Pular para o conteúdo principal

CHELIDONIUM MAJUS E SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA

CHELIDONIUM MAJUS  
Uma personalidade sem artifícios


Chelidonium majus vista sob o olhar físico do cotidiano.

Doenças crônicas do fígado, como hepatite crônica evoluindo para cirrose. Lateralidade direita acentuada de qualquer doença, icterícia, inflamação dos rins, dor de estômago que é temporariamente aliviada ao comer, bílis em abundância. Todas as doenças em que existam sintomas biliosos ou hepáticos, em especial nas pneumonias e broncopneumonias.


Traçar os principais estados psicológicos ou reações emocionais de uma personalidade não é fácil. Entretanto é possível. A estrutura emocional, psicologicamente falando, diz que ele não tem evasivas, não corre do confronto direto sendo bastante pragmático seu estado de enfrentamento das coisas acaba por derrubar o fígado e suas funções, deixa suas marcas emocionais na pele e se realça nos gostos alimentares.

O que seria isso? A cor dessa plantinha é a amarela, pois bem, essa cor estará marcada na pele, nos dentes, na língua dessa personalidade. Quanto ao alimento é simples e direto: amo leite e odeio queijo, manteiga, coalhada e derivados do leite, mas sinto muito desejo em tomar leite, quanto ao resto tenho repugnância  e aversão.

Chelidonium tem ansiedade pelos outros, tem ansiedade de consciência, acha que cometeu algum crime, tem certeza disso, entretanto, sua maior marca é a de um ditador, um dominador. Esse sistema rígido leve a complicação de várias estruturas e várias doenças. Esquece o que fez e esquece o que vai fazer com muita facilidade. Todas seguem a linha principal, inclusive seu medo, ele teme pela saúde, mas teme que ele mesmo a tenha estragado, não culpa coisas e nem pessoas, acha que ele mesmo causou o prejuízo a sua saúde, que ele foi o responsável pelo seu fim. Isso é tão forte que ele chega a imaginar o fim da sua própria saúde. Tem certeza que ficará louco e que acabou de vez com sua saúde. Ofende-se facilmente, claro, qual o ditador que não.

Seu lado de eleição é o direito e isso é realmente notado. Dor no joelho e no ombro direito, nevralgia do lado direito, dor em vesícula biliar que se estende à escápula direita, dor nas costas irradiando para o ombro direito (como sanguinária).

Isso de um lado sim e o outro não são marcantes nessa personalidade, uma extremidade quente e a outra fria, frio em uma mão e a outra quente. Uma orelha fria e a outra quente. 


Quando falamos da coloração, é verdade, a língua é amarela, o nariz amarelo, a pele amarela, as fezes amarelas, o rosto é amarelado, as feridas são em pústulas amarelas.

Quando se dita uma regra pra própria vida, a coisa fica difícil, é isso que acontece com a personalidade de Chelidonium, ele sente cheiro de fezes o tempo todo, do tipo enxofre e acaba se impressionando com isso, sonha com cadáveres e funerais, sendo que seu sono não repara o desgaste.

Náuseas, Anorexia, Distúrbios de fígado e vesícula biliar, Hepatite, dor no estômago. Junte isso, sabemos que é assim que todo mundo reclama, junte a coloração da qual essa personalidade não escapa. Já temos um bom começo. A mágoa parece estar presente. Lycopodium sempre foi considerado seu complementar e sua medicação seguinte, Bryonia com suas fortes raízes e coloração também deve ser cuidadosamente analisadas. Entretanto a rigidez do Arsênico pode complementar definitivamente essa personalidade. Ambas são fortes e tem em comum a grande possibilidade do comando organizado e dinâmico. Esse é o lado bom dessa personalidade.

Quando o equilíbrio se estabelece, ante qualquer doença, ele traz a resolução de conflitos pessoais, sociais e físicos. Chelidonium não muito usado, é muito confundido e pouco aproveitado no seu potencial individual. Vale a pena prestar atenção nele.


Em forma de chá ... eis a ERVA ANDORINHA, usada para as seguintes enfermidades:
Acne, ansiedade, artrite, asma brônquica, bronquite, cãibras no estômago, enxaqueca, cálculos biliares, calos, câncer de pele, chagas ulceradas, congestão hepática, doenças da pele, dores reumáticas, catarata, intestinais, vesiculares e de cabeça, eczemas, hepatite, icterícia (raiz), impigem (dermatoses), feridas supuradas, gota, hepatite, hidropsia, hipertensão arterial, inflamação nos olhos e vesícula biliar, choques anafiláticos, males da pele, manchas de pele, oftalmias, problemas hepáticos, psoríase, espasmos musculares, úlceras escrofulosas, escorbúticas e de feridas velhas, verrugas.

Cabe-nos ressaltar que é sempre bom observar o uso natural das plantas que muito contribuíram para as descobertas da Homeopatia vegetal e que devem ocupar seu devido lugar e terem seu devido valor.
Homeopatas dos Pés Descalços

Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…