Amigos do Blog

Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

AGARICUS MUSCARIA (MUSCARIUS): PARTE II



AGARICUS MUSCARIA (MUSCARIUS): PARTE II

As agulhas.

Literalmente isso; agulhas, quentes ou frias fincando na cabeça.
Sensação de dor com agulhar geladas.
As dores nevrálgicas são como se facas de gelo estivessem penetrando na carne.
Muito comum essa sensação, após o abuso de bebidas alcoólicas ou excessos – bem parecido com nux vômica e Lobélia.
Aplicado para as dores de cabeça com a ressaca, mas nessa observação – agulhas frias – nota-se que agulhas quentes é próprio de Arsenicum.

É sem sombra de dúvida uma medicação que lembramos quando se trata de alcoolismo. Além de ser uma personalidade voltada aos excessos na alimentação.
Continua a sensação impar dos tremores, puxões, repuxões, ticks nervosos, sacudidelas e os chamados movimentos coreicos. (tremores involuntários).

É considerado medicação específica para joanetes. (é comum encontrar o joanete como indicação física e mesmo assim verificar a semelhança das estruturas emocionais).
Os espasmos e a Coréia ou dança de São Guido estão intimamente ligados a Agaricus.

Três pontos chaves a serem lembrados quando pensamos em Agaricus Muscária:

Ø  A lentidão intelectual, seja por alcoolismo na forma avançada,  ou por ser um paciente neurológico que apresente em sua deficiência essa lentidão de raciocínio, seja por retardo mental diagnosticado, seguido e ou acompanhado de ticks nervosos e incapacidade de raciocínio.
Ø  Sabemos que Agaricus seca – então sabemos também que o desejo sexual diminui, fisicamente se verifica a retração do penis, a atrofia do mesmo, retração dos testículos e a temperatura fria do penis.
Ø  Nenhum senso de proporção ou distancia das coisas, entre as pessoas, distancias equivocadas e sem condições de definir sua identidade pessoal.

Homeopatas dos Pés Descalços
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica