Amigos do Blog

Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

MEDICINA E HOLOCAUSTO III



 

Experimentos sobre Congelamento




Em 1941, a Luftwaffe conduziu experimentos para aprender como tratar a hipotermia. O estudo forçou pessoas a ficarem em um tanque de água gelada por até três horas. Outros estudo colocaram prisioneiros nus em campo aberto durante várias horas com temperaturas abaixo de zero. O experimentadores avaliaram diferentes formas de reaquecimento dos sobreviventes . Os experimentos sobre congelamento/hipotermia foram conduzidos para o alto comando nazista. Os experimentos foram conduzidos em homens para simular as condições dos exércitos sofrido na Frente do Leste, e como as forças alemães estavam mal preparadas para o frio intenso.
 

Os experimentos foram conduzidos em Dachau e Auschwitz. Rascher notificava os resultados diretamente à Heinrich Himmler, e divulgava os resultados de suas experiências sobre o congelamento na conferência de médicos de 1942 intitulada "Problemas Médicos decorrentes do mar e do Inverno."
Os experimentos de congelamento eram divididos em duas partes. Em primeiro lugar, para determinar quanto tempo seria necessário para baixar a temperatura corporal até a morte, e segundo, qual a melhor forma de reanimar a vítima congelada. Método do cubo gelado provou ser o meio mais rápido para a queda da temperatura corporal. As seleções para os experimentos eram feitas entre jovens saudáveis judeus e russos. 

(experiência usando humanos nos campos nazistas -II Guerra Mundial)
Eles estavam nus e preparados para o experimento. Uma sonda que mede a diminuição da temperatura corporal era inserido no reto. A sonda foi mantida no lugar por um anel metálico expansível, que foi ajustada para abrir dentro do reto para segurar a sonda firmemente no lugar. A vítima foi colocada em um uniforme da força aérea, e depois colocada na poça de água fria e começava a congelar.

Wolfram Sievers (Hildesheim, 10 de Julho de 1905- 2 de Junho de 1948) foi um dirigente da Ahnenerbe. Vendedor de livros; entrou para o NSDAP em 1929, e logo depois trabalhou em Dachau com August Hirt.

foto de Wolfram Sievers - wikipédia

Participou de experimentos de congelamento com prisioneiros de guerra. É estimado que ele foi responsável pela morte de 300 pessoas. Sievers foi sentenciado a morte em 20 de Agosto de 1947 por crimes contra a humanidade no Processo contra os Médicos, e enforcado em 2 de Junho de 1948.

http://www.nizkor.org/hweb/imt/tgmwc/tgmwc-20/tgmwc-20-198-04.shtml Processo de guerra.
 Medical Experiment. Jewish Virtual Library. Página visitada em 2008-03-23.
El proceso a los doctores: El caso médico de los juicios de Nuremberg. Museo Norteamericano en Conmemoración del Holocausto. Página visitada em 2008-03-23.
2006, History Channel, "Decoding the Past".
Cults: Dangerous Devotion: Scholars and survivors discuss the mystery of cults. (120 min). History. (PG/TV-PG)
Homeopatas dos Pes Descalços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica