BRYONIA ALBA - O MAL HUMORADO DA MATÉRIA MÉDICA

BRYONIA ALBA
Personalidades Homeopáticas

Usada pelos gregos e romanos no tratamento da epilepsia, vertigem, paralisia, gota, histeria, ferimentos e tosse. A raiz da Bryonia tem cheiro e sabor amargo e é venenosíssima, provocando a morte em horas, geralmente de inflamação do aparelho digestivo.
 Hipócrates - Médico grego - usava a Bryonia como um dos seus medicamentos.

Bryonia tem a sua face pautada na solidão e na insegurança. Quanto à solidão isso não é um problema, esse é o seu desejo mais íntimo. Deseja estar só mais que tudo e se sente muito bem com isso.

Ter um relacionamento amoroso com Bryonia pode ser quase impossível, visto que não gosta de ninguém por perto nas horas difíceis e é exatamente nesse momento que ele mais sofre. Mágoa, rancor e irritabilidade são comuns, costumo chamá-lo de o mal humorado da Matéria médica.

É comum não conseguir levar um Bryonia ao médico, tem uma enorme dificuldade em falar. Detesta  receber visitas e por isso mesmo se isola dos amores, da família e dos amigos. 

Longe de ser irresponsável, o paciente Bryonia pode carregar toda a família nas costa, resolvendo tudo, sem, contudo deixar de pensar quem vai cuidar dele, caso ele precise e é aí que demonstra um dos lados mais fortes: o medo.


A Bryonia possui raiz e como tal, aqueles que seguem a sua personalidade são pessoas de medo e rancor profundos.




                                 O medo de BRYONIA:
Derivação do medo do paciente Bryonia:

1. Medo intenso da pobreza
2. Medo de passar fome (pela pobreza)
3. Ansiedade e medo com respeito ao futuro (financeiro)
4. Materialista - Voltado para posses – não é acumular bens, é poder tê-los para a sua segurança
5. Pensamentos, fala sobre negócios – sua segurança é financeira

 
Inseguro e ensimesmado, Bryonia preza pelo isolamento do contato social. George Vitoulkas, explica  a grande preocupação de Bryonia com a segurança económica, especialmente durante a doença, como uma espécie de susbtituição pela insegurança emocional. 
Os homens de Bryonia num primeiro momento são encantadores, superprotetores, bem resolvidos, envolvidos com o trabalho, extremamente responsáveis, tendem a ser bem sucedidos financeiramente, entretanto isso não passa de uma fachada para esconder o receio de receberem um não, ou seja, insegurança. Relacionamentos, família e amigos, não é algo que se pode contar como as notas de dinheiro. Daí deriva a raiva, o rancor e o ressentimento de um bryonia, mesmo que por fora esse tipo de pensamento não transpareça.
No campo físico podemos contar com alguns sintomas chaves na busca de identificarmos o paciente Bryonia, são eles:
Sono
1. Gosta de dormir do lado esquerdo


Lateralidade
.   1.   Indiscutivelmente pelo lado esquerdo, com raras e honrosas excessões. As enxaquecas começam pelo lado esquerdo e peincipalmente pelo olho esquerdo.


Agravação
1. Piora muito por qualquer movimento, o mínimo que seja.

2. Pelo esforço – Bryonia sente muito cansaço.

3. Agravação pelo menor movimento como sintoma físico mais importante no caso de Bryonia (GV).

4. Piora pelo calor e pelo tempo quente.

5. As 21hs e principalmente as 3 hs da manhã.


Lingua
1. Seca, pergaminhada, coberta por uma camada relativamente espessa e esbranquiçada, cola-se ao céu da boca.


Urina
1. É escura e pouca.


Exagero
1. Ingere um volume de água abundante


Vertigem
1. Quando se levanta da cama ou de uma cadeira tem vertigens com a sensação de que a sua cabeça rodopia.


Melhora
1. pelo frio e pela pressão

2. Pelo repouso e a solidão

3. Pela imobilidade absoluta, tanto física quanto mental


 
Bryonia é o paciente que quando se encontra no meio de uma doença aguda, deixa de comer e apenas bebe água (tanto faz se quente ou fria). A sede costuma ser intensa de grandes quantidades, mas em intervalos longos, mesmo que prefira as bebidas quentes por sentir uma leve melhora e um conforto maior no estômago. Irritado e rabugento faz questão de deixar claro que não suporta ninguém, vivem só e gostam disso.
 
O paciente de Bryonia quando indagado num momento qualquer de sua doença, sequer se move para responder, seu rosto deixa claro a sua insatisfação na maioria das vezes tem o seu apetite bastante reduzido – é necessário em muitos casos que alguém da família ou um amigo o ajude a administrar a medicação, pois tomá-la se torna um esforço enorme e sua absoluta preferência pela imobilidade é evidente.
O estado agudo das doenças em Bryonia são sempre lentos no início e suas vertigens têm a sensação de estarem afundando na cama.
NÃO é a palavra preferida desse paciente, estando ele em crise e estando sadio dizem NÃO para qualquer forma de ajuda externa, convites, programas e detestam receber visitas. Ele talvez se mova desde que seja para ter um lucro alto na Bolsa de Valores e assim garantir o seu futuro, mesmo que ele já seja um milionário. Uma das características bastante pontual dessa personalidade é a sua preocupação pelos negócios.
Belladona e Aconitum são seus respectivos contrários no que diz respeito a lentidão com que o quadro agudo ou crônico de Bryonia demora para aparecer. Nos casos agudos até 3 a 4 dias para os sintomas mais comuns e anos a mais nos casos crônicos.
Não é aversão ao médico que ele tem, é não querer se mover de forma alguma e ter de relatar, falar é um esforço.
Homeopatas dos Pés Descalços

Comentários

  1. Minha médica, me receitou Bryonia, mais eu sei que não sou lenta, tomo água toda hora de golinho em golinho,minha imunidade baixa quando trbalho um pouco mais, ou me alimento mau (esqueço de comer) e pioro com o frio. Sinto calafrios, coceira nos olhos, nariz, garganta e ouvidos, e tenho uma imensa coriza, interminavel. Hj é o 5º dia. Já tomei Nux Vomica c6 Plus, 4X ao dia por 2 dias, e nada. Estou lendo aqui e acho que ela receitou-me o remédio errado. O que fazer?

    ResponderExcluir
  2. Perdão. Esquecí de dizer: Não sou mau humorada, e nem gosto de viver só. Moro sózinha, não porque eu quero...
    Gostaria muito de ter família, mais não tive sorte de encontrar a pessoa certa!

    Se alguém puder me dar um parecer, ficarei imensamente grata...

    Um conselho já ajudaria. Vou tomar o remédio, mais acho que ainda não é o que eu preciso...

    Grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa sugestão é:

      fale isso para asua médica, pois a visão do homeopata é algo que muitas vezes não compreendemos.

      ex: estar lenta é a parte adoecida do processo, então ela precisa pontuar isso.

      leia gelsemium, hidrastes e gelsemium, acho que vai achar legal.

      Não haverá problema em tomar Bryonia, ela vai te ajudar nessa moleza e no organismo lento.

      cuide desa tristeza, ela sim pode te adoecer. Verifique sua alimentação e inclua suco de maça e de morango na sua alimentação.

      um abraço,

      a equipe.

      Excluir
  3. Excelente essa pagina falando sobre a Brionia. Um abraco. Gisele G

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo retorno, isso é muito importante para nós.

      um abraço

      a equipe.

      Excluir
  4. tudo a ver comigo Amo ficar sozinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal essa identificação,
      m abraço,

      a equipe.

      Excluir

Postar um comentário

A ÚNICA CONDUTA ACEITA PARA COMENTAR É A GENTILEZA.

Postagens mais visitadas deste blog

LYCOPODIUM CLAVATUM

GELSEMIUM - O REMÉDIO DAS GRANDES SENSIBILIDADES

IGNATIA AMARA - A CHAVE DO EQUILÍBRIO