Amigos do Blog

Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 19 de abril de 2011

SAMBUCUS NIGRA – EM BUSCA DA PAZ

SAMBUCUS NIGRA E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
(Pesquisa Prática e Literatura)
Mat. Ced. Elisa M. Costa


Lev Búlgaro

Eis uma medicação um tanto quanto esquecida e de uma personalidade maravilhosa. Desprezado por muitos homeopatas, talvez por falta de maiores informações, essa personalidade se encontra mais nas regiões mais simples, afastadas dos grandes centros. Possui uma religiosidade a flor da pele e pode ser a princípio facilmente confundida. Homeopatas mais antigos como o Dr. Jousset, descrito por Nilo Cairo, faziam referencias bem marcantes sobre essa medicação. O Dr. A Brickmann o descreve com grande propriedade.

 
Assim encontramos Sambucus na literatura homeopática para uso comum - Sambucus nigra.



Crianças de peito com coriza seca ou úmida e nariz entupido. Laringismo estridente, espasmos da glote: a criança acorda de repente, sufocada, inspira o ar, mas parece não poder expirar. Sarampo.






Comecemos por identificá-la melhor. Sambucus vem do sabugueiro, ou seja, pode também ser chamado de Sambucus nigra L., Sambucus ebulus L., Sambucus australis Cham e Schlt. Também pode ser chamada de mestre – João.

Cercada de mistério, Sambucus foi descoberta a muitos anos, data da Antiguidade, com diversos usos. É nativa da Europa e do norte da África e facilmente disseminou-se pelo mundo todo. Podemos incluir aqui as lendas sobre essa Planta arbustiva, folclore e superstição.  


Em tudo vemos sua personalidade aqui: Dizia à lenda que, de sua madeira foi feita a cruz onde Cristo morreu. Isso porque ao espremer o fruto do sabugueiro escorre um suco de cor vermelho-sangue. Assim sendo, dá azar cortar um sabugueiro. Outro conto diz respeito as fadas brancas que moram no seu interior, sendo elas responsáveis pela flor pequenina e branca, de um perfume agradabilíssimo. 

Sendo assim já dá pra imaginar que Sambucus é prá de supersticioso, com tudo, especialmente em questões religiosas. Tudo lhe causa aborrecimento, tudo irrita, afinal tudo é sério demais, tem um peso enorme e carrega o mundo literalmente nas costas. Muito usado para os estados de Pânico, pessoas que já tem essa tendência e assim se segue após ansiedade forte, agitação e tremores. O tremor e o estado de sufocação são dois sintomas muito ligados a essa personalidade. Parece que perde o fôlego, tamanho susto, tristeza, medo, emoções fortes (alegria ou tristeza) ou excessos sexuais. A cianose (sufocação) acompanha essa medicação desde os primeiros dias de vida.

Sambucus é capaz de tirar uma cena lida no jornal e ver o sangue espalhado na sua sala. São delírios visuais, ao piscar os olhos, não possui esses mesmos delírios com os olhos abertos. Suas alucinações são sempre terríveis, assustadoras. Não se sentem a pior pessoa do mundo, mais acham que seu fardo é sempre pesado para carregar e assim sendo tudo o que sabemos sobre pulmão, pele e principalmente transpiração entram aqui, na análise dessa personalidade. Ele pode conseguir fazer todas as coisas, é agradável, dá atenção as pessoas e se sente com a responsabilidade de suportar esses testes, impressões, avisos e tudo o mais. Não se acha santo ou a pessoa escolhida por Deus. Ele é um simples que tem uma missão a fazer.

Quando uma pessoa forte emagrece rapidamente (emagrecimento bruto) sem medicação e sem doença aparente, desconfie de Sambucus. Tudo nele piora deitado e do lado esquerdo. Sambucus melhora se estiver na ativa, andando, mexendo, resguardado em local fechado. Sua pior hora é a meia noite, entretanto sua irritabilidade é igual a de Arsênico, o que o coloca de 2 a 3 horas da madrugada num estado não muito confortável.


Sambucus pode entrar em pânico ao ver grande quantidade de sangue. Se assistir esse filmes antes de dormir, sentirá todo o seu corpo tremer e terá igualmente a sensação de tremor interno, como se sua carne e seu sangue tremessem juntos.

A cabeça de Sambucus - Se Sambucus estiver irritado, agoniado, com medo, ele melhora no movimento, entretanto se alcançar a confusão mental (não visualizar bem suas alucinações – por exemplo) ou seja, ficar confuso mentalmente, ele terá tonturas e terá uma dor de cabeça que pode se localizar nas têmporas ou na testa e com a sensação de rasgo e que joga sua cabeça para trás, como se empurrado ou diante de uma colissão. Alíás essa sensação de rasgo diante das dores é sempre relatada e deve ser bem definida.
Escaras na cabeça com coceira insuportável são comuns nos estados agudos e um importante sintoma dessa personalidade. Sensação de inchaços, dormência e tensão no rosto. 


O inchaço e a coceira fazem parte da vida dessa personalidade. Erisipela no lado esquerdo, pontos na orelha direita, com dor, prurido e formigamento nos ouvidos e garganta. Entorpecimento do nariz, com coceira. Rosto azul escuro e inchado, ou pálido e terra. Bochechas vermelhas como em Belladonna, ou nariz e bochechas parecendo um spot de tão luminoso. Existe pressão nos ossos do rosto.
Comichão e cócegas na garganta. A curiosidade fica por conta da secura da boca e garganta, entretanto sem sede.



Igualmente parecido com Belladonna estão às dores abdominais, violentes, fortes, como se levasse um soco. Dor nos músculos abdominais.
A folha do sabugueiro é boa para gripes, resfriados, tosse, sarampo e caxumba.
Pressão no estômago. Gastralgias com pressão, muito parecido com Nux Vômica.
Vontade freqüente de urinar, com a micção abundante, mesmo à noite. Muita urina de jato fino. Sedimento de urina amarela e abundante. Inchaço do escroto mesmo em crianças. 

Mãos e pés inchados e cianóticos, azul escuro e antebraços. A dor rasgando nos ossos, nos antebraços e mãos. Edema dos membros inferiores, pés, pernas e joelhos. Pés gelada com o corpo quente. Dor no punho e dedos. Tremor quando escreve.
Tensão no tendão da coxa, como se seu membro fosse demasiado curto. Sensação de frio com entorpecimento e anestesia na tíbia direita, dor na tíbia. 

O sufocar e a transpiração.

 Sambucus Nigra

A personalidade de Sambucus dorme com os olhos e a boca entreaberta. Os braços estão sempre cobrindo a cabeça. Esse tipo de posição combina muito com seu estado emocional. Os olhos entreabertos significam vigília constante, evitando assim a sensação das visões e a boca porque muito tem de particular com a dificuldade eminente de respiração e suas complicações. Sambucus puxa o ar, mais parece que não solta. O recém nascido que não consegue mamar porque não consegue respirar em conjunto. Grita de fome, mais se sufoca sempre. Dorme e acorda gritando e sem conseguir respirar. Nariz seco e completamente obstruído, especialmente em crianças, inclusive recém-nascidos com ruídos no nariz para tentar respirar. Quando adulto está sempre com a boca entreaberta.  Acorda a noite como se tivesse afogada. 

O paciente, geralmente uma criança, de repente acorda em torno da meia-noite ou mais tarde, ou asfixia, com severa deficiência de respiração, chorando ou gritando, intensa preocupação geral e das mãos, com cianose da face e membros, não pode respirar o ar ou ser deitado com a cabeça para baixo, fazendo saltar da cama, com acessos comuns que continuam até ás 4:00 (pior que a 3) com tosse, obstrução nasal e suores facial. A asma em crianças, dormir com dispnéia. Tosse seca, profunda anterior acesso febril.

Calor e suor no rosto. Calafrios com tremores antes de adormecer. Febre com calor, pele seca em adormecer ou durante o sono: depois de se aposentar, sem sede e medo de revelar. Febre com calafrios em qualquer fase do paroxismo. Começando sudorese profusa rosto e se segue por todo o corpo. Isso pode ocorrer ao despertar e na última vigília (último período do sono), dormindo e só volta a desaparecer de pé. Suando 19-1 hora. Suando todo o corpo exceto a cabeça, ou deitado; a noite costuma ser suor abundante, mas não debilitantes, mesmo na febre ou estado febril, o que melhora pelo movimento, com aversão a descobrir. A transpiração abundante conforme descrevemos aparece com quase a totalidade dos outros sintomas, o que nos leva a crê que se torna uma alavanca para maior detalhamento da personalidade.

Na sua grande maioria, essa personalidade já se mostra muito fisicamente em criança, o que nos desperta para o conjunto de sintomas físicos como a transpiração e, a cianose e o sufocamento. Quando adulto essa personalidade cresce desconfiada, não gosta muito de fechar os olhos, mais com certeza vai se tornando muito calada. O medo de estar louco ou do vão dizer marcam a dificuldade de análise, entretanto Sambucus não vai gostar de vermelho. Os três sintomas citados nos dão terreno para comparar entre Belladonna, Arsênico, Sépia, Nux Vômica, Drósera ou mesmo Conium. 

Seu peso emocional é físico, sua sufocação emocional é física, sua transpiração é física em decorrência do emocional. Bom mesmo é tratar logo quando criança e é claro que quando se fala em tosse seca por aqui, lembra-se sempre de Ipeca. A Ipeca poderá ser administrada em conjunto com Sambucus nos xaropes e tinturas.

Entre a força da madeira e o peso do destino, eis uma medicação e uma personalidade que se confundem entre o físico e o emocional com extrema junção de pontos em comum. Quando medicado sua recuperação ocorre no período de um dia, sua ação é rápida. 


 Sambucus busca a tão falada paz da cruz.


O que desencadeia Sambucus é sem dúvida o pânico, seja em recém nascido, seja em adulto. O sufocamento das crianças – o pânico que não se fala, com tremor e coloração azulada, sem conseguir respirar, com todos os sentidos ao extremo. O adulto se vendo sem a possibilidade de equilíbrio, sem poder fechar os olhos e nem dormir em paz, parecendo com o ranger de uma madeira sempre cortada. Respirar e dormir são duas coisas de suma importância para o equilíbrio de qualquer ser humano, é isso que Sambucus busca, apenas viver em harmonia. 

Homeopatas dos Pés Descalços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica