Amigos do Blog

Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 27 de junho de 2012

BACILLINUM - MACERAÇÃO DE UM PULMÃO TUBERCULOSO



*Bacillinum - Maceração de um pulmão tuberculoso.

[Introduzida pelo Dr. Burnett.]


HISTÓRIA - Bacillinum é um nosódio de tuberculose chamado e descrito pela primeira vez pelo Dr. Burnett, para quem foi preparado a partir de escarro da tuberculose pelo Dr. Heath. Como esta preparação foi experimentado com separadamente, os seus sintomas são dadas para além dos outros nosódios de tuberculose. Dr. Cartier considerou particularmente útil nos casos em que houve a secreção de muco-purulenta excessiva brônquica ameaçando obstruir os pulmões. Deve ser comparada com Bacillinum testium, Tuber. Tuber Bovinum. Aviaire e Tuber. Koch.
Dr. Burnett mostrou que tinha do couro cabeludo e pitiríase versicolor no corpo são indícios de diátese tuberculosa e eles respondem a esse remédio. Ele curou um caso de insanidade com micose. Pacientes com tuberculose são melhores em climas secos e ensolarados, em áreas montanhas e nas florestas de pinheiros. Luz solar ajuda a prevenir a tuberculose, também houve muitas curas de tuberculose através de banhos de sol e a dieta do leite, que estes pacientes desejam.

No caso específico da tuberculose e ou suspeita, procure ajuda imediatamente. Os centros (postos de saúde) de atendimento de todo o país estão preparados para lidar com o tratamento da tuberculose.

A tristeza que mata.

Para exemplificar o que seria essa personalidade, encontramos como forma mais rápida os sintomas físicos que predominam, são eles:
Extrema facilidade em resfriar-se. Emagrecimento rápido e notável, apesar de comer bem. Tristeza e irritabilidade nervosa. Grande fraqueza e suores noturnos. Eczema da borda da pálpebra.

Mentalmente podemos afirmar que a tristeza é a companheira inseparável da tuberculose. Essa personalidade pode ser chamada de “Taciturno” [Que fala pouco; calado, silencioso. Triste, tristonho, sombrio.]. Tem fama de carrancudo, mal-humorado, rabugento e irritável. Moroso, deprimido e melancólico até à insanidade. Doentes que sentem grande irritabilidade com tudo da doença, é já cansaço dela, por isso são Irritáveis. Suas lamentações e reclamações são constantes. Tendência a ter medo, especialmente de cães. Grande fraqueza, não queria ser incomodado, não que nenhum tipo de aborrecimento, perde facilmente a autonomia e fica de certa forma acuado e encostado. Dá a sensação de que a fraqueza não passa nunca.

Não costuma se importar muito com coisa alguma, não se cuida, não vestígios de vaidade. São dependentes de um sentimento, de um amor que por algum motivo acabou ou nunca veio a acontecer. 

A Diátese escrofulosa; ocorre sobretudo pessoas claras, louras, de olhos azuis, altas, esguias, de peito chato e estreito, aqueles que tendo na família antecedentes tuberculosos devem sim ter um sistema de alerta, para as emoções e para a doença em si. É claro que ao falarmos desse tipo de doença devemos também levar em conta o contágio, inerente ao aspecto físico. Quando, havendo antecedentes tuberculosos na família, e os remédios mais bem escolhidos falharem, este medicamento deve ser empregado, sem olhar para o nome da moléstia. Dizemos isso pois dentro da Homeopatia a face dessa manifestação é demasiada extensa e se mostra especialmente através da pele.

No que podemos chamar de primeiro período da tuberculose, ele, muitas vezes, contribuirá para a cura rápida da moléstia em questão e se observada já no último  período, produzirá melhoras visíveis, sendo que essa rapidez da melhora é um ponto muito importante a ser observado.

- Favorece a queda do tártaro dos dentes;
- Extrema facilidade em resfriar-se;
- Emagrecimento rápido e notável, apesar de comer bem;
- Tristeza e irritabilidade nervosa;
- Grande fraqueza e suores noturnos;
- Eczema da borda palpebral;
- Moléstias respiratórias não tuberculosas:
  Opressão por acúmulo de catarro nos brônquios
  Expectoração muco purulenta.
  Asma. Bronquite crônica, sobretudo nos velhos.
- Muito útil na impigem.

Observações são feitas no caso da Asma, na opressão por acúmulo de catarro nos Brônquios, principalmente se houver expectoração muco purulenta. No caso da Bronquite crônica, sobretudo nos velhos, é bom observar Bacillinum.


Já os pacientes tuberculínicos ou não, na sua formação, caso apresentem eliminações crônicas abundantes ou repetidas pelas mucosas ou pela pele, deve ser alvo de investigação para a utilização da medicação, sobretudo se for claro o quadro abaixo:

1. Erupções impetiginosas ou eczematosas. Nesse caso as bordas são carcomidas.
2. O paciente está agitado e se movimentando sem cessar, seguindo o quadro da irritabilidade e tristeza, inconformado.
3. O quadro de expectoração for crônica com muco purulento ou mucosa (com tosse carregada).


Por ser um nosódio, seu ponto chave é o aspecto físico da doença em questão, para qual ele foi criado, entretanto, muitas outras formas de moléstias crônicas não-tuberculosas são influenciadas de maneira favorável, pelo uso de  Bacillinum, principalmente quando há a presença de broncorréia e dispneia. Abaixo alguns exemplos:

- Piorreia respiratória.
- O paciente expectora menos, sem que com isso, se retenha material danoso, ele deixa de ser produzido.
- Catarro sufocante.
- Meningite tuberculosa.
- Favorece a queda de tártaro dos dentes.
- Disposição constante para se resfriar.
- Bacillinum é especialmente indicado para os pulmões de gente velha, com condições catarrais crônicas e circulação pulmonar enfraquecida, ataques de sufocação à noite com tosse difícil.

 PULMÃO TUBERUCLOSO
Algumas outras observações mais ou menos importantes:

- Dor de cabeça forte, profunda, também como uma faixa
 apertada. [+]
- Eczema nas pálpebras. [+]
- Prisão de ventre obstinada, com gases mal cheirosos. [-]
- Dores abdominais, glândulas crescidas na virilha, "Tabes mesentérica". [+]
- Asma úmida. [+]

- Piora, de noite e de manhã cedo; com ar frio. [+]
- Dispneia catarral. [+/-]
- Opressão no peito. [+]
- Dermatose descamativa.
[+]


COMENTÁRIOS
- Nas experimentações, Bacillinum produziu uma dor de cabeça intensa, profunda, agravada pelo movimento, era um sintoma constante, também uma leve tosse com expectoração fácil de catarro. Em casos de tuberculose aguda, não fez tão bem como em casos mais crônicos. Também eles estão liderando as indicações para quando é presente em associação com outros transtornos. Um caso de insanidade com pitiríase [ftiríase] rendeu rapidamente para o remédio. Pitiríase foi curado por ele, quando todas as tentativas de matar o corpo piolhos por produtos químicos eram inúteis.  Dr. Young registrou a cura de vários casos de cretinismo. Um curso de intercorrente de Bacillinum, muitas vezes, fazem uma mudança maravilhosa em pacientes que têm uma história pessoal ou familiar de doenças do tórax.
Clarke encontrou uma condição eczematosa das margens das pálpebras uma indicação forte para ele. É um remédio miasmático de grande importância.
Grimmer costumava usa-lo para os casos decorrentes de uma herança tuberculosa com dor extrema de partes interessadas, de pacientes reumáticos, com tendências de impurezas sifilíticas na corrente sanguínea, dor muscular geral. 

 O CRISTAL

IMPORTANTE:
Não deve ser dado abaixo do trigésimo e não deve ser administrado repetidas doses com frequência. Uma dose por semana, muitas vezes é o suficiente para provocar a reação. A ação é  rápida e a melhora visível.  The does is important. Should not be given below the thirtieth and not repeated frequently. One dose a week often sufficient to bring about reaction. It is rapid in action, and good results ought to be seen, otherwise there is no need of repetition.

 Dr. Nilo Cairo, adverte de pronto para que dose seja de 1 gota apenas por semana, a começar pela 30ª, 100ª, 200ª e 1.000ª. não havendo melhora de pronto, descontinuar.


Medicação Homeopática Complementar  a ser observada e levada em consideração: Calc., Phosph., Lachesis, Kali carb.

Nosódio: Tuberculinum de Koch.




Bibliografia:
1. Cairo, Nilo; Guia de Medicina Homeopática – pag. 194
2. Voisin, H.; Manual de Matéria Médica para o Clínico Homeopata.
3. Boericke, W.; Matéria Médica Homeopática.

Homeopatas dos Pés Descalços
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica