Pular para o conteúdo principal

Os Sais de Schussler III


Nat-m – D6

Natrum muriaticum (Natrum chloratum) D6

Dos sais sódicos do organismo, o Natrum chloratum ou cloreto de sódio é o que tem a maior importância biológica. É absolutamente vital (essencial). Enquanto que o potássio está localizado na sua maior parte nas células, aproximadamente a metade do sódio se encontra no líquido extracelular e outro terço nos ossos e tecidos cartilaginosos. No estômago e no rim também existem concentrações intracelulares de sódio relativamente altas. Age sobre a divisão celular e o crescimento dos glóbulos vermelhos.

Anemia, clorose, anorexia, perda de peso, catarro das mucosas com secreção serosa, catarro gastrointestinal acompanhado de diarreia aquosa, hipoacidez, hipogalactose no puerpério, obstipação por atonia intestinal, hemorroidas, sensação de formigamento e intumescimento das extremidades, erupções cutâneas e exsudativas, dor reumática, cefaleias, enxaquecas, lacrimação, ptialismo, neurastenia, histeria e falta de iniciativa.

Age no sangue, sistema linfático, no revestimento do tubo digestivo, no fígado e baço.
O corrimento é considerado o sintoma guia desse medicamento, as hemorragias, as mucosas com edemas, a salivação que não para, o escorbuto, dores espalhadas pelo corpo.
Aqui as mãos são frias e os pés quentes, o choro é fácil, a vontade de comer sal é gigante e a frase: “só é magro de ruim” se encaixa, porque come e emagrece. Tem o rosto inchado e cansado, as juntas são fracas e doidas e os arrepios são constantes. Suas dores parecem picadas.


Calc-p – D6

Calcarea phosphorica (Calcium phosphoricum) D6

É o sal mais abundante no organismo humano, é o agente bioquímico responsável pela construção e o fortalecimento de todas as estruturas do organismo (fundamentalmente está na massa óssea dura), é encontrado em todas as células e por tudo isso, dispensa mais apresentações. Calcium phosphoricum atua sobre as membranas celulares limitantes e intervém na síntese proteica. Eis o fosfato de cálcio.
Seus maiores indicativos são os de: tratamento da anemia, câimbras e formigamentos, tendência a inflamações, magreza dos braços e pernas, pele pálida e muito fina.

É usado como reconstituinte dos tecidos – pós casos agudos, nas câimbras por anemia, nas vertigens e fraquezas por anemia. Na dentição difícil e lenta demais. Na formação tardia dos ossos; no caso da anemia, na aversão do bebê ao leite, na sensação daquele frio que penetra fino. Recomenda-se administrar de preferência com o Calcium phosphoricum, está, anemia, processos pulmonares, alterações de tipo nervoso, astenia, transtornos do sono (especialmente em lactentes, durante a infância e em épocas de desenvolvimento e crescimento).

Com ação clara nos ossos, o raquitismo é um bom exemplo disso, de crianças anêmicas, magras e fracas, que demoram a andar.
Após inflamações constantes nos ouvidos, seguidas de vertigem e de pequenos espaços de surdez. Também se administra nos transtornos menstruais, durante a gravidez e na convalescença.
Nas dores de cabeça dos estudantes, naquela sensação de frio na cabeça que não passa nunca, como água gelada escorrendo. Fontanelas abertas e etc... indicado em todas as doenças ósseas e dentárias, faturas complicadas que demoram a soldar.

Entretanto emocionalmente, a insatisfação com a vida, o desejo sempre crescente de mudança, a vontade de viajar e de modificar sua vida é bastante forte. A perda de motivação com a vida é bem acentuada quando a anemia se instala de fato. Calcium phosphoricum é um agente bioquímico de efeito lento que se recomenda tomar durante longos períodos de tempo.

Homeopatas dos Pés Descalços.

Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…