ALERGIAS, O QUE FAZER?

O tema é vasto, as soluções multiplas. Prevenção e cuidados são as nossas recomendações:

CHÁS:

TOMILHO E FENO GREGO, ambas são descongestionantes e aliviam a congestão nasal e dos seios da face também. Procure usá-las em separado, 1 xícara a tarde e outra a noite.

ALHO – Chá de alho ninguém merece, mais tudo bem, se você gosta, faça – o com mel torrado, ajuda muito. Entretanto em se tratando de corizas crônicas ele é o rei quase absoluto, então tente por precaução comer mais alho na comida, na salada, ingerir duas capsulas de alho desodorizado por dia ou na homeopatia Allium Cepa ch 9.

TANCHAGEM – muito usado como anti inflamatório da garganta e suas afecções, na realidade use as folhas dessa planta ao menor sinal de coriza e cansaço causados pela alergia, qualquer uma. Ela limpa o corpo, duas vezes ao dia são o suficiente.

ALCAÇUZ - a raiz, essa raiz tem um grande efeito fortalecedor contra a estação da febre do feno, duas semanas de uso são o suficiente para ajudar nesse reforço imunológico.

FOLHA DO ABACATEIRO – não use em crianças e adultos anêmicas – essa folha ajuda a limpar o muco do corpo, já que nos processos alérgicos existe a tendência ao inchaço e a retenção. É muito boa para infecções e inflamações do canal auditivo, sendo assim tome a tintura vegetal ou o extrato fluido em 50 gts __________ 1x ao dia/em água.

Tanto o ASTRÁGALO (Astragalus membranaceous) como o GINSENG, são famosos na China e comercializados no Brasil com sucesso. O chá do astrágalo (erva) e a raiz de ginseng produzem bons resultados se tomados 1 mês antes da primavera, período complicado para os alérgicos. Ambos são famosos por ajudarem a reforçar a constituição como um todo.

REFORÇO:

Tanto a Equinácea quanto o Hidrastes podem ser administrados como reforço para os alérgicos crônicos de plantão. Para tanto façamos uso do extrato Fluido durante 1 semana e em doses alternadas e frascos também alternados. Doses de 30 gts de Equinácea pela manhã e 30 gts de Hidrastes à tarde.

GRIPE + ALERGIA + TOSSE: HOMEOPATIA


O que escrevo aqui sobre a homeopatia e as alergias são pequenos cuidados que podem ajudar de forma simples e sem efeitos colaterais. Incansavelmente temos colocado que a observação da personalidade do indivíduo deve caminhar lado a lado com a medicação (matéria médica) adequada a cada um.  A homeopatia pode funcionar de forma eficaz para resolver vários sintomas alérgicos e com isso aproximar o indivíduo, criança, adulto ou idoso, de todas as raças, credos ou crenças, cor de pele, sexo e ainda ser adversa a todas as formas de separatismo. Ela está ao alcance de todos – seu custo é baixo. Pode ainda contribuir para a formação de uma consciência maior em relação ao uso indiscriminado de medicação e assim por diante.  

Nos estados alérgicos emergenciais, para além do que já foi comentado, seguem as seguintes sugestões:
(posologia – 5 gts ______ 3x ao dia, por 5 dias, caso haja melhora observe as mudanças e verifique os sintomas, caso não melhore, mude a medicação com base num estudo mais aprofundado, para além das pequenas considerações).

O campeão - Allium cepa 7ch / acessos de espirro e sensação de ardência no nariz (costuma afetar o lábio superior), melhoram ao ar-livre ou quando molham o rosto com água fria. Serve para reações alérgicas como olhos vermelhos e lacrimejantes.

Ammonium muriaticum 6ch / nas descargas aquosas que queimam o interior do nariz. O nariz permanece entupido mesmo que haja uma descarga nasal constante. Perde-se o olfato e existe a sensação de cócegas na garganta.

Arsenicum album 6ch / espirro com ardência nasal e que se sente melhor com compressas de calor nas laterais do nariz e quando respira em um vaporizador. (a sinusite se encaixa muitas vezes aqui) Existe agitação e cansaço. Mãos e pés frios e acorda à noite muito aflita e suada. As alergias podem ser a poeira e a mofo, a pêlo de gatos, a leite, trigo (garganta fétida depois que come pão) ou açúcar. Essa é uma pessoa nervosa.

Calcarea carbônica 6 ch / coriza e suor constante, especialmente na cabeça, pessoas pálidas e sensíveis a correntes de ar. Gânglios inchados e problemas digestivos. Essas pessoas ficam mais lerdas e lentas nos processos alérgicos.

Outro campeão - Euphrasia 6ch / alergias acompanhadas de conjuntivite. As lágrimas ardem e as descargas nasais não são profusas. Existe uma hipersensibilidade a luz, com dolorimento das vistas.

Hydrastis 6ch / descarga nasal amarela ou amarelo-esverdeada. Quando o muco forma crostas em volta do nariz. Assim que expelir o catarro ele seca e volta a se formar novamente, espesso e muito. 

Natrum muriaticum 6ch / existe dor e ardência no nariz e sempre com coriza. O muco é espesso. Quase sempre fere o nariz ou a garganta e costuma respirar pela boca, fazendo com que seus lábios fiquem secos e rachados. 

Pulsatilla 6ch / essa pessoa não respira bem à noite. Melhora com as janelas abertas e ao ar livre. Pessoas geralmente de pele clara, olhos claros, fisionomia mansa e calma e que modificam muito quando apresentam-se estados alérgicos. Pela manhã nada é irritante e até suave, com muco amarelo claro ou médio, a noite apresenta ressecamento e irritabilidade. 

Outro campeão - Sabadilla 6ch / espirros com muita descarga nasal, num primeiro momento ela é aquosa e depois espessa. Apresenta uma coceira peculiar no nariz e no palato mole (céu da boca). A exposição a flores, início da primavera, as primeiras chuvas que molham a terra seca muitas vezes aumenta a coceira e os espirros.

Nas alergias que se apresentam com coriza após vacinas, tanto em crianças quanto em idosos ou adultos é bom que se aplique Thuya 9ch á Ch 30 (dose única). Pessoas com grande sensibilidade a variáveis de corrente de ar frio ou sujeitas a verrugas também devem observar bem essa medicação.

A evacuação e a urina devem seguir seu curso natural de cor e volume. Prisão de ventre e retenção de líquidos sempre agravam estados alérgicos. Alergias são assunto sério. Nas crises não coma nada e nem tome volumes grandes de líquido. Observe bem sua capacidade respiratória. Não obtendo melhora, procure atendimento específico.
HOMEOPATAS DOS PÉS DESCALÇOS