AS 25 PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAIS USADAS NO COMBATE A DEPRESSÃO II PARTE


              II PARTE 



(A automedicação é uma prática perigosa, consulte seu Homeopata)


NIVEL ALTO DE EFICÁCIA

Nitricum acidum: Aqui ocorre o que se pode chamar de delírio irracional ou acesso de fúria, daqueles que acontecem quando se está tudo calmo e tranqüilo, do nada, não existe motivo para tal reação. Essa personalidade pensa no suicídio, mais como morre de medo de morrer, acaba por não cometê-lo. Pensa na morte, tem palpites de como seria morrer, deseja estar morto e isso ocorre ao menor sinal de cansaço e esgotamento. Desenvolve durante este estágio doentio uma hipersensibilidade a todos os barulhos externos e cria falsas impressões de coisas simples como o barulho de uma gota de água caindo ser o motivo de uma dor qualquer que velha a sentir.


Phosphoricum acidum: Seus principais sintomas são decorrentes de desilusões e frustrações, ou seja, distúrbios emocionais. Neste caso podemos classificar: desilusão no relacionamento, antecipação de eventos, restrições sofridas no trabalho ou em casa, mortificação, culpa, amor não correspondido ou mesmo choque. É uma tristeza que não vai embora, uma nostalgia que se prolonga. A grande diferença dessa medicação é que o físico se recente claramente e em conjunto apresenta esgotamento físico, cansaço e esgotamento nervoso, sem forças para manter relações sexuais. Ele não pode pensar em nada, não há interesse nenhum, por nada, nada o motiva depois do que ocorreu. Torna-se comum o estado de estupor grande seguido de desmaios.


Natrum Carbonicum: Natrum é deprimido, triste e melancólico por natureza, sempre foi assim, as pessoas o reconhecem assim, entretanto esse quadro se agrava e muito em duas situações claras: 1. Por ouvir música (faz a junção da melodia com o sofrimento), especialmente por piano e 2. Quando muda seus hábitos alimentares. Sempre se coloca em situações de ansiedade e apreensão, mais não sabe lidar com ela. Pode ter acessos de riso e profunda tristeza, ambas seguidas de gritos - ouvido essa músicas ou dormindo. Pensa na morte.


Natrum Muriaticum: É espiritualmente afetado por desilusões, por frustrações, por sansões, amor não correspondido, por mortificação, tendo em mente fatos que ocorreram a algum tempo atrás. Não sofre por coisas muito recentes, sempre são conseqüências de algo anterior. Seu sofrimento exprime uma tristeza profunda, um ressentimento que não passa; que é sempre guardado e relembrado. Cobra o que não teve ou o que fizeram com ele, mais não muda de postura em relação aos outros. Prefere estar sozinho e piora muito se consolado ou no meio de outras pessoas. No auge desse estado pode apresentar sonambulismo e profunda prostração física se precisar falar sobre qualquer assunto, mesmo que seja pouco. Nas mulheres esses sintomas pioram muito no período menstrual. 

Natrum Sulphuricum: Fala, pensa e apresenta clara tendência ao suicídio. Entretanto internamente tem medo do suicídio, do ato em si. Medo de se ferir. A música também o entristece muito, mais quando está ao ar livre, andando, melhora bastante, se torna mais disposto e menos melancólico. Cheio de manias quando se instala o quadro depressivo. Piora nos períodos chuvosos. Depressão dos usuários de droga e das pessoas que já sofreram algum tipo de lesão cerebral.

Platina: Essa personalidade chora involuntariamente, especialmente nas mulheres em período menstrual. Pensam que estão caindo, saindo fora de uma trajetória reta, que estão sozinhos no mundo. Não suporta companhia e até piora pelo consolo. Tem acessos de riso em momentos sérios e chora nas horas alegres, sentindo profunda tristeza. 
      
Pulsatilla: não perdem a doçura, a meiguice, a suavidade e nem a timidez, choram copiosamente ao tocarem nos motivos que a fazem sofrer. Se sente profundamente abandonada, desamparada e largada sem consideração. Não há carinho que a console. Tem medo de enlouquecer, por isso, está sempre quieto e retraído. Se sente só no meio da multidão, inconsciência temporária ou não quando está no meio de pessoas acolhedoras ou de situações agradáveis. Entristece em locais fechados. Seus distúrbios são por decepções ou frustrações. Têm certeza de as pessoas (inimigos) que não gostam dela a perseguem, no trabalho, em casa, na rua. Tem visões horríveis ao fechar os olhos, vê figuras demoníacas, fogo e pode chegar ao delírio, gritando involuntariamente quando dorme. Piora depois do meio dia até a noite. Grita, fala, sorri e chora em meio ao sono. Está muito ligada a psicose pós parto.

Rhus Tox: Chora involuntariamente e verdadeiramente não sabe por que chora. Piora muito a noite ou quando transpira bastante por algum esforço ou calor. Pensa em suicídio, por afogamento, mais acha que isso não teria não valor ou mérito. Detesta ter que pensar, se cansa de forma desesperada. Sente muitos medos e se atormenta e se cansa por pensar neles.


Sépia: não existe alegria, nem uma sobra de felicidade, tudo é lento e lerdo, não pensa em sexo e nem em amor, foge de carinho. Quando bem, sua capacidade de amar especialmente os membros da família é enorme, quando adoecida sua aversão e indiferença é total, eles simplesmente não existem e não importam. Não consegue conter os gritos, melhora e faz festa em momentos onde ocorrem tempestades. Não tolera carinho e nem consolo. Faz questão de evitar as pessoas. Tudo piora ou se apresenta após uma relação sexual ou depois da metade do dia. Fica confuso e muito irritado sobre qualquer interpelação. Piora muito no frio, tem medo de chegar à noite e ter de dormir ou ter relações sexuais. Desmaia com facilidade. Ocorrem momentos de sudorese profunda com piora do quadro psicológico.


NÍVEL MÉDIO DE EFICÁCIA ESPECÍFICA.


Silícia: seu estado depressivo é nervoso e ocorre mais por motivos relacionados ao trabalho. Está exausto, infeliz e cansado do trabalho e da vida. Pensa em cometer suicídio pulando de um local bem alto. São obcecados por pinos, facas, espinhos, agulhas ou qualquer objeto pontiagudo, ama todos eles e morre de medo também. Costuma ter alucinações com tais objetos. Chora facilmente porque é muito sensível a todas as coisas da vida.


Sulphur: essa medicação pensa em suicídio, pulando de altura determinada, se afogando em lugares distantes ou mesmo lhe dando um tiro na cabeça, mas acham que não tem valor pra isso. Pensa nisso e se entristece especialmente depois que se deita e vai pensar na vida. Está exausto, cansado, infeliz. Piora muito a noite. Recusa-se a tomar banho.


NÍVEL BAIXO DE EFICÁCIA ESPECÍFICA


Thuya: Se sente descartado das situações, jogado fora, a pior de todas as pessoas. Deseja morrer e pensa no assunto. Sempre entediada e sempre cansada. Pode seguir assim por toda a vida, sem ser notada.


Zincum: Melhora considerável do estado depressivo assim que desce sua menstruação. Detesta esforço, não gosta de exercícios de caminhar, correr e de nada que lhe de trabalho e lhe exija esforço. Tem certeza de que sua morte é questão de tempo esse tempo é curto. Pode permanecer assim por anos.




Independente dos NÍVEIS aqui apresentados, essas são as matérias médicas que mais apresentam grau de depressão em suas personalidades. Quanto mais a estrutura emocional estiver ligada a personalidade, maior o dano. Thuya por exemplo, com seu estado de minusvalia, pode passar a vida toda sem ser percebida e provavelmente poderá morrer de suas deficiências físicas. Arsenicum não, ele vai enlouquecer primeiro, depois terá transtornos físicos. As medicações com nível médio são aquelas que podem desenvolver um campo ou outro primeiro, estão no meio do caminho e possuem as duas tendências – entretanto essa irá se apresentar de forma definida.

Os sentimentos não são causas isoladas, são reflexos, formam um conjunto que afetam a estrutura física do indivíduo. Aprendendo mais um pouquinho sobre a forma com que reagimos às estruturas da vida, podemos nos ajudar mais e ajudar os outros. Podemos procurar ajuda mais rápida e mais consciente. 

Homeopatas dos Pés Descalços.

Comentários

  1. Preciso da ajuda da homeopatia . Tenho 50 anos. Sou uma pessoa frágil fisicamente, vivo com alguma “doencinha”, diarréia ou gripe (principalmente quando tento fazer alguma dieta) ou dor de cabeça, ou dor nos músculos, antes tinha muita sinusite, rinite, etc. Sempre alternado entre uma ou outra doença (não muito grave). Tive mioma e muita hemorragia uterina (fiz cirurgia e tirei o útero e os ovários). Sou muito insegura, muito indecisa e tenho uma lista de irrealizações na vida Quando criança era morena clara, cabelos castanhos ondulados, magra, frágil, medrosa e tive muita bronquite. O que vocês podem me indicar para para mudar (ou melhorar) esse quadro.


    Outra ajuda é para minha filha, ela é brigona e geniosa. Ela é meiga, mas em casa é braba, brigona, muitas vezes dá tapas, grita, chora. È teimosa, mas é muito obediente na rua; se preocupa com a própria segurança e com a nossa. Ela é clara, branca, rosada, traços bonitos, forte (não gorda), esportista. Tem cinco anos, gosta de estudar e já sabe ler, além de ser esportista.

    Obrigada pelas indicações.
    Alice

    ResponderExcluir
  2. Oi Alice,

    Leia um pouco sobre alium sativum e lycopodium, depois me diga o que achou.
    Independende de qualquer coisa, você precisa reagir, e o nosso rim ajuda muito,(nós mulheres). Perto das 5 da tarde, coma alguma coisa que tenha sal e tome um café ou um chá. Reveja sua alimentação, de preferencia com uma nutricionista - temos algumas dicas aqui no blog. Vai se sentir melhor, te garanto.
    Sabe se tem anemia? veja se pode tomar uma colher de mel com algumas gotas de limão, todos os dias, ao longo do tempo vai se sentir muito melhor.
    Você deve ser triste e a tristeza nos machuca por dento.
    Existe um floral mineiro chamado "BUQUÊ DE NOVE FLORES", 4 gotas debaixo da lingua 3x ao dia.
    Verifique seus exames de hormônio e veja se está tudo bem.
    Leia e retorne, aguardamos.

    Quanto a pequena, ela deve sentir que domina em casa, então abusa da situação, na rua deve ficar com medo e insegura. Verifique a sua postura e a dela. No mais, o ostinho vermelho e as explosões são indicativos de algumas medicações, mas retire o excesso dos seus olhos primeiro, está cansada, precisa ver melhor. Dê um floral pra ela, um que seja mais geral, algumas coisas vão se acentar e aí veremos.
    Sugestão: Rescue remedy - 4 gotas na água ou no suco. De 3 a 5 vezes ao dia.

    Dê notícias, agradecemos o carinho e desejamos sorte.

    a equipe.

    ResponderExcluir
  3. bom dia a todos
    preciso muito de ajuda, tenho 40 anos, ando estremamente nervosa, com muita raiva, vontade de arremessar as coisas, vontade quase incontrolável de doces, chego a comer escondido, para evitar críticas, e essa raiva toda, eu não consigo controlar, independente de onde eu esteja, e no trabalho é mto difícil, pois as pessoas me chamam de brava, mal humorada, é td verdade, mas eu não consigo disfarçar, fingir, sou mto sincera e transparente, mas nem eu aguento minha cara feia, e qdo fico assim, fico muda, não falo nada com ninguem, e se começar a falar td que penso, chego a explodir e gritar
    será que o homeopax pode me ajudar? já tomei remédio controlado e consegui parar, preciso de ajuda tb para parar com a sertralina, pois se fico 2 dias sem tomar tenho crise de abstinencia e passo mto mal, sensação que estou saindo do meu corpo, tontura, irritabilidade fora do comum
    aguardo seu conselho
    muito obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde querida,

      leia staphiságria e belladona. Separe as condições emocionais e nos diga.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    2. nossa, me identifiquei demais com nitricum acidum

      Excluir
    3. Ana Paula,

      nossa sugestão é que comece com ch 9.
      10 gts ao dia - pela manhã e observe.
      Ainda penso em sthaphiságria, agora como complemento, veja se ela se encaixa com vc.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
    4. me identifiquei com essas situações:

      Para tanto eis uma personalidade sensível, ou melhor hipersensível a cheiros e ao contato.

      dor de cabeça por cheiros
      humor inconstante
      palpitações, as idéias borbulham e o sono não vem, mas essa personalidade não tem medo de encarar o dia seguinte, acorda e segue para tentar organizar suas múltiplas idéias. Passa sim o dia todo sonolento, mas chega a noite, pode despertar

      Staphysagria pode ser "vítima" de moscas e mosquitos, desenvolvendo grandes e dolorosas alergias após o seu contato. Fisicamente, eles têm muitas queixas sobre a micção, bexiga e órgãos genitais.

      Seus olhos são uma janela para o homeopata atento: Terçóis que deixam pontos endurecidos, fotofobia e Irite são comuns e sempre presentes. Existe também a queixa dos olhos estarem permanentemente embaçados e muitas vezes lacrimejando.

      Uma curiosidade alimentar de Staphysagria é que ao mesmo tempo que possuem aversão ao leite, podem apresentar um desejo enorme de consumi-lo. Não suporta gordura e é extremamente apaixonada por doce. Caso queira poderá classificá-lo de chocólatra.

      belladona
      espasmos são muito dolorosos com dores neuvrágicas e em súbito
      sensibilidade a luz, ruídos e toques
      Desmaio é SÚBITO
      inflamações de garganta
      Cabeça quente com mãos e pés frios
      Cólera e ira, o ódio se volta rapidamente.
      A face avermelhada é predominante, especialmente nos acessos de fúria
      incômodo INTOLERÁVEL da roupa apertada
      - A cabeça de uma Belladona pulsa com a dor, dor latente, como se fossem martelos enlouquecedores segundo Gels, que piora muito com ruídos, luz forte, sol escaldante e curvando-se para frente. É por esse motivo que sua melhora é notável em aplicações frias, locais úmidos e escuros
      fala e conversa enquanto dorme, pois seus sonhos são muito reais. Sonhos de queda, essa é a sua marca registrada, em qualquer sonho que tenha ele sente a queda, brusca, o que é comum os trancos ao acordar
      Desejo de agredir as pessoas, de puxar os seus cabelos.

      Excluir
    5. Oi Ana Paula,

      Percebe agora que as indicações emocionais para Belladonna são maiores? que peculiaridades físicas também se encaixam.

      nossa sugestão é - 20ml de bell. na ch 5 - 5 gts/1 dia sim o outro não, pela manhã.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  4. Boa tarde,
    Gostaria de saber que medicamento seria indicado para uma pessoa que é perfeccionista, controladora, rígida, não confia nas pessoas,alterna períodos de alegria e tristeza porém curtos, nunca tomou medicamento para depressão; tem insônia no meio da noite. Dorme, mas acorda lá pelas 2, ou 3 horas da madrugada. Mania de limpeza. Tem dislexia mas não atrapalhou nos estudos. Gosta de solidão, apesar de não gostar de estar sozinho. Não gosta de laços familiares.
    Obrigada,
    Thaís

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thais,

      leia carbo animalis, chamomilla e causticum. Veja se há alguma ligação.

      um abraço,

      a equipe

      Excluir
  5. Caro amigo! seu site é uma excelente fonte de consulta e estudo da matéria médica homeopática...
    ...no entanto, porém,, mas (but), perdoe-me, pois existe um erro comum hoje em dia ao se escrever que consiste em usar o pronome possessivo (mais) no lugar da conjunção (mas), não sou professor de português, mas (but), meu primário foi o primário da década de 60, onde se exigia muito e se ensinava muito pelo menos o básico; pportugues é uma língua muito rica e complexa, porém (mas), no entanto devemos saber o básico. Grande abraço e muito grato por suas excelentes matérias.

    ResponderExcluir
  6. finalizando: no mais o blog e as matérias são ótimas.
    Espero ter contribuído acrescentando um pequeno detalhe da língua portuguesa mas que pode mudar o contexto de uma frase... mas fique tranquilo que muito mais pessoas comentem esse deslise. Abrcs

    ResponderExcluir
  7. Corrigindo meu próprio erro...

    Mas e mais

    A palavra “mas” atua como uma conjunção coordenada adversativa, devendo ser utilizada em situações que indicam oposição, sentido contrário. Vejamos, pois:

    Esforcei-me bastante, mas não obtive o resultado necessário.

    Já o vocábulo “mais” se classifica como pronome indefinido ou advérbio de intensidade, opondo-se, geralmente, a “menos”. Observemos:

    Ele escolheu a camiseta mais cara da loja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Marcelo,

      Aqui somos AMIGAS e obrigada pela correção, esperamos que se sinta melhor agora, pois esse é o nosso principal objetivo.

      O básico nós acreditamos que está aí, mais pra mais do que para menos. Do resto seguimos aprendendo e agradecendo a sempre ajuda de todos e todas, na construção de um mundo mais generoso e muito mais tolerante.

      um abraço,

      a equipe.
      (o nosso primário foi na década de 70, será que isso influencia???)



      Excluir
  8. Adorei o site, repleto de informações. Confeso que sou uma curiosa e procurava entender o tratamento proposto pelo meu Homeopata para a menopausa.
    A equipe também está de parabéns pela resposta sobre a utilização do mais e mas.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada.

      Ainda faltam muitas matérias sobre a menopausa, mas já podemos encontrar algumas.
      É, as vezes os comentários passam um pouco do lógico e parecem tentativas de achatamento, mas vamos seguindo.

      Mulheres, livres e com uma baita vontade de ajudar.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  9. Olá, tenho 28 anos e depressão desde que me entendo por gente. Meu pai é de uma cultura muito machista e infelizmente durante toda minha vida, ouvi muitas coisas confusas ou negativas vindas dele, principalmente nos primeiros anos de vida. Sou uma pessoa legal, meiga, inteligente e que gosta de ajudar o mudo a ser um lugar melhor, minha mãe é maravilhosa e meus amigos lindos, mas me sinto cansada o tempo inteiro e nunca tive objetivos. Faço tratamento para depressão com medicamentos a uns 7 anos e agora também estou fazendo terapia. Em alguns momentos até me sinto melhor, mas o cansaço e o sentimento de estar perdida continuam. Você tem alguma sugestão de algo que possa me ajudar? Já grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata, leia:

      http://homeopatiaparamulheres.blogspot.com.br/2013/03/algumas-personalidades-homeopaticas_4.html

      A terapia é sempre uma boa ajuda, continue com ela. Leia sobre a Baryta (aqui retratando o cansaço) e pense na sua alimentação, sucos podem ajudar muito no que diz respeito a esse cansaço que realmente nos desanima.

      Outra boa dica é o uso de capsulas de alecrim - 2 ao dia, de 350mg cada, por 30 dias, normalmente refrigera o corpo, ajuda no bem estar, retira o cansaço e acaba por nos deixar mais alegres.

      Leia as matérias sugeridas e retorne, veremos isso juntas tá?

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  10. Olá, leio os textos, mas não tenho certeza de qual medicamento seria indicado para mim... estou com consulta marcada com homeopata, mas só consegui para setembro. Preciso de ajuda pois estou num momento de desanimo, desinteresse total por tudo, trabalho, casa, família... apesar da falta de animo tenho feito o "basico" mas como se tivesse com o piloto automatico ligado! choro com facilidade, mesmo sem motivo, principalmente com músicas e melodias... estou tentando reagir a essa profunda tristeza que tomou conta de mim,a baixa auto estima e a esta falta de motivação e entusiamo. Sempre fui uma pessoa empolgada com a vida, mas nos últimos anos tive algumas crises de depressão, onde sentia muita raiva e culpava tudo e todos... tomei medicamento e melhorei. Agora sinto neste momento, quase que uma "dormencia" do meu corpo, com perda de apetite (nunca tive)
    adoraria ter alguma indicação para este momento mais crítico, até que chegue a minha consulta. Pois estou afastando de mim as pessoas que mais amo pois já se sentem incapaz de me ajudar. grata!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para esperar a consulta de setembro, podemos sugerir algumas coisinhas que vão ajudar.

      Comece com uma dose única de thuya na ch 30 - espere 10 dias e tome Sépia na ch 5, natrum mur. ch 6, chamomilla ch 5 - 10 gts ao dia.

      um abraço, boa consulta e força.
      Aconselhamos também que veja uma nutricionista, podemos obter muita ajuda atravês da alimentação.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  11. olá!! meu médico homeopata me passou inicialmente duas fórmulas, queria saber a opinião de vcs:
    natrum muriaticum 15 DH - 10 GOTAS 4X AO DIA 15 DIAS E

    HYPERICUM 7dh - 10 gotas 4 x ao dia 15 dias.

    inicialmente vcs acham que irei melhorando?? sinto ser um tratamento bem sutil mas estou com esperanças, irei voltar nele semana que vem..

    ansiosa.. abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pomos fé, vai dar certo. Parece-nos bem direcionado e pontual, não acho sutil, acho direto.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir

Postar um comentário

A ÚNICA CONDUTA ACEITA PARA COMENTAR É A GENTILEZA.

Postagens mais visitadas deste blog

LYCOPODIUM CLAVATUM

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO