Pular para o conteúdo principal

PSORINUM - QUANDO CORPO E ALMA SOFREM

A sarna é um fato, é real.
A sua personalidade também é.

PSORINUM soro
(de vesículas de Sarna) – nosódio.


O medo do fracasso, esse é o principal medo da personalidade de um Psorinum. Não há esperança, somente desespero e pessimismo acentuado. Não há esperança, apenas desespero. Fisicamente ele nasce na pele, esse é o mundo real, erupções cutâneas e coceira.

Já por dentro, existe a tentativa de aperfeiçoar-se, retirar a culpa que carrega dentro de si, limpar-se dessa profunda responsabilidade. Com isso, com essa alto cobrança, a ansiedade e o desespero a acompanha. A cura é lenta e ver-se neste estado piora e muito as coisas. Existe nesse momento a interligação do não reagir, estar parado, não conseguir avançar, parece que tudo está no mesmo lugar, que nada ira andar, é aí que o desespero chega. Qual o estalo para a crise?Seu estado físico reage à mudança brusca de temperatura, mas a energia vital dessa personalidade é muito baixa, ela sempre está com frio, mesmo no calor.


A depressão é outro estado que toma muito a atenção dessa personalidade. Depressão e pessimismo, nada vai dar certo, nada deu certo. A má sorte na vida, os infortúnios, ele sabe que não dará conta das demandas e que não cumprirá o que precisa. Se pedir a ele que diga do que vai morrer, ele certamente lhe dirá que morrerá de câncer, acha que vai pagar tudo o que deve e que sempre culpado de tudo. Tudo isso vai ser exposto no corpo, vai para a pele dele e é claro no caso agora real de supressão, a loucura ou doenças degenerativas do cérebro tendem a acontecer. Tem medo de tomar banho, de ficar pobre, de lhe acontecer algum mal a qualquer momento e em qualquer situação, das tempestades, da ira de Deus sobre ele, afinal de contas existe uma demasiada ansiedade e/ou depressão de cunho religioso, da salvação de sua alma. Depressão de religiosos, medo do futuro, da má sorte e do mal. 

Existe uma pequena melhora nesses sentimentos quando come.
Estados comuns em crianças que passam bem o dia, mas pioram a noite toda, basta escurecer.
Essa personalidade tem a memória ruim, imagino que neste caso seja a quantidade de supressão dos pruridos, durante a vida. Com a exposição das feridas na pele, todos querem tratar dela para que essa fique bonita e boa. Esquece facilmente o que lê, onde vai, o que falou e o que ouviu.
Nas constipações ele sempre está bem humorado e aparece feliz, o que reforça a nossa observação. Expulsa coriza, muco e fica bem melhor.


Possui a sensação de que a cabeça é separada do corpo, ou como se a metade esquerda da cabeça não funcionasse mais.
Um detalhe físico que jamais pode ser ignorado em um Psorinum é que ele é frio, extremamente friorento, sensível mesmo e sempre está com bastante frio. É a falta de calor vital, a baixa da imunidade.
Outro fato físico muito importante: Todos os seus excrementos (diarréia, corrimento, menstruação, sudorese, orelha ou coriza, etc) têm um cheiro muito ruim, horrível, podre, carniça. Seu corpo tem um cheiro ruim, mesmo após o banho, mas, tendo medo de tomar banho fica difícil, o banho poderá adoecê-lo, pensa ele. As pessoas dessa personalidade normalmente estão sujas, mal cuidadas e são ofensivas à vista e ao cheiro. Sem estar no estado adoecido, essa personalidade consegue disfarçar, entrando no estado doentio, ela não reage bem a terapias, a droga ou a estimulação do psicológico.

 HENRY CLAY ALLEN
"Psorinum não deve ser dado ou diátese psora Psoric, mas, como qualquer outra escolha, pela individualização estrito (conjunto de sintomas) e depois vamos ver fazendo seu maravilhoso trabalho" (Allen).

As maiores tendências de deficiências físicas de Psorinum são:

*Hipertrofia de amígdalas
*Deglutição difícil e dolorosa
*Grande tendência de amigdalites recorrentes (Dor de garganta severa, cortar ou rasgar, estendido para os ouvidos de deglutição, com sialorréia ofensivo.)
*Anorexia com sede constante*fissuras (especialmente no inverno),
*Manifestações proeminentes de Psorinum (aspectos mórbidos  da pele.)
*Arroto sabor ácido ou cheiro de ovo podre – inclusive na urina.

*Herpes,
*Urticária,
*Sarna,
*Psoríase (mais no inverno).
*Tendência a ter piolhos.






*Secreções com cheiro insuportável de carniça,
*Acne,
*Eczema
O aspecto dessa personalidade costuma estampar na própria pele – áspera, suja, insalubre, gordurosa e com muitos tipos de erupções diferentes. Tende a melhorar muito no frio e piorar consideravelmente no calor.

A fase adulta e a velhice acabam por demonstrar esses agravamentos todos, pois na infância costuma-se ter mais cuidado e receber essas ajudas. Muito pode ficar encoberto com a desculpa da educação primária e fazer os asseios por obrigação. Conforme a doença se agrava isso vai se destampado.
Psorinum não faz mal a ninguém, só a ele mesmo. Afinal de contas é ele que terá de pagar pelos pecados do mundo. Ele sempre será o culpado de tudo.

 Medicações complementares: Bac, Sep, Sulph, Tub.
Medicações com variáveis importantes de comparação: Aur, Ars, Chin-s, Graph, Mez, Petr, Sil, Sulph, Tub.



Homeopatas dos Pés Descalços

Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…