Amigos do Blog

Pesquisar este blog

sábado, 31 de dezembro de 2011

FELIZ ANO DO DRAGÃO

O Ano Novo Chinês 4710 ou 2012 no calendário ocidental 
 Ano do Dragão 
5º ano no ciclo de 12 anos do zodíaco chinês

Governado pelo elemento Água
cor de regencia; preta
polaridade Yang - masculino


Começa em 23 de janeiro 2012 e termina em 09 de fevereiro 2013. 

Atributos a se observar;
Poder
Dinheiro
Negócios
Diplomacia
Medo e coragem
Rim e coração juntos.

FELIZ ANO NOVO A TODOS
E UM 2012 CHEIO DE PAZ E REALIZAÇÕES

Homeopatas dos Pés Descalços

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

MAGNÉSIA CARBÔNICA – MEDO E ANSIEDADE

MAGNÉSIA CARBÔNICA E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA.
MEDO E ANSIEDADE
(CARBONATO DE MAGNÉSIO)


Indicado para crianças quando todo o corpo cheira azedo. Mulheres com problemas no útero ou distúrbios da menopausa. Extrema sensibilidade. Desejo de comer carne. Acidez estomacal. Vertigens com queda súbita, semelhante à epilepsia. Bom remédio para o esgotamento nervoso. Fluxo menstrual escasso e retardado, espesso e escuro. Dor de garganta no período pré-menstrual.

E assim encontramos a principal atuação da Magnésia Carbônica no cotidiano da homeopatia, entretanto, como essa área se dá ao luxo de não seguir estruturas rígidas e a depender – sempre – do estado emocional do paciente, a magnésia carbônica muda o nosso olhar sobre o esgotamento nervoso.


Porque coletiva? É raro não encontrarmos um probleminha em que essa personalidade não nos ajude no dia a dia.
O sentimento de estar só e de ter sido abandonado, estar sozinho para tudo é muito comum nas Calcáreas Carbônicas, na Magnésia Carbônica também. Tem a certeza de que não é amado, de que as pessoas do seu convívio diário não a querem bem, não gostam dela.
Kent costumava colocar a Magnésia Carbônica para atuar sempre que se deparava com crianças abandonadas – o frio que acompanha essa personalidade se encaixa muito bem aqui – os órfãos e em conseguinte, as crianças de adoção. Essa personalidade tem a marca do abandono e não é chilique. Essa é talvez a grande certeza que carrega dentro de si, de não ser amada.

Claro que as mulheres acabam por colocar mais esse sentimento a tona.

A sua sensibilidade faz com que não consiga conviver em locais de desarmonia e isso interfere diretamente no seu dia a dia, no seu cotidiano. O medo de tudo convive com essa personalidade durante todo o dia, nos estados mais avançados do seu desequilíbrio. A ansiedade convive diariamente com essa personalidade e dá sinais visíveis disso, sendo o roer das unhas e dos lápis, seu maior alarme. Na comida aquecida e quentinha, ela encontra alívio para a ansiedade, ir para a cama e se deitar não.


O medo faz parte da sua vida, inserido no cotidiano, só é perceptível quando em crise, pois essa personalidade tende a guardar esse sentimento dentro das suas reservas pessoais.

O toque poderá irritá-lo muito, deixando-o descontente (Chamomilla) e violenta (Belladonna) e esse fator também faz parte da sua personalidade, mesmo que sua opção seja sempre a descrição e a postura de pessoa reservada.

Os ruídos – alguns deles específicos – mas, de forma geral, são bem classificados por essa personalidade, assim como o toque.
A magnésia carbônica é sensível ao que pensam dela, chora e se magoa por isso, podendo ser o principal estopim para uma depressão.

A partir daí, tudo se desenrola, as dores generalizadas, e as chamadas de neuralgia (nervo trigêmeo que causa episódios de dor intensa nos olhos, lábios, nariz, couro cabeludo, testa e/ou mandíbula) e as descargas gastro intestinais são freqüentes no seu dia a dia. 

O frio piora tudo, o passeio as vezes some com toda e qualquer dor.

O corpo avisa, seja com os suores fétidos, seja com as piores menstruações possíveis, carregadas de dor e incômodos, o agravamento pelo frio, pelas alergias alimentares, seguidas ou não do marasmo e da fraqueza geral.

Todas as Magnésias são produtoras de grande dor, aqui,  apaziguadores, conseqüentemente, a dor possui alívio. Vithoulkas. 

A acidez, que aqui já se pode encarar como normal na vida dessa personalidade, devido a ansiedade, traz a aversão ao leite, ao cheiro do leite puro, o desejo e a aversão por carnes e frutas, depende muito de como vai reagir a acidez (Hep., Rheum).
E por aí se seguem: feridinhas no couro cabeludo, diminuição da audição com aumento da percepção de ruídos, dor de garganta e coriza de gripe antes do período menstrual, palidez, digestão lenta e a sensação da comida azeda. Tudo o que precisa circular na Magnésia Carbônica sofre, seja nas famosas descargas/diarréias, seja na distensão abdominal, no aumento e acumulo de peso, na constipação do reto por choque emocional.

As fezes são ácidas e quentes, com descargas rápidas, dando alívio e não prolongando mais o mal estar. O fígado é um órgão a se manter em observação no caso dessa personalidade.
Seu sono não é reparador, acorda mais cansada do que quando deitou e sua insônia a leva até as três horas da manhã sem nenhum problema.

Regras exaustivas e dolorosas, que levam ao abatimento e ao esgotamento nervoso.
Furúnculos são freqüentes em etapas da vida, especialmente quando criança.

Chamomilla complementa bem essa personalidade e deve ser avaliada com calma. A família das Magnésias é grande e faz parte do nosso dia a dia. Cada qual com sua melhor atuação, a Magnésia Carbônica se expande no medo e na ansiedade e é a partir deles que tudo acontece.

Medicação Complementar: Cham, Lyc, Rheum.
Diferenciar de: Abrot, Aeth, Ant-c, Calc, Calc-p, Hep, Lac-c,
Lyc, Mag-m, Nat-c, Rheum, Thuj.

Homeopatas dos Pés Descalços

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

FELIZ NATAL A TODOS


Para cada um, uma realidade,
Há os que correm durante semanas para que nada falte a ceia de Natal, 
que hajam presentes e lembranças,
que a família se junte e que se reuna os amigos.


É bonito de se ver,

as luzes e a neve,
as cidades se vestem de branco, natural ou artificial, 
de pisca pisca e vivem uma noite encantada. É Natal.



Há os que correm para salvar a vida, a comida e a família.
Esse é outro Natal, muito mais real, mas pouco lembrado, afinal de contas esse Natal não vende presentes.
Há o Natal da fome, onde 24 mil crianças morrem de fome em três messes,
mas a notícia já saiu da mídia.


Há sempre um apelo pelo Natal rico e pelo Natal dos que não tem Natal.
O Natal em meio a guerras, a fome e a um leito de hospital,
o Natal em meio a rua, a enchente, a catástrofe e a miséria.



Mas, há um outro Natal,
feito de opções, de ações e verdades, 
que se instalam com o passar dos anos e com a 
experiencia de cada um.

Esse é o nosso Natal.

Um tempo para agradecer as belezas visuais que o 
homem pode fazer,
o brilho das portas, jardins e casas.
Um tempo para aceitar o que mudou, no calendário, 
na vida e no coração de cada um de nós. 
Um tempo de sonhar, de brincar, de matar as saudades e de entender as distancias.
Um tempo para aceitar as derrotas 
e remodelar os valores para o mundo que queremos, 
os valores que queremos pra nós mesmos.

Por isso desejamos a todos e a nós mesmas;
Ternura nos olhos,
garra nas conquistas,
dignidade nas posturas,
plenitude nas convivências,
sabedoria nos momentos de discórdia e muita,
muita capacidade e simplicidade para entender qual é 
a hora pra mudar.
A hora de deixar o discurso anual e transformar palavras em ações.

Que possamos aprender juntos, cristãos ou não, o caminho do respeito e para que isso aconteça, ele deve começar primeiro dentro de cada um, pois é nesse mundo maravilhoso e restrito que se chama ser humano é que brotam todas as nossas mazelas e de onde nascem todos os nossos elixiris.

Desejamos um Natal verdadeiro e real,
na medida de cada um.

Homeopatas dos Pés Descalços

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

INSOLAÇÃO

O USO DA HOMEOPATIA NOS CASOS DE INSOLAÇÃO.

Imagem - cultura mix

Sol e calor de mais...líquidos de menos, isso é a insolação. O rosto pode ficar congestionado, dores de cabeça, enjoo, vertigem, falta de ar, mal estar e as vezes coma e morte, isso está longe de ser pegar uma corsinha ou ficar bronzeada.
O cuidado com protetor solar, líquidos para ingerir e comida leve contam muito, entretanto, ficar esticado tomando sol por horas é complicado.

*Se o estado for agudo - recomenda-se GLONOINUM NA CH 5 de 10 em 10 minutos em um pouquinho de água.
*Natrum Carbônicum na CH 5 ou Lachesis na CH 30 são de grande valia quando a dor de cabeça e as nevralgias atacam, neste caso toma-se a medicação de 6 em 6 horas.
* se por ventura após uma insolação você não puder seguer suportar o bafo do calor e ou do sol, Hydrophobinum na CH 30, de 12 em 12 horas.

COISAS QUE DEVEMOS MUDAR

*A primeira coisa que devemos colocar na cabeça é que quando nos queimamos demais o que resolve mesmo é sabonete neutro para o banho, creme sem perfume pra dormir, compresas de soro fisiológico são a 10ª maravilha do mundo, suco de laranja acaba sendo seu melhor amigo e o protetor solar é sem dúvida a coisinha mais importante na sua vida.
*Se esquecer o protetor, compre um e não deixe de tomar água. A água de coco é uma das maravilhas que temos no Brasil, tome no verão.
*Nem pense em fazer um bronzeador em casa, isso já caiu de moda e é besteira e irresponsabilidade, isso mata.

Homeopatas dos Pés Descalços

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

INFORME



Caros e queridos amigos, colegas e anônimos;


Nos últimos dois messes passamos por algumas perdas em relação a equipe de trabalho. Estamos tentando responder a todas as perguntas, mas ainda estamos em falta.


Tenham paciencia e todas as questões serão respondidas.


No mês de Janeiro/2012 não receberemos novos questionários, esse é o prazo para a nossa reorganização.


Estamos embuídas em superar a dor da perda com trabalho  e esperamos que todos compreendam.


obrigada mais uma vez pelo carinho e pela atenção,


a equipe,


Homeopatas dos Pés Descalços

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

DIABETES TIPO 2 E DIETA DO MEDITERRÂNEO/DICAS E RECEITAS


Dieta do Mediterrâneo, ou Dieta Mediterrânea, é um tipo de alimentação característica de alguns países de três continentes diferentes banhados pelo o mar Mediterrâneo (que abrange a Itália, Grécia, Portugal, Espanha, França, Tunísia entre outros países). 

A dieta é composta basicamente do consumo diário de hortaliças (verduras e legumes), peixes, alho, tomate, alto consumo de frutas (maçã, kiwi, pssego, cereja e etc...) e, principalmente, óleo de oliva, canola, oleaginosas (cereais pouco moídos, ou seja; menos industrializados, nozes (pecan), amêndoas, azeitonas e sementes), leguminosas (grão-de-bico, feijões, lentilha), leite e derivados (queijo branco e iogurte), além de vinho tinto. 

O que muda na essência é  um baixo consumo de carnes vermelhas, gorduras de origem animal, produtos industrializados e doces (ricos em gordura e açúcar).

A pizza "margherita", comprovadamente capaz de produzir o bom humor, se consumida na dose certa, pode virar remédio contra o tumor do estômago e da boca. 


No centro do Mediterrâneo, a Itália reina como a nação que cultivou a arte de fazer grandes pratos com os ingredientes mais simples e onde a vida dura mais tempo.Aqui

PESQUISA

Dieta mediterrânea ajuda a prevenir diabetes tipo 2

funiber

Recentemente se sugeriu que a dieta mediterrânea ajuda a prevenir a diabetes tipo 2, por esta razão, pesquisadores decidiram realizar provas utilizando três intervenções nutricionais não restritivas em calorias, incluindo a dieta mediterrânea, enriquecida com azeite de oliva, com nozes mistas e uma dieta baixa em gordura, realizando testes em distintos centros médicos da Espanha. Depois das avaliações se identificou que a dieta mediterrânea sem restrições de calorias pode ser eficiente na prevenção do diabetes tipo 2 em pessoas com alto risco cardiovascular.
Participaram desta experiência cerca de sete mil pacientes. O universo de pessoas estava formado por homens com idade entre 55 e 80 anos e mulheres com idade entre 60 e 80 anos. Os participantes não tinham antecedentes de enfermidades cardiovasculares ou diabetes, mas padeciam de pelo menos três fatores de risco cardiovascular.
Os pacientes foram designados a três grupos de forma aleatória: um grupo de controle que apenas recebeu informação sobre a dieta baixa em gorduras, outro grupo que recebeu uma dieta mediterrânea suplementada com pelo menos um litro de azeite de oliva por semana, e um terceiro grupo que agregou a sua dieta uma média de 30 gramas diárias de nozes. Não se estabeleceram limites no consumo da dieta e tão pouco foram dados conselhos sobre atividade física.
Depois de um acompanhamento de quatro anos, identificaram uma incidência de diabetes de 10,1% no grupo que utilizou azeite de oliva, 11% no grupo que complementou sua dieta com nozes e 17,9% no grupo de controle. Identificou-se em todos os estudos que o aumento na aderência à dieta mediterrânea esteve inversamente ligada à incidência do diabetes. Além disso, destaca-se que a redução do diabetes ocorreu sem que se percebam mudanças significativas no peso corporal e não esteve associado a uma maior atividade física.
O Dr. Michel de Lorgeril opina que este estudo deve ser considerado como “um trabalho exploratório cujos resultados deveriam ser confirmados mais tarde”, considerando que o tamanho da mostra do estudo foi pequeno.

"Quando o mundo abandona você nos braços da solidão; é superável; damos um jeito e conseguimos; mas quando nos abandonamos , a solidão é  incurável." a comida pode ajudar mais do que imagina, ela é fonte de saúde mental e junto com uma boa taça de vinho tinto ou de um suco puro de uva, ganhamos vontade de viver. AMSK/HPD

DICAS SEM MITOS

Procuramos algumas receitas de pratos e algumas dicas úteis, sem os olhares da dieta a qualquer custo e pedimos a Cozinha dos Vurdóns uma ajuda na identificação dos alimentos e possível receita. Vale a pena olhar. 

 1. Bruschetta de tomate

Pão fatiado, azeite, manjericão fresco, tomates regados no azeite e uma pitadinha de sal. Agora é só levar no forno.






2. Salada Básica
Queijo, tomates, azeitonas, salsa fresca e azeite.









3. Sopa de Feijões
Cozinhe os feijões até estarem macios. A parte coloque azeite, alho e cebola ralada, sal, salsinha e tomates - refogue. Qando estiver dourado, acrescente os feijões, misture delicadamente e vá acrescentando o caldo do cozimento deles. Cuidado para não desmancharem, o charme dessa sopa é permanecerem inteiros.

4. Frutas da estação
Eis a nossa grande vantagem, frutas variadas o ano todo, aproveite e as inclua na sua dieta.








5. Filé de pescada amarela com alecrim e legumes.
Filés de pescada amarela temperados no limão, sal e azeite, coloque um raminho de alecrim em cada um e embale-os em alumínio. Ponha no forno médio e depois de 20' abra/volte para o forno até dourar.
Sirva com legumes e pão.


6. Pão com tomate
 Escolha um azeite temperado e use no lugar da manteiga, corte fatias de tomate fresco e bom lanche.





7. Azeites
A variedade é enorme - escolha o prensado a frio e com acidez abaixo de 1% - tempere-os com manjerona, pimenta, alecrim, limão, laranja, alho e etc...maravilhoso.




8. legumes dourados.
Corte brócoles, vagem, fatias mais finas de cenoura, palmitos, couve flôr, lascas de cebola e reserve (mais ou menos 2 pratos de sopa cheios dessa mistura). Numa frigideira acrescente alho amassado, 1 colher de sopa bem cheia de manteiga com sal e 4 colheres de sopa de azeite, deixe o alho dourar e coloque os legumes, não pare de mexer e tampe a panela. Abaixe o fogo e deixe que a água dos legumas desapareça. Cuidado para não queimar. Volte a mexer e pronto.

9. Talharim a manjerona
Cozinhe o talharim ao dente e faça o molho com tomates frecos, manjericão e manjerona, cebola e azeite. Refogue essa mistura e deixe que o tomate desmanche, junte o sal e coloque o talharim.

10. Fim de tarde
Cozinhe cebolas com cravos até ficarem desmanchando e cozidas, tempere com azeite, azeitonas pretas, fatias de pão e alho no forno ( separe dentes de alho, mas não os esmague nem tire a casca, mexa-os no azeite e ponha no forno com lascas grassas de pimentão vermelho e amarela) quando estiverem com as bordinhas negras estão prontos, esprema direto na boa...o gosto adocicado é divino.

11. Jantar de verão
Azeitonas pretas, queijo, cebolas, tomates e pepinos - acrescentamos por nossa conta melão. Tempere e tem aí uma refeição completa.








12. Sanduiche mediterrâneo
Faça um mix de folhas picadas finas e tempere com sal e azeite, acrescente tomates e um omelete simples.





 13. Vinho tinto ou suco de uva sem conservantes
 
”Toma conselhos com o vinho, mas toma decisões com a água.”

Benjamin Franklin
Uma boa taça de vinho na refeição, alegra o espírito, juda na anemia, reforça o ferro no organismo e contribui com a circlação. Moderação é ponto pacífico.

Homeopatas dos Pés Descalços e nossas
convidadas da Cozinha dos Vurdóns

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

INSÔNIA


INSÔNIA. E agora?


Sabe quando você rola de um lado pro outro e não consegue dormir? Simplesmente não pega no sono? Quando você está cansada e acha que vai dormir, se prepara e na hora “H” nada? Insônia. Ela pode vir só ou derivada de alguma outra doença, pode ter uma causa aparente ou a princípio desconhecida, é ligada ao sistema nervoso e afeta mais pessoas do que você pode imaginar. Urticárias e vermes podem afetar seu sono, cardiopatias também, emoções fortes, medo, ciúmes, raiva, indigestão, preocupação e todo tipo de emoções também. Vale a pena olhar isso com cuidado.


Clamatis erecta – na 12 ch – nas pessoas sifilíticas, adultos com coceiras que não passam.

Aconitum ou Coffea na 12 ch ou na 30 ch – para aquela insônia comum, tá tudo bem, só que você não dorme – são considerados os papas do tratamento das insônias, podem ser aplicados sós ou alternados.

Nux Vômica quando o nervoso não concilia com o sono – ch 30, a preocupação com o trabalho é demais ou quando você comeu mais do que devia e ficou nervoso com isso, sem lugar e indisposto ou ainda quando a primeira parte da noite não acontece, você perde o sono e fica acordada. Tudo na ch 30.

Ambra ou Gelsemium na ch 30 quando o motivo for os pesares da vida que você não esquece e qualquer coisinha te faz ficar sentida e magoada.

A Ignatia ch 5 quando as notícias boas te colocaram ligada na tomada e você simplesmente não pode se aquietar pra dormir.
Coffea na ch30, Chamonilla na ch 30 ou Aconitum na ch 30 com a dentição.

China na ch 5 para as crianças que sofrem quando for devido a vermes. 

Pulsatilla na ch 30 ou Bellis Perenis na ch 5 quando a insônia vier pela madrugada a fora.

Fadiga por falta de sono é sinal de Silicea na ch 5.


 Além disso temos as tinturas e os chás:

Tintura de Avena Sativa na TM ou na DH 1 pode ser aplicada durante o dia em 10 a 20 gts ao dia em copos de água e a famosa Passiflora ajuda muito se for tomada na TM ou DH 1 na forma de 30 a 60 gts distribuídas durante o dia.

Os chás de passiflora, de funcho, de camomila e de erva cidreira continuam no topo da lista.
Comer menos a noite ajuda, não ficar na frente do computador ou da televisão, fazer exercícios e se divertir também trazem bons resultados.
Primeiro saiba o motivo da sua insônia e procure ajuda...esse é o segredo.

Homeopatas dos Pés Descalços

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

INDIGESTÃO E DICAS DA HOMEOPATIA


INDIGESTÃO  E DICAS  DA HOMEOPATIA
de forma bem simples...

A indigestão estomacal acontece quando os alimentos que você ingeriu, por algum motivo, não seguem o seu trajeto normal e a digestão para. Você pode expulsar através de vômito, pode sentir falta de ar, sudorese excessiva, irritabilidade, sono e lentidão, vomito seguido de diarréia e até convulsão ou desordens mentais.
Vale a pena se ater ao lógico – comeu demais? A comida não bateu bem? Cuidados com a higiene? Alimentos que você tem alergia, resistência? Comeu com raiva?...pode ser tanta coisa, mas no fundo a gente sabe direitinho do porque da indigestão, basta pensar um minuto, coisa que por vezes não fazemos na hora das refeições.

Nesse caso, os glóbulos ganham a preferência e devem ser colocados debaixo da língua.

Se você comeu demais – Nux Vômica ch 5 ajuda muito, mas se comeu como um tolo, Drosera ch 5 pode ser a melhor solução.
Logo no início Ipeca ou Pulsatilla, ambos na ch 5 são os mais recomendados, de 10 em 10 minutos, um glóbulo alternado.
Se chegar a vomitar antes de qualquer coisa, use Nux Vômica ch5, de hora em hora nesse dia e se for acompanhada de diarréia Mercurius Dulcis na ch 3 ou na ch 5 vão ser de grande valia.

Se vier de forma violenta podendo chegar a convulsão cerebral – Belladonna ch5 e na febre Baptista na ch 3.
Caso perceba a depressão pela indigestão, Antimonium tart. Na ch 3 ou na ch 6, mas se tudo não passar de uma indisposição leve e sem vômitos, use Antimonium Crudum na ch 5 ou a Nux vômica na ch 5.
 O chá de hortelã é um amigão nessas horas.
Outra recomendação é a de manter um chá digestivo, como Ban chá – seco e não torrado ou o famoso chá de jasmim após as refeições. Existem pessoas que se acostumaram com o famoso cafezinho e isso não tem nenhum problema, na quantidade certa, fresco e de boa qualidade é um remédio.

As indigestões constantes nos remetem a falta de zelo de um indivíduo consigo mesmo, o pouco valor que costuma dar a alimentação ou a pequenas depressões e intranqüilidades que se acumulam ao longo do dia. Vale a pena observar e se for o caso procurar ajuda especializada.


Outro fator é a hora da refeição – do almoço principalmente. Faça com que seja da forma mais tranqüila possível, sem discussões, sem brigas e de preferência sem celular. Coma, você precisa comer para aproveitar as coisas boas da vida, faça-o da melhor maneira possível, sem radicalismo e com o máximo de zelo possível, quanto a higiene do local e dos alimentos.
Homeopatas dos Pés Descalços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica