a temperatura fria do penis.
Ø  Nenhum senso de proporção ou distancia das coisas, entre as pessoas, distancias equivocadas e sem condições de definir sua identidade pessoal.

Homeopatas dos Pés Descalços

Comentários

  1. Boa noite. Tem homeopatia para a impaciência? Obrigada, Tamires

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tamires,

      o próprio Aconitum, Solanum e Nux Vômica,

      de uma lida neles.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Aconitum tem mais a ver comigo.Como usá-lo? Obrigada, Tamires

      Excluir
    3. Nossa sugestão é:

      uma dose única de ch 12, espere uma semana e tome outra na ch 30, depois continuamos.

      Todas de 15ml.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  2. Tenho 35 anos e sou tão boba e imatura. Vejam só: vejo fotos de misses, leio sobre os concursos e assisto a desfiles. Leio sobre a vida das artistas, sobre a dieta delas; adoro revistas de fofoca. Se estou vendo novela ou no computador e sou interrompida por alguém, fico irritada. Enfim, vivo num mundo meio imaginário, surreal, não é? Gostaria de ser mais madura, mais séria, mais “dona” de mim mesma. Por favor, voces poderiam me auxiliar, indicando um homeopático para mim e florais tb? Muito Obrigada, Fernanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, não seria minusvalia, medo de crescer ou mesmo da vida, de responsabilidades? leia sobre thuya, sobre sépia, e aetae racemosa.

      Depois vemos os florais tá?

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  3. Por favor, existe uma homeopatia para uma quem tem os seguintes sintomas emocionais: a auto-anulação, imaturidade, infantilidade, o medo de crescer e a agressividade? Qual? Agradeço, Lissandra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lisandra, com cuidado, leia arsenicum e depois nos dê um retorno.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Vcs acertaram, tenho muita coisa de Arsenicum. Como devo usá-lo? Obrigada, Lisandra

      Excluir
    3. Ah, não sei se Arsenicum é assim, mas: minha língua é muito vermelha com marcas de dente (Dizem q é fogo que consome!)Obrigada, Lisandra

      Excluir
    4. Lisandra, Natrum mur. pode ser lido, Arsênicum é dragão.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    5. Tb sou Natrum mur. Acho q mais Natrum q o outro. Obrigada, abraços, Lisandra

      Excluir
  4. Boa noite. Meu pai tem 78 anos (ex-atleta e militar aposentado). É um depressivo com medo da morte e do aniquilamento do corpo. Há nele um hipocondríaco (toma muitos remedinhos), uma rigidez (não relaxa), dorme pouco (e tem insônia). Poderiam, por favor, auxiliá-lo com homeopatia e florais? Muito pela ajuda, Júlia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Júlia,

      os sais de schusller são uma boa pedida para idosos também, não entram em atrito com outras medicações.

      Bryônia é uma boa leitura e coffea cruda.

      Quanto aos florais;

      15 ml - dose única de olive e vervaim, coloque em água e tome.

      Depois de uma semana, repita a dose.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  5. Boa noite amigas, podem me ajudar com a homeopatia? Sou indecisa e irresoluta. Tenho medo de errar, então não decido, não escolho, não faço. Muito obrigada, Sara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sara, leia Calcárea Carbônica, onde o medo é muito pelos outros, depois leia sépia e nos diga o que achou.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. Acho que eu deveria tomar os dois. Como? Muito Obrigada, Sara

      Excluir
    3. Qual dos dois tem mais de você emocionalmente falando?

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  6. Olá. Tenho muito, mas muito medo de errar. Esse medo me dá taquicardia, pânico, palpitação, dores no estômago, diarréia. Em caso mais grave faz com que eu recue, paralise (metaforicamente, não fisicamente) e não aja. Agradeço a indicação de um homeopático? Abraços, Valéria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia Lycopodium, Eupathorium e Aconitum, depois nos diga o que achou.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir

Postar um comentário

A ÚNICA CONDUTA ACEITA PARA COMENTAR É A GENTILEZA.

Postagens mais visitadas deste blog

LYCOPODIUM CLAVATUM

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO