Amigos do Blog

Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

BLATTA ORIENTALIS E BLATTA AMERICANA

BLATTA ORIENTALIS



Eis uma medicação no mínimo controversa - Blatta orientalis, vulgarmente conhecida por barata (Inseto - família Blattidae (Orthoptera). Cor escuro negro e não voador - nativo da Europa se espalhou pelo mundo através de embarcações, se espalhando e se adaptando rapidamente nos locais onde chega.


Sua descoberta foi totalmente acidental e registrada como incomum – um paciente acometido de uma forte crise de asma, não percebeu que uma barata havia caído na chaleira onde era fervida a água de um chá em infusão. A asma cedeu e mais tarde se descobriu a barata, repousando morta na chaleira.

Seu âmbito de atuação tem sido limitado à asma crônica e suas conseqüências físicas, em especial atenção nas pessoas robustas e corpulentas (nota-se aqui sua função anti miasmática) o oposto do quadro de asma em indivíduos magros - que apresentam um quadro de bronquite, aguda. Quando há muco de forma espessa e purulenta, provocando sufocação e dispnéia – especialmente à noite. Pacientes asmáticos com expectoração mucopurulento e na tosse que acompanha estes casos específicos.


Há indicações de sua eficácia em processos de alergias respiratórias ligadas a asma e a bronquite, pelo fato de retirar rapidamente o processo sensível das crises. Sua aplicação de maior sucesso se refere a 1 gota de 15/15 dias na 1.000ª. Dr. Nilo Cairo.

BLATTA AMERICANA



Eis a barata americana – cor amarronzada e que está sempre dentro de casa. Aplicado especialmente nas crises variadas da hidropsia onde a pele, a tez do indivíduio se torna amarelada e o cansaço é para tudo e extremo. O aparecimento constanstante de icterícias é outra indicação clássica dessa medicação. Mis usada na sexta potência.

 Homeopatas dos Pés Descalços
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica