Pular para o conteúdo principal

EM TEMPOS DE SECA, RESPIRAR É PRECISO.


Eis um ajudante de primeira no combate a várias doenças que se alastram como uma praga no período das secas, onde a poluição fica sem controle. 

Aqui falamos do óleo mineral medicinal e purificado, barato, de compra fácil nas farmácias e sem grandes complicações.
Sabemos que O Óleo Mineral tem uma grande capacidade de oclusão, protegendo a pele da evaporação excessiva de água, impedindo a desidratação e é aí que entramos.

Lave o nariz com água e depois molhe um cotonete no óleo e limpe a parte interna do nariz. Faça isso de 2 a 4 x ao dia e saberá que muito do cansaço, das crostas de sangue que retiramos do nariz é falta de hidratação. Respiramos melhor, sentimos menos cansaço e deixamos de ter muitos ITES – sinusite, rinite ... e as crises alérgicas.


O Óleo Mineral é um produto neutro de grande compatibilidade com a pele, produzindo a lubrificação quando usado em formulações de cremes e loções. Para isso use-o a noite, pra dormir ou para diminuir as crostas e rachaduras do calcanhar, é barato e funciona de verdade. Não protege dos raios nocivos, por isso protetor solar é coisa séria e não deve ser deixado de lado. Outra coisa importante é deixar claro que essa história de misturar óleo mineral com outro produto para pegar uma corzinha mais bronzeada não deve passar de uma lembrança vaga dos anos 70 e 80, quando ninguém falava de câncer de pele.

O Óleo Mineral Branco Medicinal é muito versátil sendo utilizado em vários outros segmentos devido exatamente ao seu grau de pureza. Os óleos minerais de uso medicinal não contem dioxina (cancerígeno) visto que são purificados. Entre tantas aplicações podemos citar: farmacêutica, cosmética, alimentícia, veterinária, agropecuária, têxtil, lubrificantes e por aí vai, a lista é grande. 




Na China, na Índia, no Egito e no Oriente Médio o óleo foi usado para fins medicinais e na perfumaria (sabonetes) e ungüentos, vindo daí muitos produtos dos quais conhecemos, além da fabricação de tintas, ceras e vernizes. Durante a idade a Europa usou o óleo mineral na fabricação de sabões, de cosméticos e seus cremes, especialmente na Grécia e em Roma.

Não vamos tão longe, mas é bom saber. O uso interno; via oral deve ser feito sob prescrição médica e acompanhado. Injetado também. 

Diferente do que todos pensam; o óleo mineral não é um produto inócuo...LEIA MAIS.
Existem outros óleos que podem ajudar na prisão de ventre – seu uso mais popular e perigoso. O azeite de oliva é uma boa opção além de outras.
Se usado de forma correta, eis aí um companheiro de primeira, sem custos e sem grandes sacrifícios. A saúde agradece e você respira mais aliviado. A limpeza das narinas são uma boa forma de prevenção contra doenças e problemas respiratórios dos quais podemos efetivamente fazer parte de uma melhor qualidade de vida a custo baixo.
Homeopatas dos Pés Descalços

Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…