Pular para o conteúdo principal

SULPHUR - O Gênio filósofo da Homeopatia

SULPHUR

Personalidades Homeopáticas


Me veja um Dom Quixote com 30 anos por favor...foi essa a primeira vez que me deparei com Sulphur – A exclamação partiu de um médico que já faleceu...a farmacêutica riu e depois de nos apresentar formalmente ele matou a minha curiosidade explicando o que ele achava imprescindível nesse remédio, ele estava pedindo um Sulphur CH 30.

Esse remédio é para os comedores de carne, o cascão da homeopatia... Cascão é personagem de história em quadrinhos [Maurício de Souza] que todos da minha geração conhecem no Brasil, e sabe por quê? Ele não gosta de tomar banho, corre, brinca, cria mil e uma coisas e não arranja tempo para se lavar. 

Com certeza a aversão pelo banho e o descomprometimento com a limpeza são palavras chaves dessa matéria. Não é propriamente limpo. Tem uma aparência suja. É um indivíduo desorganizado, orgulhoso, egoísta e ingrato. Vale lembrar que muitos Sulphur dizem a seguinte frase: Eu me acho na minha bagunça. Ele é absolutamente bagunçado, nada com nada, tudo fora de lugar. E não pense que esses comportamentos de Sulphur são por pura maldade, ele simplesmente não se prende a assuntos materiais: pagar contas, administrar negócio e dinheiro, arcar com a família em afazeres. Ele vive em outro mundo, no dá intectualidade.Veste-se mal, não cuida do seu aspecto e muito menos da sua roupa. Entretanto ele é o primeiro a notar a sujeira dos outros e incrível: sente aversão por isso.

Sulphur é um Gênio, louco, mais um gênio. É impaciente, gosta de discutir, pegar uma boa briga de opiniões visto que passar por filósofo faz muito seu gênero, um verdadeiro entusiasta de suas muitas e variáveis idéias, e por isso chega a ser contraditório. Facilmente irritável, podendo ser violento. Sua cólera tem um arrependimento imediato. Agitado, e parecendo sempre atarefado, não passa de um preguiçoso, mergulha nas suas idéias como se fosse a maior das descobertas. Entretanto sulphur desiste delas com a mesma intensidade.

Mentalmente Sulphur sempre está:
* Empenhado em algo novo,
* Disfarçando sua realidade. Possui uma mente em expansão e esconde a todo custo sua fragilidade.
* Tanto as suas emoções quanto a sua imaginação são vívidas.
* Seu medo é do sobrenatural.
* Sonhando. Costuma sonhar que está em queda livre.
* Filosofando. Muitas vezes é chamado de filósofo maltrapilho.

Fisicamente Sulphur se apresenta:

  Na infância é robusto e possui o rosto avermelhado,
  Desde criança já possui a negativa para o banho,
  Vive pegando briga,
  Gosta de cobrir a cabeça e descobrir os pés enquanto dorme.

Em qualquer fase, os padecimentos por alguma doença estão sempre reaparecendo e suas generalidades são:

Dores pulsáteis, Sulphur está sempre com calor constante, com pressão dolorosa e sua cabeça pulsa.
Dores nevrálgicas – súbitas e vão como vêem,
Sensível à luz, a ruídos e a sacudidas, Sentidos aguçados,
Quando a cabeça está quente, os pés estão frios. 

É comum vê-los com congestão e refluxos, e hemorróidas latejantes com sensação de picada,
Sulphur tem o sono leve, pois qualquer ruído o incomoda.
Em Sulphur tudo arde, a pele, secreções e excreções. Sulphur arde, a pele, as secreções são ardentes e suas dores também.
Não confundir com Lach – roupa apertada no pescoço é intolerável.

De uma forma geral, Sulphur sempre melhora deitado de barriga pra baixo e com a cabeça coberta, suas manhãs são ruins e ficar em pé é quase um suplício, entretanto após evacuar tudo melhora. Sulphur se sente melhor à noite.


Em suas generalidades físicas o Sulphur apresenta:

  * Cansaço ocular com ardências quando lê,
  * Orelhas vermelhas e ardentes,
  * Olhos congestionados, avermelhados, ardentes e com pruridos.
  * A língua está seca, trêmula, esbranquiçada no centro, com bordas e ponta vermelhas,
  *Bebe bastante. Alcoolismo crônico;
  * Diarréia imperiosa por volta das cinco horas da manhã, obrigando-o a sair rapidamente da cama,
  * No homem costuma ocorrer relaxamento do escroto. Os testículos estão pendentes
  * Na mulher o sangue das menstruações é espesso e negro. Leucorreia abundante, amarelada,irritante e pruridos na vulva.           
  * Pele seca, doentia, com erupções escamosas e pruriginosas. Os pruridos agravam com o calor e com o banho. Qualquer ferida tem tendência a supurar.
  * Pontos negros e cravos na testa, nariz e queixo. Acne na testa e nas costas. Alternância de erupções com outros padecimentos, nomeadamente, eczema que alterna com asma.
  * O stress mental, a asma, Sífilis e sinusite, Tuberculose e varizes, e o Reumatismo são doenças clássicas observadas nos pacientes Sulphur.

Essa é uma medicação que vem sendo administrada erôneamente ao longo dos anos, não existe Sulphur sem genialidade e sem desorganização e desleixo consigo mesmo.

 Homeopatas dos Pés Descalços


Postagens mais visitadas deste blog

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO

IGNATIA AMARA  E A SUA PERSONALIDADE HOMEOPÁTICA
O excesso de luz cega a vista.
O excesso de som ensurdece o ouvido.
Condimentos em demais estragam o gosto.
O ímpeto das paixões perturba o coração.
A cobiça do impossível destrói a ética.
Por isso, o sábio em sua alma
Determina a medida de cada coisa.
Todas as coisas visíveis lhe são apenas
Setas que apontam para o Invisível.

(Tao-Te King, Lao-Tsé) Lao Tsé não tinha conhecimento de homeopatia, mais permeou o mundo das observações de forma intensa e clara, ajudou a dar uma nova visão ao ser humano e até hoje seja no oriente quanto no ocidente, viaja nas mentes de muitos. Ao ler seu pequeno texto a uns bons anos atrás e já com alguma bagagem de filosofia homeopática, me deparei com este, acima citado. Para mim a tradução mais poética de uma personalidade Ignácia. Homeopatas dos Pés Descalços 

Citemos Allen - "As pessoas mentalmente e fisicamente esgotados por uma dor concentrada e prolongada" (Allen) ou ainda "A alteração das condições …

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

PERSONALIDADES HOMEOPÁTICAS MAT. CEDIDA POR ELISA MACIEL COSTA/ESP.EM HOM/ACUPUNTURA/FITOTERAPIA

Pessoas com grandes fraquezas, com intensa prostração física e mental, chegando ao embotamento cerebral. Medo de cair e de adoecer[*] Histeria e neuroses, comoções e maus efeitos do medo, o remédio das grandes sensibilidades. Sonolencia dos estudantes, as mulheres apresentam  rouquidão durante a menstruação. Sente-se incapaz de enfrentar a vida cotidiana, Incapacidade para assumir responsabilidades, nervosismo de "ator", medo de exames dos estudantes, de aceitar novas tarefas. Evita as aflições da vida. É muito utilizado nas febres agudas ou intermitentes em que há um desejo absoluto de repouso. Na sua grande maioria apresenta ausência de sede, sem calafrios ou suores, piorando à tarde. Seu uso facilita o parto em situações de rigidez do colo uterino e alivia as cólicas menstruais muito fortes.  Apresenta fisicamente uma enorme falta de tônus muscular, torpor, lassidão e tremores, Par…

LYCOPODIUM CLAVATUM

LYCOPODIUM – o medo do conflito
Lycopodium é sem sombra de dúvida, uma das matérias médicas mais extensas dentro da homeopatia e mais interressantes também. Esse indivíduo tem as fases da sua vida bem marcadas, pois apresenta um grande estado distinto entre a infância, a idade mediana e sua idade mais avançada.
Entretanto o Lycopodium se encontra envolto pela covardia, tanto social, moral e física, o que permite ao homeopata analisar de forma cuidadosa essa personalidade, tendo em vista sua enorme capacidade de ser extrovertido, amigável e corajoso, qualidades essas opostas da sua real condição.
Por medo do conflito, Lycopodium foge covardemente.
Seu maior amor será pelo poder e com certeza irá chorar quando for homenageado. A criança Lycopodium
Quando alguém vai a sua casa o seu filho refugia-se por trás dos cortinados ou recusa-se a cumprimentar as visitas? Num primeiro contato é envergonhado? Sempre que o repreende fica com as lágrimas ao canto dos olhos? Tem medo de fantasmas e de dormi…