Amigos do Blog

Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

A LEI DOS CINCO ELEMENTOS


A LEI DOS CINCO ELEMENTOS – A ESCOLA DOS CINCO ELEMENTOS



Esta é a lei mais antiga de todas as leis que compõem a Medicina Oriental. Muitos escritores, principalmente aqueles que se colocam acima do respeito pelos conceitos que foram alicerçados a muitos anos,acreditam que essa lei é uma fantasia mística, que já foi substituída e que com isso pode-se chamá-la hoje de obsoleta e sem nenhum valor a não ser meramente histórico ou como costumam dizer: supersticiosa.
Avaliem comigo uma situação: sendo esta a primeira lei, obviamente que seus conceitos de criação são muito antigos, escritos e descritos na proporção da observação da época, simples e sobretudo, cuidadosamente respeitados e observados.


Os cinco elementos constituem a natureza e se interligam, criando assim um estado de evolução ou restrição, de forma a manter o movimento contínuo e mutável.
Sabemos que o organismo humano é regido pelo mesmo princípio da natureza, fazendo com que ocorra uma interferência nas atividades fisiológicas. Outro fator importante é a reação, a adaptação do homem ao meio ambiente, que por sua vez, tornou possível a correlação entre a fisiopatologia dos órgãos e tecidos e os chamados fenômenos da natureza.


Essa noção se dá de acordo com o processo: PRODUZIR, CRESCER E PROMOVER.


A madeira quando aquecida cria o fogo que nos alimenta e também destrói, só que chegando ao final da queimada teremos o solo, a terra, de onde surgirá propriedades para a criação do metal que por sua vez torna-se líquido, dando origem a água, que por sua vez gera a madeira.


Sua descrição básica por ordem histórica:


1ª a água que desce e molha,
2º o fogo que sobe e queima,
3º a madeira que se curva e endireita,
4º o metal que é obediente e muda de forma,
5º a terra que pode ser semeada e ceifada.


Sua descrição básica segundo o corpo humano:


Madeira: fígado e vesícula biliar,
Fogo: intestino delgado, triplo aquecedor, Circulação sexo e coração.
Terra: estômago e baço,
Metal: pulmão e intestino grosso,
Água: rins e bexiga.


Os cinco elementos ou os cinco poderes não são considerados estáticos, mas princípios dinâmicos, em constante interação.


A primeira descrição desta lei, encontra-se no Hong Fa – Grande Norma e se trata de um pequeno tratado considerado o mais antigo livro de filosofia oriental. Por sua vez esse tratado fazia parte de um conjunto de normas nas quais os soberanos deveriam conhecer.
Estes escritos se baseiam por volta de 1.122 AC, porém seus estudos antecedem essa data. Os cinco poderes são considerados a 3ª classe das artes ocultas chinesas.
matéria 1 - MTC
Continua...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica