Pular para o conteúdo principal

Pequeno ensaio comparativo

Natrum Muriaticum, Ignatia Amara e Phosphoricum Acidum e suas parecidas diferenças:

Segundo a Drª Shirley de Campos – Homeopata\do Centro de Medicina Avançada. A adolescência é uma fase muito complexa e de conflitos para a maioria dos jovens, sendo marcado por mudanças de comportamento, sentimento de revolta, desejo de liberdade e pensamento crítico. Os pais interpretam suas experiências compartilhadas com os seus filhos da seguinte forma: O adolescente não ouve, não vê e começa a criar o seu mundo, onde tudo gira à volta dessa incompreensível e terrível realidade que se chama: Eu não tenho limites! Deixe-me viver! 

Esse seria um bom começo para identificar um Ignatia, alem de depressão, a insônia, a acne, manias múltiplas e distúrbios alimentares estarem presentes numa Ignácia.
IgnatiaAmara segue as pequenas depressões escandalosas, o Natrum muriático segue a depressão do pudico, reservado e susceptível.

É o remédio das grandes contradições: (Ignácia)

a. a zoada do ouvido melhora com a música;
b. as hemorróidas melhoram com o andar;
c. a dor de garganta melhora ao engolir;
d. a sensação de vácuo no estômago não melhora com o comer;
e. a tosse se agrava com o tossir;
f. a tristeza e o pesar causam o riso espasmódico;
g. há desejo sexual e impotência;
h. sede durante o calafrio;
i. ausência de sede com febre;
j. as cores da face mudam com o repouso,
k.  muda facilmente da alegria ao choro, da amabilidade a cólera.

PEQUENAS COMPARAÇÕES: Se Natrum Muriático lhe é complementar, vemos que Staphisagria é igualmente leal com suas relações afetivas.
Se Natrum tenta não demonstrar seus sentimentos e sua mágoa, Ignácia faz questão de apontá-los e distribuir culpados, os dois tipos explodem com os consolos, um odeia mais mantêm a classe, o que é o caso e Natrum, Ignácia repudia e grita.

Phosphoricum Acidum e Natrum sofrem em silêncio, mais em matéria de mágoa esse trio, ou seja, em conjunto com Ignácia é imbatível.
Phosphoricum Acidum tem uma marca muito forte que é a debilidade do tônus muscular, assim com Hyos, Sep é indiferente a qualquer estímulo e é catalogado como depressivo severo.

(Vale à pena lembrar que Phosphoricum Acidum possui o branqueamento precoce dos cabelos, o que serve de alerta para a identificação deste item em particular quando se apresenta a inércia como fonte de consulta, mesmo em adolescentes com 12 ou 17 anos esse fato já é bem notado, em especial na idade de 15 anos.)

Natrum e Ignácia possuem a histeria em algum ponto qualquer do desenvolvimento da vida, isso sempre será motivo de diferenciação entre os dois medicamentos bem como das duas particularidades. Se Ignácia é mais ríspida e abrutalhada, Natrum é sutil e irônico. Esses itens não chegam perto de Phosphoricum Acidum, ele simplesmente não sabe o que está acontecendo ou não liga a mínima, a inércia e o embotamento operam, ele simplesmente se vira e dorme.

Cada um ao seu contento, não gostam de consolo, possuem estágios de depressão bem definidos, se abalam com transtornos de mágoa e ocupam as três extremidades: Ignácia é capaz de agredir e gritar no momento de mágoa, Natrum solicita educadamente que se retirem e ironicamente poderá destilar sua mágoa com uma histeria controlada (faz isso sempre com uma risadinha), Phosphoricum Acidum simplesmente não se move, esfriando assim suas emoções, ele só quer ser deixado só.

Igualmente irmã,
Gentileza e tempestade,
Não há controle,
Ama a força e amadurece chorando,
Contradiz a própria sorte,
Impotente deseja, talvez um dia não ser...
A senhora, por vezes das contradições.

Homeopatas dos Pés Descalços

Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…